Abrir menu principal
Flávio Henrique
Informação geral
Nome completo Flávio Henrique
Nascimento 20 de junho de 1968
Local de nascimento Belo Horizonte, Minas Gerais
Brasil
Morte 18 de janeiro de 2018 (49 anos)
Local de morte Belo Horizonte, Minas Gerais
Nacionalidade brasileira
Ocupação(ões) cantor, compositor, tecladista e pianista
Gravadora(s) Velas, Dubas, Independente
Afiliação(ões) Candeia

Flávio Henrique (Belo Horizonte, 20 de julho de 1968[1] - Belo Horizonte, 18 de janeiro de 2018[2]) foi um cantor, compositor, tecladista e pianista brasileiro.[3]

Foi ao lado de Robertinho Brant que Henrique iniciou sua carreira musical, com quem fundou o grupo Candeia. Já possui mais de 80 canções gravadas e interpretadas, uma grande variedade que inclui músicos como Milton Nascimento e Ney Matogrosso.[1]

Entre seus maiores parceiros estão Ronaldo Bastos, Paulo César Pinheiro e Fernando Brant, entre outros.[1]

Faleceu no dia 18 de janeiro de 2018, vítima de febre amarela, durante um surto no país.[2]

DiscografiaEditar

  • Primeiras Estórias (1995)
  • Flávio Henrique & Marina Machado (1997)
  • Aos Olhos de Guignard (2000), (Flávio Henrique por Marina Machado e Amaranto)
  • Livramento (2002), (com Chico Amaral)
  • Presépio Cantado (2004), (Musical Infantil de Flávio Henrique)
  • Sol a Girar (2006)
  • Pássaro Pênsil (2008)
  • Zelig (2012)
  • Cobra Coral (2012), (com Cobra Coral)
  • Pra Cada Um Ser O Que É (2015), (com Cobra Coral)

DVDEditar

  • Hotel Maravilhoso (2006), (com Marina Machado & Chico Amaral)

Referências

  1. a b c «Flávio Henrique». Museuclubedaesquina.org.br. Consultado em 12 de janeiro de 2015 
  2. a b G1 - Minas Gerais (2018). Globo.com, ed. «Compositor Flávio Henrique morre vítima de febre amarela em BH». Consultado em 18 de janeiro de 2018 
  3. «Dados biográficos». dicionariompb.com.br. Consultado em 12 de janeiro de 2015 
  Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.