Abrir menu principal

Florida Cup de 2018

Torneio amistoso de futebol
Florida Cup 2018
IV Flórida Cup
Dados
Participantes 8
Local de disputa Flórida, Estados Unidos
Período 1020 de janeiro
Gol(o)s 24
Partidas 8
Média 3 gol(o)s por partida
Campeão Atlético Nacional (1° título)
Vice-campeão Barcelona de Guayaquil
3.º colocado Rangers
4.º colocado Eindhoven
Melhor marcador 2 gols:
Melhor ataque (fase inicial) 6 gols:
  • Barcelona de Guayaquil
Melhor defesa (fase inicial) Nenhum gol:
  • Atlético Nacional
Maiores goleadas
(diferença)
Rangers 4 – 2 Corinthians
Spectrum StadiumOrlando
13 de janeiro
 
Atlético Nacional 2 – 0 Atlético Mineiro
Spectrum Stadium, Orlando
14 de janeiro
 
Fluminense 1 – 3 Barcelona de Guayaquil
Spectrum Stadium, Orlando
15 de janeiro
 
Légia Varsóvia 0 – 2 Atlético Nacional
Al Lang StadiumSão Petersburgo
20 de janeiro
◄◄ 2017 Soccerball.svg 2019 ►►

A Florida Cup de 2018 (português europeu) ou Torneio da Flórida de 2018 (português brasileiro), foi a quarta edição deste torneio amistoso anual realizado na Flórida, Estados Unidos.

Em um evento realizado na cidade de Orlando em outubro de 2017, a organização do evento anunciou a parceria com o Universal Orlando Resort, que promoveu várias atividades em alguns de seus parques de diversões e, no mesmo evento, os detalhes sobre a edição foram divulgados. Diferente da edição anterior, o torneio foi disputado em uma única fase com oito participantes, que foram: Atlético Mineiro, Corinthians e Fluminense representaram o Brasil; PSV Eindhoven, Países Baixos; Légia Varsóvia, Polônia e Rangers, clube escocês. Além do Atlético Nacional da Colômbia e o equatoriano do Barcelona Sporting.

Cada equipe disputou dois jogos. O Atlético Nacional sagrou-se campeão com duas vitórias, quatro gols marcados e nenhum sofrido, sendo que o Barcelona Sporting e o Rangers conquistaram o mesmo número de pontos, mas ficaram em desvantagem nos critérios de desempate.

Participantes e regulamentoEditar

As novidades para a edição de 2018 foram apresentadas pela organização em um evento realizado no dia 9 de outubro de 2017, em Orlando, a principal sendo a parceria com um dos maiores patrocinadores do torneio, o Universal Orlando Resort. Além das partidas de futebol, o evento promoveu uma gama de atividades nos parques Universal Studios Florida, Islands of Adventure e Volcano Bay, incluindo fanfest e uma celebração com performances de artistas internacionais.[1]

Em 3 de outubro, a organização já havia confirmado o Atlético Mineiro e o Corinthians como participantes. Os mineiros, que haviam conquistado o título em 2016, cumpririam o contrato de três anos assinado com organização do evento, por sua vez, o clube paulistano participou de todas as edições. Além deles, os seguintes clubes também foram confirmados: PSV Eindhoven, Países Baixos; Rangers, Escócia; Atlético Nacional, Colômbia; e o clube equatoriano Barcelona Sporting.[2] Posteriormente, o Fluminense e o clube polaco Légia Varsóvia foram confirmados.[3]

Através de um comunicado oficial, a equipe carioca se pronunciou sobre a competição:[4]

É uma oportunidade de ter o elenco trabalhando forte e concentrado no início da temporada, treinando em estruturas de primeiro mundo, enfrentando equipes internacionais, com outros estilos de jogo, além do potencial de levar o nome do Fluminense cada vez mais longe no cenário internacional

Por fim, o regulamento divulgado foi semelhante ao da edição de 2016, onde cada clube disputa dois jogos, sagrando-se campeão aquele que somar o maior número de pontos. O saldo de gols foi o primeiro critério de desempate, seguido pelos gols marcados. As partidas que terminaram empatadas foram decididas nos pênaltis, concedendo dois pontos ao vencedor e um ponto ao perdedor.[5]

