Floreal

município brasileiro do estado de São Paulo
Disambig grey.svg Nota: Se procura por o mês do Calendário Revolucionário Francês, veja Floreal (mês).
Floreal
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Floreal
Bandeira
Brasão de armas de Floreal
Brasão de armas
[[1]]
Lema Trabalho e Liberdade
Gentílico florealense
Localização
Localização de Floreal em São Paulo
Localização de Floreal em São Paulo
Mapa de Floreal
Coordenadas 20° 40' 37" S 50° 08' 42" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Municípios limítrofes Nhandeara, Magda, Valentim Gentil e Gastão Vidigal
Distância até a capital 521 km
História
Fundação 1935 (85 anos)
Emancipação 1 de Janeiro de 1960
Aniversário 6 de agosto
Administração
Prefeito(a) Norival Francisco Garcia Júnior (PSDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 204,3 km²
População total (Censo IBGE/2010[2]) 3 003 hab.
Densidade 14,7 hab./km²
Clima Tropical
Altitude 518 m
Fuso horário Hora de Brasília UTC−3 (UTC−3)
CEP 15.320-000
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,8 muito alto
PIB (IBGE/2009[4]) R$ 34 732 mil
PIB per capita (IBGE/2009[4]) R$ 12 043,16
Outras informações
Padroeiro(a) Senhor_Bom_Jesus
Sítio www.floreal.sp.gov.br (Prefeitura)
www.camarafloreal.sp.gov.br (Câmara)

GeografiaEditar

Possui uma área de 204,3 km².

DemografiaEditar

Dados do Censo - 2010[1]

População total: 3.003

  • Urbana: 2.439
  • Rural: 564
  • Homens: 1.496[5]
  • Mulheres: 1.507

Densidade demográfica (hab./km²): 14,7

Dados do Censo - 2000

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 10,75

Expectativa de vida (anos): 74,22

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 1,94

Taxa de Alfabetização: 88,71%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,800

  • IDH-M Renda: 0,718
  • IDH-M Longevidade: 0,820
  • IDH-M Educação: 0,861

(Fonte: IPEADATA)

HidrografiaEditar

RodoviasEditar

ComunicaçõesEditar

A cidade foi atendida pela Companhia de Telecomunicações do Estado de São Paulo (COTESP) até 1975, quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[6], que construiu em 1977 a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica, sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo para suas operações de telefonia fixa[7][8][9].

PolíticaEditar

A política no município de Floreal vem sendo motivo de discussão há alguns anos, pois desde a eleição de Gilberto de Grande (DEM) em 2004, e, com sua reeleição em 2008, o município vive crise administrativa, fato que começou a se agravar com a eleição do maior empreiteiro, do município, até 2012, João Manoel de Castilho (PSDB), que se tornou prefeito neste ano. Título de maior empreiteiro que deixou de ter ao vender a sua empresa de construção para seu sobrinho Norival Francisco Garcia Júnior, dias antes de tomar posse em 01 de Janeiro de 2013. A vida politico-administrativa do município veio a piorar em 2016, com a reeleição do prefeito, com um agravante, seu vice-prefeito passou a ser o então ex-prefeito, envolvido em diversos escândalos de corrupção, Gilberto de Grande (DEM). Em uma eleição marcada por compra de votos a troco de dentaduras. Em 19/03/2019, a chapa João e Gilberto foi cassada pelo TSE. Em Agosto/2019, o então sobrinho, do agora ex-prefeito, João Manoel de Castilho, Norival Francisco Garcia Júnior (PTB), é eleito prefeito em eleições suplementares para o período de setembro/2019 a dezembro/2020. Acontece que, Norival vem respondendo processos, juntamente, com João Manoel, de improbidade administrativa, prejuízo ao erário e violação a princípios - art 10 e 11 da Lei de Improbidade Administrativa (Lei nº 8429/1992).

Referências

  1. a b c «Censo Populacional 2010 - IBGE» (PDF). IBGE.gov.br. Consultado em 30 de agosto de 2011 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2005-2009» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 8 de janeiro de 2012. Arquivado do original (PDF) em 3 de março de 2016 
  5. «SIDRA IBGE - Tabela 608 - População residente, por situação do domicílio e sexo». IBGE. Consultado em 30 de agosto de 2011 
  6. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  7. «Telesp vai servir mais 86 cidades do estado». Acervo Folha de São Paulo 
  8. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  9. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externasEditar