Final da Copa do Mundo FIFA de 1990

A final da Copa do Mundo FIFA de 1990 foi disputada em 8 de julho no Stadio Olimpico, na cidade de Roma na Itália. A Alemanha Ocidental venceu a Argentina por 1–0 e se tornou tricampeã do mundo. A final foi uma reedição da final da Copa do Mundo anterior, quando a Argentina venceu por 3-2.

Final da Copa do Mundo FIFA de 1990
Stadio Olimpico 2008.JPG
Evento Copa do Mundo FIFA de 1990
Data 8 de julho de 1990
Local Stadio Olimpico, Roma
Árbitro México Edgardo Codesal
Público 73 603

Alguns fatos curiosos sobre esta partida:

  • Argentina tornou-se a primeira seleção a não marcar gols em uma final de Copa.
  • Também foi a primeira finalista a ter dois jogadores expulsos[1].
  • Foi a primeira vez que uma seleção se tornou finalista com mais do que o dobro do número de gols marcado pelo rival na campanha (Alemanha com 14, e Argentina com 5).[2]
  • Argentina chegou a final com o pior ataque de todos os tempos (fez apenas 5 gols).[2]
  • Pela primeira vez, os dois finalistas precisaram da prorrogação e dos pênaltis nas semifinais para se classificarem à Final[3].
  • Foi a primeira vez numa final de Copa do Mundo que uma seleção europeia derrotou uma seleção sulamericana.

Performances dos finalistasEditar

  Argentina Fase   Alemanha Ocidental
Oponente Resultado Fase de grupos Oponente Resultado

  Camarões

0-1 Rodada 1

  Iugoslávia

4-1

  União Soviética

2-0 Rodada 2

  Emirados Árabes Unidos

5-1

  Romênia

1-1 Rodada 3

  Colômbia

1-1
Grupo B J V E D GP GC SG Pts
  Camarões 3 2 0 1 3 5 -2 4
  Romênia 3 1 1 1 4 3 1 3
  Argentina 3 1 1 1 3 2 1 3
  União Soviética 3 1 0 2 4 4 0 2
Resultado final
Grupo D J V E D GP GC SG Pts
  Alemanha Ocidental 3 2 1 0 10 3 7 5
  Iugoslávia 3 2 0 1 6 5 1 4
  Colômbia 3 1 1 1 3 2 1 3
  Emirados Árabes Unidos 3 0 0 3 2 11 -9 0
Oponente Resultado Fase final Oponente Resultado

  Brasil

1-0 Oitavas de final

  Países Baixos

2-1

  Iugoslávia

0-0 (3–2 pen) Quartas de final

  Tchecoslováquia

1-0

  Itália

1-1 (4–3 pen) Semifinais

  Inglaterra

1-1 (4–3 pen)

Detalhes da partidaEditar

8 de julho de 1990 Argentina   0 – 1   Alemanha Estádio Olímpico de Roma, Roma
20:00 (UTC+2)
Relatório Brehme   85' (pen) Público: 73 603
Árbitro:  MEX Edgardo Codesal
     
 
 
Argentina
     
 
 
Alemanha
G 12 Sergio Goycochea
LB 20 Juan Simón
Z 18 José Serrizuela
Z 19 Oscar Ruggeri   46'
V 13 Néstor Lorenzo
MD 4 José Basualdo
M 7 Jorge Burruchaga   53'
M 21 Pedro Troglio   84'
ME 17 Roberto Sensini
SA 10 Diego Maradona     87'
CA 9 Gustavo Dezotti     5', 87'
Substituições:
A 3 Abel Balbo
Z 5 Edgardo Bauza
SA 6 Gabriel Calderón   53'
Z 15 Pedro Monzón   65'   46'
G 22 Fabián Cancelarich
Treinador:
Carlos Bilardo
G 1 Bodo Illgner
LB 5 Klaus Augenthaler
AD 14 Thomas Berthold   73'
Z 6 Guido Buchwald
Z 4 Jürgen Kohler
AE 3 Andreas Brehme
M 10 Lothar Matthäus  
M 8 Thomas Häßler
M 7 Pierre Littbarski
CA 9 Rudi Völler   52'
CA 18 Jürgen Klinsmann
Substituições:
Z 2 Stefan Reuter   73'
G 12 Raimond Aumann
A 13 Karl-Heinz Riedle
M 15 Uwe Bein
M 20 Olaf Thon
Treinador:
Franz Beckenbauer

Bandeirinhas:
  Armando Perez Hoyos
  Andrea Listkiewicz

  A Wikipédia possui o
Portal Futebol

Referências

  1. copadomundo.uol.com.br/ Destaques da Copa de 1990
  2. a b globoesporte.globo.com/ Alemães repetem 1990 e chegam à final com dobro de gols da Argentina
  3. goal.com/ Três prorrogações seguidas! Croácia chega na final fazendo o que ninguém conseguiu e vai lutar contra retrospecto ruim

Links ExternosEditar


  Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.