País Clube Cidade Confederação Liga
  Países Baixos PSV Eindhoven Eindhoven UEFA Eredivisie
  Polónia Légia Varsóvia Varsóvia Ekstraklasa
  Escócia Rangers Glasgow Scottish Premier League
  Brasil Corinthians São Paulo CONMEBOL Série A
Fluminense Rio de Janeiro
Atlético Mineiro Belo Horizonte
  Colômbia Atlético Nacional Medellín Categoría Primera A
  Equador Barcelona de Guayaquil Guaiaquil Primeira A

ResumoEditar

Corinthians e PSV Eindhoven enfrentaram-se na partida inaugural do torneio. Diferentemente do adversário, a equipe brasileira iniciava sua temporada e por conta disso obteve uma atitude precavida.[6] O meio-campista Marco van Ginkel obrigou o goleiro do Corinthians Cássio Ramos a fazer uma boa defesa no início da partida, com um chute de longa distância. No minuto seguinte, Luuk de Jong aproveitou a cobrança de escanteio, mas a cabeçada do atacante foi pela linha de fundo.[7] Apesar da inferioridade na partida, o Corinthians, aos 23 minutos, saiu em vantagem no placar: numa cobrança de falta, Jadson fez o cruzamento e Rodriguinho finalizou marcando o primeiro gol de seu clube no ano.[6] Alguns minutos depois, o Corinthians teve uma boa chance de ampliar com Colin Kâzım-Richards, mas o atacante escorregou antes de finalizar. O PSV Eindhoven, por sua vez, limitou-se aos remates de Hirving Lozano.[6] No segundo tempo, a equipe neerlandesa colecionou chances perdidas: a primeira com Gastón Pereiro, que finalizou sobre o gol. Mauro Júnior e Donyell Malen exigiram boas defesas do goleiro Caíque, do Corinthians. Aos 93 minutos, contudo, Sam Lammers empatou a partida.[6][7] O Corinthians saiu vitorioso na disputa por pênaltis após Lammers desperdiçar sua cobrança.[6][7]

Atlético Mineiro e Rangers estrearam na segunda partida. Ambas as equipes começaram o jogo modificadas em relação aos times titulares.[8] Logo no primeiro minuto, o goleiro inglês do Rangers, Jak Alnwick, precipitou-se e entregou a posse da bola para o Atlético Mineiro, que não se aproveitou deste equivoco. A equipe brasileira ainda teve duas outras chances para marcar: aos 12 minutos, Pablo conduziu em velocidade e passou para Thalis. A finalização do atacante, no entanto, acertou a trave. Alguns minutos depois, Pablo obrigou o goleiro Alnwick a fazer uma bela defesa.[9] No segundo tempo, o Rangers obteve as melhores oportunidades - primeiro com o remate de Andy Halliday e, em seguida, o gol, após um contra-ataque bem trabalhado que acabou com a conclusão de Josh Windass, que mais tarde quase ampliou a vantagem com um remate cruzado. O jogo manteve-se em 1–0.[9]

Em seu último confronto no torneio, o PSV Eindhoven enfrentou o Fluminense. O belo gol da equipe neerlandesa foi marcado por Sam Lammers, que driblou dois defensores antes de concluir. O Fluminense, por sua vez, aproveitou sua única chance de gol: após recuperar a posse de bola, Robinho recebeu o passe e finalizou, empatando a partida. Entretanto, a equipe brasileira saiu derrotada nas disputas por pênaltis.[10] Na quarta partida, realizada em 13 de janeiro, Corinthians e Rangers também encerraram suas participações no torneio. A equipe brasileira marcou dois gols no primeiro tempo com Rodriguinho e Kâzım, mas os escoceses viraram no segundo tempo com quatro gols - o primeiro de Alfredo Morelos, antecipando a marcação após uma cobrança de falta. Andy Halliday empatou a partida após passe do Morelos; este último, por sua vez, voltou a marcar minutos depois. Por fim, James Tavernier aproveitou o rebote do goleiro (4–2).[11]

 
Elenco e comissão técnica do Atlético Nacional, campeão da edição de 2018.

