Final da Copa do Brasil de Futebol de 2011

A final da Copa do Brasil de Futebol de 2011 foi a 23ª final dessa competição brasileira de futebol organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Foi decidida por Vasco da Gama e Coritiba em duas partidas. O primeiro duelo ocorreu em 1 de junho, no Estádio São Januário, no Rio de Janeiro com vitória do Vasco da Gama por 1–0.[1] Já o segundo confronto aconteceu em 8 de junho, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba com a vitória do Coritiba por 3–2.[2][3]

Final da Copa do Brasil de 2011
São Januário, local da primeira partida das finais.
Couto Pereira, local da segunda e decisiva partida.
Evento Copa do Brasil de 2011
(Vasco da Gama vence em gols fora de casa)
Primeira partida
Data 1 de junho, 21:50 (UTC-3)
Local Estádio São Januário, Rio de Janeiro
Árbitro São PauloSP Paulo César de Oliveira (FIFA)
Público 17.922
Segunda partida
Data 8 de junho, 21:50 (UTC-3)
Local Estádio Couto Pereira, Curitiba
Árbitro São PauloSP Sálvio Spínola (FIFA)
Público 31.516

No resultado combinado das duas partidas, 3–3, o desempate foi realizado pela regra do gol fora de casa, conforme o regulamento da competição. Assim, o Vasco da Gama foi o campeão da competição ao fazer dois gols em Curitiba e conquistou um título inédito.

Histórico na competiçãoEditar

Vasco da Gama

O Vasco já havia disputado uma final antes: em 2006 a equipe perdeu a competição para o seu arquirrival, o Flamengo. Na oportunidade, o time cruz-maltino foi derrotado nos dois jogos: 2 a 0 na primeira partida e 1 a 0 na segunda.

Coritiba

Antes dessa final, o Coxa jamais havia disputado uma final de Copa do Brasil. Seus melhores resultados na competição foram em 1991, 2001 e 2009, quando a equipe disputou as semifinais destes anos.

Mando de campoEditar

Em relação à definição do mando de campo do primeiro e segundo jogo, o regulamento da Copa do Brasil previu a ordem de prioridades entre os campeonatos estaduais e o Ranking Histórico da CBF nas primeiras e segundas fases. A partir das oitavas-de-final, a CBF fez sorteios para determinar a ordem dos jogos.[4]

No caso desta final, o sorteio foi realizado no dia 26 de maio na sede da CBF e definiu os mandos da seguinte forma:[5]

  • 1º jogo
Vasco da Gama x Coritiba
Estádio São Januário
  • 2º jogo
Coritiba x Vasco da Gama
Estádio Couto Pereira[6]

Caminho até a finalEditar

Vasco X Coritiba
Adversário Resultado Jogos Fase Adversário Resultado Jogos
  Comercial 6–1 6–1 fora 1ª fase   Ypiranga de Erechim 3–0 1–0 fora; 2–0 casa
  ABC 2–1 0–0 fora; 2–1 casa 2ª fase   Atlético Goianiense 5–2 2–1 fora; 3–1 casa
  Náutico 3–0 3–0 fora; 0–0 casa Oitavas de final   Caxias 5–0 4–0 casa; 1–0 fora
  Atlético Paranaense 3–3 (f) 2–2 fora; 1–1 casa Quartas de final   Palmeiras 6–2 6–0 casa; 0–2 fora
  Avaí 3–1 1–1 casa; 2–0 fora Semifinal   Ceará 1–0 0–0 fora; 1–0 casa

Jogo de idaEditar

1 de junho Vasco da Gama   1 – 0   Coritiba Estádio São Januário, Rio de Janeiro
21:50 (UTC−3)
Alecsandro   51' Súmula
Borderô
Público: 17 922[1]
Renda: R$ 756.765,00[1]
Árbitro:  SP Paulo César de Oliveira (FIFA)[7]
     
 
 
Vasco
     
 
 
