Abrir menu principal
Fôrça Bruta
Álbum de estúdio de Jorge Ben
Lançamento 1970
Gravação 1970
Gênero(s) Samba, samba rock
Duração 39:51
Idioma(s) Português
Formato(s) LP
Gravadora(s) Philips Records
Produção Manoel Barenbein
Cronologia de Jorge Ben
Jorge Ben
(1969)
Negro É Lindo
(1971)

Fôrça Bruta é o sétimo álbum do cantor brasileiro Jorge Ben, lançado em LP em 1970, e o segundo acompanhado pelo Trio Mocotó, repetindo a parceria de sucesso do disco anterior.

Índice

FaixasEditar

Todas as canções escritas e compostas por Jorge Ben Jor. 

Lado A
N.º Título Duração
1. "Oba, Lá Vem Ela"   3:16
2. "Zé Canjica"   3:53
3. "Domênica Domingava num Domingo Linda toda de Branco"   3:50
4. "Charles Júnior"   6:09
5. "Pulo, Pulo"   2:50
Lado B
N.º Título Duração
1. "Apareceu Aparecida"   3:17
2. "O Telefone Tocou Novamente"   3:51
3. "Mulher Brasileira"   4:27
4. "Terezinha"   3:13
5. "Força Bruta"   5:15

Recepção da crítica e legadoEditar

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic       link

Com o tempo, Fôrça Bruta viria a ser considerado um dos discos mais importantes da carreira de Jorge Ben Jor, continuando sua trajetória de sucesso, iniciada no álbum anterior, na década de 70. John Bush, do Allmusic, considera essa obra uma das pérolas escondidas na discografia de Jorge Ben, sendo uma grande continuação na parceria dos quatro músicos iniciada no ano anterior.[1]

Figura na lista dos 100 maiores discos da música brasileira pela Rolling Stone Brasil na posição 61. [2]

MúsicosEditar

  • Jorge Ben Jor: Voz e violão

Acompanhado pelo Trio Mocotó:

  • Fritz "Escovão": Cuíca
  • João "Parahyba": Percussão e bateria
  • Nereu Gargalo: Pandeiro

Ficha técnicaEditar

  • Direção de produção: Manoel Barenbein
  • Técnicos de gravação: João Moreira, Ari Carvalhaes e João Kibelkstis
  • Gravado nos estúdios: C.B.D. (Rio de Janeiro) e Scatena (São Paulo)
  • Layout: Lincoln Nogueira
  • Foto: Ricardo de Cumptich

Referências

  1. BUSH, John. "Review - Jorge Ben - Força Bruta". Página visitada em 21 de agosto de 2012.
  2. «Lista dos 100 maiores discos da música brasileira pela Rolling Stone Brasil». Wikipédia, a enciclopédia livre. 21 de setembro de 2017