Abrir menu principal

Formiga Esporte Clube é uma agremiação esportiva de futebol da cidade de Formiga, do estado de Minas Gerais, fundada a 17 de março de 1929. Manda seus jogos no Estádio Juca Pedro.

Formiga
Formiga EC - MG.svg
Nome Formiga Esporte Clube
Alcunhas FEC. O Glorioso.
Mascote Formiga
Fundação 17 de março de 1929 (90 anos)
Estádio Juca Pedro
Capacidade 2.500[1]
Competição Minas Gerais Campeonato Mineiro - Segunda Divisão
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Índice

HistóriaEditar

Início - Décadas de 20, 30, e 40Editar

Surge no cenário do futebol mineiro em 1929, na cidade de Formiga-MG. Os percursores desta história foram: José Corrêa (presidente), José Azarias Vieira (tesoureiro) e José Gualberto Dantas (secretário) e Estácio Vieira.

No início se chamava Formiguense, sendo que mudou de nome para facilitar a pronúncia da torcida e homenagear a cidade em 1939. Teve como seu primeiro local de treinamento um local denominado "Campinho", no bairro Sagrado Coração de Jesus, antigo bairro da Chapada, onde atualmente funciona a Escola Estadual Bernardes de Faria. Posteriormente foi transferido para um campo nas mediações da avenida José Arantes, onde atualmente funciona o Banco do Brasil. Ainda na década de 1938 inaugurou o Estádio Juca Pedro, onde manda seus jogos até os dias atuais. Os primeiros jogadores treinavam no campinho alugado, não recebiam salário fixo e contribuíam com as despesas do clube.[2]

 
Formiga Esporte Clube - 1934

O Formiga foi um dos poucos times do interior do estado a enfrentar equipes de categoria como: Clube Atlético Mineiro, Club de Regatas Vasco da Gama, Clube de Regatas do Flamengo e Botafogo Football Club, que tinham os maiores craques da época.

 
Formiga Esporte Clube - 1940

A primeira formação do FEC foi composta por: Lulu Frade, João Dantas, Chico Preto. Juvercindo, Dedé Citá, Mariano Silva, Vicente Soares, Silvio Rocha, Chiquinho Miranda, Mário de Castro e os Goleiros Hugo e Dario Soares.

Chico Preto, Juvercindo, Lulu Laje, Lulu Frade, Sílvio Rocha, Carlos Frade, Petito, Macaia, Marico, Marandola, Vicente Bicanca, Cabaça, Liquinho, Borá, Jair Fonseca são lembrados como grandes atletas do FEC no período de 1945 a 1955.[2]

Da fundação em 1929 até 1964, o FEC disputou somente campeonatos amadores, municipais e regionais.

Década de 50Editar

 
Formiga Esporte Clube - 1950

No ano de 1950, quando ainda disputava o campeonato amador, o FEC foi condecorado pelo seu brilhante desempenho como o melhor time do interior de Minas Gerais, quando recebeu a alcunha de "O Glorioso". Desta forma, o FEC conquistou um de seus maiores títulos: Campeão dos Campeões do Interior.

Após jogar contra os times Naja, de Araxá, Sparta e Comercial de Campo Belo, Social de Oliveira, Guarani e Ferroviário de Divinópolis, Paraense de Pará de Minas, Ferroviário e Fabril de Lavras, Atletic de São João Del Rey, e tantos outros. No jogo da final, o Formiga enfrentou o União de Itabirito e venceu por 3 a 1, fato ocorrido naquele mês de setembro de 1950.[3]

A equipe era composta por Marandola, Marico, Délio, Node, Fone, Batista, Guita, Miltinho, Alaor, Amilton e Airton.[2][4]

Entre 1955 e 1963 destacaram-se outros jogadores como Fradinho, Chinelo, Eli Bofa, Eli Teixeira, Zuca Goleiro, Vavá Goleiro, Ornei, Valdir Silva, José Luiz Soraggi, Gomes, Duca, Tuca, Monarca e Fernando Teixeira.[2]

Década de 60Editar

1964 - Início do profissionalismoEditar

No ano 1964, o então presidente Lubélio Laudares de Oliveira transformou o FEC em um time profissional para disputar campeonatos a nível regional. O FEC recebeu reforços de grandes times mineiros como o Cruzeiro Esporte Clube, o Clube Atlético Mineiro e o América Futebol Clube. Neste ano, começou a disputar o Campeonato Mineiro de Futebol profissional (atual 2ª Divisão). O time era composto por: Josué (goleiro), Adão, Bulaú, Fradinho, Tenório e Nuno (vindo do Cruzeiro Esporte Clube), Rilson, Germano e Eustáquio Frade. O técnico era Hamilton Frade.

 
Formiga Esporte Clube - anos 60


Colocação do Formiga no Campeonato Mineiro 2ª Divisão de 1964[5]
Colocação Equipe PTS J V E D GP GC SG PTS/J V/J GP/J GC/J
3 Formiga 17 13 6 5 2 25 10 15 1,308 0,462 1,923 0,769

O campeonato era dividido em três zonas: Centro, Metalúrgica e Triângulo. O Formiga participou da Zona Centro e não se classificou para a fase seguinte.

