Follow the money

Follow the money (traduzido para português como "Siga o dinheiro") é um bordão em língua inglesa popularizado pelo docudrama All the President's Men (1976). A expressão sugere que, num esquema de corrupção, o dinheiro deixa rastros que muitas vezes levam até os altos escalões do poder.

No filme, o roteirista William Goldman atribui a frase a Deep Throat, o informante que revelou o escândalo de Watergate. A frase, no entanto, não aparece no livro homônimo, escrito pelos jornalistas Bob Woodward e Carl Bernstein, publicado em 1974. A expressão tampouco aparece na documentação do caso.

Em 1974, a frase já havia sido dita por Henry Peterson, durante seu depoimento diante da Comissão de Justiça do Senado dos Estados Unidos, sobre a nomeação de Earl J. Silbert para procurador federal. Também aparece no livro Crime in Britain Today, de Clive Borrell e Brian Cashinella, publicado em 1975: "O senhor Crane costuma dar o seguinte conselho a todos os novos funcionários do departamento de fraudes: 'Sempre siga o dinheiro. Inevitavelmente, ele vai levar a uma porta com painéis de carvalho, e atrás dela estará Mr. Big.' É uma dica que valeu muito em dezenas de casos."[1]

Desde os anos 1970, a frase tem sido usada no jornalismo investigativo e no debate político. Follow the Money é também o título de uma série televisiva da CBS.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Follow the money (em inglês). Por Fred Shapiro. Freakonomics, 23 de setembro de 2011.

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.