Na outra partida, Barcelona Sporting enfrentou o Légia Varsóvia. Os polacos marcaram primeiro, Jarosław Niezgoda recebeu um belo passe e arrematou para as redes. O Barcelona, no entanto, virou a partida em nove minutos: com gols de Marcos Caicedo, Ariel Nahuelpán e Ely Esterilla. No final da partida, Rémy descontou para equipe polaca.[12] No dia seguinte, O Atlético Nacional venceu o Atlético Mineiro por dois gols. Andrés Renteria abriu o marcador aos 37 minutos, em uma jogada trabalhada com Gustavo Torres, antes de concluir deslocando o goleiro brasileiro. No segundo tempo, o Atlético Nacional garantiu a vitória com Jeison Lucumí, que aproveitou o passe errado do adversário e arrematou de longa distância.[13]

No penúltimo embate, Fluminense e Barcelona Sporting se enfrentaram. Os brasileiros não possuíam mais chances de título, mas procuravam uma vitória para amenizar a desconfiança de seus torcedores.[14]Marcos Júnior abriu o placar para o Fluminense após um cruzamento de Marlon. A virada do Barcelona concretizou apenas no segundo tempo: Jonathan Betancourt marcou dois gols em oito minutos; no primeiro, o atacante aproveitou o passe de Erick Castillo e, no segundo, um lançamento do goleiro Máximo Banguera. Erick Castillo converteu o terceiro em um belo remate de média distância.[15] O Fluminense encerrou a participação no torneio sem vitórias, enquanto a equipe equatoriana venceu seus dois jogos e assumiu provisoriamente a primeira colocação.[16] O Atlético Nacional entrou no último confronto sabendo que precisaria vencer por dois gols de diferença para conquistar o título. O goleiro colombiano Christian Vargas realizou boas intervenções evitando os gols de Michał Kucharczyk e Jarosław Niezgoda do Légia Varsóvia, o resultado foi construído no primeiro tempo, com dois gols de Aldo Leão Ramirez. O jogo manteve-se em 2–0, apesar de ambos os clubes criarem chances de mudar o marcador durante os últimos 45 minutos.[17]

ClassificaçãoEditar

Cada time disputou dois jogos, com três pontos concedidos para a vitória, um para o empate, nenhum para a derrota, além do ponto extra pela vitória nas disputas de pênaltis. No final do torneio, três equipes terminaram empatadas com seis pontos: após vencer seus compromissos, o Atlético Nacional conquistou o título por conta do saldo de gols.[18]

Pos. Clube Pts J V VP DP D GP GC SG
1.º   Atlético Nacional 6 2 2 0 0 0 4 0 +4
2.º   Barcelona de Guayaquil 6 2 2 0 0 0 6 3 +3
3.º   Rangers 6 2 2 0 0 0 5 2 +3
4.º   PSV Eindhoven 3 2 0 1 1 0 2 2 0
5.º   Corinthians 2 2 0 1 0 1 3 5 –2
6.º   Fluminense 1 2 0 0 1 1 2 4 –2
7.º   Légia Varsóvia 0 2 0 0 0 2 2 5 –3
8.º   Atlético Mineiro 0 2 0 0 0 2 0 3 –3

PartidasEditar

Todas as partidas seguem o fuso horário local (UTC−5).


10 de janeiro Corinthians   1 – 1   PSV Eindhoven Orlando City Stadium, Orlando
19:00
Rodriguinho   23' Reportagem Lammers   90+3' Árbitro:  EUA Jonathan Bilinski
    Penalidades  
Junior Dutra  
Fellipe Bastos  
Maycon  
Camacho  
Giovanni Augusto  
5 – 4   Maher
  Schwaab
  Lammers
  Arias
  Malen
 
     
 
 
Corinthians
     
 
 
PSV

11 de janeiro Atlético Mineiro   0 – 1   Rangers Orlando City Stadium, Orlando
19:00
Reportagem Windass   67' Árbitro:  EUA Andrew Musashe
     
 
 
Atlético-MG
     
 
 
Rangers

12 de janeiro PSV Eindhoven   1 – 1   Fluminense Spectrum Stadium, Orlando
19:00
Lammers   41' Reportagem Robinho   90+2' Árbitro:  EUA Esteban Rosano
    Penalidades  
Hirving Lozano  
Obispo  
Hendrix  
Malen  
Pereiro  
5 – 4   Robinho
  Pedro
  Jadson
  Romarinho
  Renato Chaves
 
     
 
 
PSV
     
 
 
Fluminense

13 de janeiro Rangers   4 – 2   Corinthians Spectrum Stadium, Orlando
13:00
Morelos   63',   77'
Halliday   70'
Tavernier   82'
Reportagem Rodriguinho   32'
Kazim   40'
Árbitro:  EUA Jonathan Bilinski
     
 
 
Rangers
     
 
 
Corinthians

13 de janeiro Barcelona de Guayaquil   3 – 2   Légia Varsóvia Central Broward Regional Park, Fort Lauderdale
15:00
M. Caicedo   18'
Nahuelpán   21'
Esterilla   27'
Reportagem Niezgoda   6'
Rémy   89'
Árbitro:  EUA Andres Pfefferkorn
     