Coritiba
G 1   Fernando Prass  
LD 35   Allan
Z 25   Anderson Martins
Z 26   Dedé
LE 32   Márcio Careca
V 37   Rômulo
V 8   Eduardo Costa
M 6   Felipe   66'
M 10   Diego Souza
A 31   Bernardo
A 9   Alecsandro   84'
Reservas:
G 12   Alessandro
LD 23   Fagner
V 18   Jumar
V 21   Fellipe Bastos   66'
M 11   Jéferson
A 19   Leandro
A 39   Elton   84'
Técnico:
  Ricardo Gomes
G 1   Edson Bastos
LD 2   Jonas
Z 3   Demerson
Z 4   Emerson  
LE 6   Lucas Mendes
V 5   Willian
V 8   Léo Gago
M 7   Rafinha
M 10   Davi   73'
A 11   Anderson Aquino     73'
A 9   Bill   70'
Reservas:
G 12   Vanderlei
LD 13   Maranhão
Z 14   Jeci
V 15   Marcos Paulo   73'
M 16   Tcheco
M 17   Geraldo   73'
A 18   Leonardo   70'
Técnico:
  Marcelo Oliveira

Bandeirinhas:
 SC Carlos Berkenbrock[7]
 SP Marcelo Carvalho Van Gasse[7]

Jogo de voltaEditar

8 de junho Coritiba   3 – 2   Vasco da Gama Estádio Couto Pereira, Curitiba
21:50 (UTC−3)
Bill   29'
Davi   44'
Willian   66'
Súmula
Borderô
  12' Alecsandro
  57' Éder Luís
Público: 31 516[2]
Renda: R$ 892.600,00[2]
Árbitro:  SP Sálvio Spínola (FIFA)[8]
     
 
 
Coritiba
     
 
 
Vasco
G 1   Edson Bastos
LD 2   Jonas
Z 3   Demerson
Z 4   Emerson  
LE 6   Lucas Mendes   58'
V 5   Willian
V 8   Léo Gago     59'
V 11   Marcos Paulo   27'
M 7   Rafinha
M 10   Davi
A 9   Bill  
Reservas:
G 12   Vanderlei
Z 13   Jeci
LE 14   Eltinho   58'
M 15   Tcheco
M 17   Geraldo
A 16   Marcos Aurélio   59'
A 18   Leonardo     27'
Técnico:
  Marcelo Oliveira
G 1   Fernando Prass  
LD 35   Allan
Z 25   Anderson Martins
Z 26   Dedé
LE 33   Ramon
V 37   Rômulo
V 8   Eduardo Costa  
M 6   Felipe     79'
M 10   Diego Souza   79'
A 7   Éder Luís
A 9   Alecsandro
Reservas:
G 12   Alessandro
LD 23   Fagner
LE 32   Márcio Careca
V 18   Jumar     79'
V 21   Fellipe Bastos
M 31   Bernardo   79'
A 39   Elton
Técnico:
  Ricardo Gomes

Bandeirinhas:
 BA Alessandro Rocha Matos[8]
 SP Emerson Augusto de Carvalho[8]

PremiaçãoEditar

Copa do Brasil de 2011
 
VASCO DA GAMA
Campeão
(1º título)

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Vasco domina a tensão, vence o Coritiba e abre vantagem na final». Globoesporte.com. 1 de junho de 2011. Consultado em 12 de janeiro de 2016 
  2. a b c «Em jogaço de bola, Vasco é campeão mesmo com derrota para Coxa: 3 a 2». Globoesporte.com. 8 de junho de 2011. Consultado em 12 de janeiro de 2016 
  3. «Vasco perde para o Coritiba, mas conquista a Copa do Brasil». Folha de S.Paulo. 8 de junho de 2011. Consultado em 12 de janeiro de 2016 
  4. «CBF - Regulamento» (PDF). Consultado em 7 de junho de 2011. Arquivado do original (PDF) em 13 de abril de 2014 
  5. «CBF - Sorteio que definiu mando de campo». Consultado em 7 de junho de 2011. Arquivado do original em 26 de julho de 2011 
  6. «Esporte Interativo - Sorteio da CBF definiu ordem dos jogos da final da Copa do Brasil» 
  7. a b c «Paulo Cesar Oliveira apita Vasco x Coritiba em São Januário». Globoesporte.com. 30 de maio de 2011. Consultado em 12 de janeiro de 2016 
  8. a b c «Paulista Sálvio Spinola apita final da Copa do Brasil». ig.com.br. 6 de junho de 2011. Consultado em 12 de janeiro de 2016 

Ligações externasEditar