Abrir menu principal
Um KF-25, uma junta tórica (o-ring), e braçadeira.

Um flange de vácuo é um flange no fim de um tubo usado para conectar câmaras de vácuo, tubulações e bombas de vácuo umas as outras.

Em sistemas que requerem alto vácuo, os flanges de vácuo são indispensáveis, como em microscópios eletrônicos ou em equipamentos de espectroscopia de emissão.[1][2]

Juntas de vácuoEditar

Para obter um selamento ao vácuo, uma junta é requerida. Uma junta tórica (um anel no jargão do ramo chamado o-ring) de elastômero pode ser feita de borracha Buna, do fluoropolímero viton, borracha de silicone ou teflon. Juntas tóricas podem ser colocadas em um sulco ou podem ser usadas em combinação com um anel de centragem ou como uma junta "capturada" que é mantida no lugar por anéis metálicos separados. Juntas de metal são usados em sistemas de vácuo ultra-alto, onde a degaseificação do elastômero pode ser uma carga de gás significativa. Uma junta em anel de cobre é usada com as superfícies de contato do flanges. Juntas de arame metálico feitas de cobre, ouro ou índio podem ser usadas.

Passagem direta de vácuoEditar

Uma passagem direta de vácuo é um estanqueamento para vácuo de operação e conexão elétrica, física ou mecânica à câmara de vácuo.


 
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Vacuum flange» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.

Referências

  1. Alexandre Mello de Paula Silva; TECNOLOGIA DE VÁCUO PARA MICROSCOPIA ELETRÔNICA; Lab. Superfície e Nanoestruturas 05/04/2010; CBPF - cbpfindex.cbpf.br
  2. M.C. Feitor, et al.; DIAGNÓSTICO DO PLASMA DE OXIGÊNIO POR ESPECTROSCOPIA DE EMISSÃO ÓTICA DURANTE O TRATAMENTO DE TECIDOS 100% POLIÉSTER; Revista Brasileira de Aplicações de Vácuo, v. 27, n. x, xx-xx, 2008.