 
 
Barcelona
     
 
 
Legia

14 de janeiro Atlético Nacional   2 – 0   Atlético Mineiro Spectrum Stadium, Orlando
13:00
Renteria   37'
Lucumí   70'
Reportagem Árbitro:  EUA Brandon Artis
     
 
 
Atl. Nacional
     
 
 
Atlético-MG

15 de janeiro Fluminense   1 – 3   Barcelona de Guayaquil Spectrum Stadium, Orlando
16:00
Marcos Júnior   22' Reportagem Betancourt   56',   64'
E. Castillo   90+4'
Árbitro:  EUA Andrew Musashe
     
 
 
Fluminense
     
 
 
Barcelona

20 de janeiro Légia Varsóvia   0 – 2   Atlético Nacional Al Lang Stadium, São Petersburgo
18:00
Reportagem Aldo Ramirez   35',   43' Árbitro:  EUA Guido Gonzalez Jr.
     
 
 
Legia
     
 
 
Atl. Nacional

ArtilhariaEditar

Referências

  1. «Florida Cup divulga clubes e tabela para 2018». canaleua.com. 9 de outubro de 2017. Consultado em 30 de junho de 2018. Cópia arquivada em 30 de maio de 2018 
  2. «Atlético-MG é confirmado no Torneio da Flórida 2018: em busca do bi». globoesporte.globo.com. 3 de outubro de 2018. Consultado em 30 de junho de 2018. Cópia arquivada em 30 de maio de 2018 
  3. «Flórida Cup divulga tabela da competição de 2018». netflu.com.br. 9 de outubro de 2017. Consultado em 30 de junho de 2018. Cópia arquivada em 30 de maio de 2018 
  4. «Fluminense é outro brasileiro confirmado na Florida Cup 2018; veja o calendário». espn.com.br. 9 de outubro de 2017. Consultado em 30 de junho de 2018. Cópia arquivada em 30 de maio de 2018 
  5. «Florida Cup 2018: Standings». Website oficial do torneio. Consultado em 30 de junho de 2018. Cópia arquivada em 30 de maio de 2018 
  6. a b c d e f «Corinthians cede empate ao PSV, mas leva a melhor nos pênaltis». gazetaesportiva.com. 11 de janeiro de 2018. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  7. a b c «Corinthians sofre gol no fim, mas bate o PSV nos pênaltis na estreia no ano». esporte.uol.com.br. 11 de janeiro de 2018. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2018 
  8. «Galo joga mal e perde para o Rangers na Copa Flórida». gazetaesportiva.com. 12 de janeiro de 2018. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  9. a b c Christopher Jack (12 de janeiro de 2018). «Rangers 1-0 Atletico Mineiro: Graeme Murty's side kick-off Florida Cup with win in Orlando» (em inglês). heraldscotland.com. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  10. a b «Fluminense estreia mal na Florida Cup e perde nos pênaltis para o PSV». esporte.uol.com.br. 13 de janeiro de 2018. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 3 de março de 2018 
  11. a b «Corinthians abre vantagem, mas reservas cedem goleada ao Rangers na Florida Cup». mg.superesportes.com.br. 13 de janeiro de 2018. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  12. a b «Barcelona SC venceu por 3-2 no Legia Varsóvia em amistoso pela Copa da Flórida» (em espanhol). elcomercio.com. 13 de janeiro de 2018. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  13. a b «Atlético é derrotado pelo xará colombiano e encerra Florida Cup sem vitórias». mg.superesportes.com.br. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  14. «Fluminense encara o Barcelona-EQU pela Copa Flórida». gazetaesportiva.com. 14 de janeiro de 2018. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  15. a b «Flu leva virada do Barcelona-EQU e volta dos Estados Unidos sem vitórias». esporte.uol.com.br. 15 de janeiro de 2018. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  16. «JOGO 7: FLUMINENSE 1 X 3 BARCELONA SC». floridacup.com. 16 de janeiro de 2018. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  17. a b Jeimmy Paola Sierra (20 de janeiro de 2018). «Nacional sigue ganando: ¡Campeón de la Florida Cup!». colombia.as.com. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  18. «Com vitória, Atlético Nacional mantém 100% e é campeão do torneio da Flórida». globoesporte.globo.com. 22 de janeiro de 2018. Consultado em 7 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 

Ligações externasEditar