Jogos do Formiga o Campeonato Mineiro 2ª Divisão de 1964[6]
Jogos Data
Dorense 2 x 2 Formiga 09/08/1964
Formiga 6 x 0 Atletico (C) 16/08/1964
Ferroviário 1 x 6 Formiga 23/08/1964
Formiga 1 x 0 Bela Vista 30/08/1964
Vila 0 x 0 Formiga 06/09/1964
Formiga 2 x 0 Itaúna 13/09/1964
Paraense 2 x 1 Formiga 20/09/1964
Maria Amália ? x ? Formiga 04/10/1964
Vila 1 x 1 Formiga 01/11/1964
Bela Vista 1 x 1 Formiga 15/11/1964
Formiga 1 x 0 Maria Amália 22/11/1964
Atlético(C) 2 x 1 Formiga 29/11/1964
Formiga 0 x 0 Paraense 06/12/1964
Formiga 3 x 1 Dorense 13/12/1964
Formiga ? x ? Ferroviário ??/??/1964
Itaúna ? x ? Formiga ??/??/1964

1965 - Acesso à 1ª Divisão do Campeonato MineiroEditar

 
Formiga Esporte Clube - 1965

Em 1965, o FEC passou por um processo de amadurecimento profissional, com o comando de Silvio Taliberte (presidente) e Hamilton Frade (técnico). Já com jogadores experientes, FEC em um jogo contra o time "Ferro Brasileiro", venceu por 1 x 0, com gol de Chinelo, sagrando-se campeão da 2ª Divisão do Campeonato Mineiro e classificando-se para a Divisão Extra do Campeonato Mineiro (atual 1º Divisão). O time era composto por Josué (goleiro), Adão, Bulaú, Rilson, Saúva, Nuno, Antoninho, Edvar, Chinelo e Eli. O técnico era Hamilton Frade.

Colocação do Formiga no Campeonato Mineiro 2ª Divisão de 1965[7]
Colocação Equipe PTS J V E D GP GC SG PTS/J V/J GP/J GC/J
1 Formiga 28 17 13 2 2 35 14 21 1,647 0,765 2,059 0,824
Jogos do Formiga no Campeonato Mineiro 2ª Divisão de 1965[8]
Jogos Data Fase
Social(O) 0 x 0 Formiga 19/09/1965 1
Formiga 3 x 0 Vila 26/09/1965 1
Comercial 1 x 3 Formiga 10/10/1965 1
Formiga 1 x 0 Paraense 17/10/1965 1
Itaúna x Formiga (Itaúna desistiu após a 2ª rodada) 24/10/1965 1
Ferroviário 0 x 1 Formiga 31/10/1965 1
Formiga 4 x 0 Dorense 07/11/1965 1
Vila 0 x 0 Formiga 14/11/1965 1
Formiga 1 x 0 Social (O) 21/11/1965 1
Paraense 1 x 4 Formiga 28/11/1965 1
Dorense 1 x 2 Formiga 05/12/1965 1
Formiga 3 x 1 Comercial 12/12/1965 1
Formiga ? x ? Ferroviário 30/01/1966 1
Araguari 3 x 1 Formiga 10/04/1966 3
Ferro Brasileiro 1 x 2 Formiga 17/04/1966 3
Formiga 3 x 2 Araguari 21/04/1966 3
Formiga 2 x 3 Ferro Brasileiro 01/05/1966 3
Formiga 3 x 1 Araguari 07/05/1966 4
Ferro Brasileiro 0 x 2 Formiga 15/05/1966 Final

1966 - O fantasma do rebaixamentoEditar

Em 1966, começou a disputar o campeonato mineiro da primeira divisão. O FEC, fez uma péssima campanha terminando a competição no 10 Lugar entre 12 Times. Em 22 jogos, foram 2 vitórias, 8 empates e 12 derrotas.

Colocação do Formiga no Campeonato Mineiro 1ª Divisão de 1966[9]
Colocação Equipe PTS J V E D GP GC SG PTS/J V/J GP/J GC/J
10 Formiga 12 22 2 8 12 15 45 -30 0,545 0,091 0,682 2,045
Jogos do Formiga no Campeonato Mineiro 1ª Divisão de 1966[10]
Jogos Data
Formiga 1 x 1 América 07/07/1966
Cruzeiro 7 x 0 Formiga 16/07/1966
Formiga 0 x 3 Nacional (U) 24/07/1966
Siderúrgica 2 x 2 Formiga 31/07/1966
Villa Nova 1 x 0 Formiga 07/08/1966
Formiga 0 x 2 Democrata (SL) 15/08/1966
Atlético 3 x 0 Formiga 18/08/1966
Formiga 1 x 1 Uberaba 28/08/1966
Formiga 1 x 0 Renascença 04/09/1966
Formiga 1 x 1 Valeriodoce 11/09/1966
Uberlândia 3 x 1 Formiga 18/09/1966
Nacional(U) 3 x 0 Formiga 25/09/1966
Cruzeiro 3 x 0 Formiga 02/10/1966
Uberaba 2 x 0 Formiga 10/10/1966
Formiga 0 x 3 Siderúrgica 16/10/1966
Formiga 0 x 0 Democrata (SL) 30/10/1966
Formiga 1 x 0 Villa Nova 06/11/1966
Formiga 1 x 2 América 13/11/1966
Atlético 2 x 0 Formiga 19/11/1966
Renascença 1 x 1 Formiga 25/11/1966
Valeriodoce 3 x 3 Formiga 04/12/1966
Formiga 2 x 2 Uberlândia 08/12/1966

1967 - Campeão Mineiro do InteriorEditar

No Ano de 1967, o FEC formou um time imbatível e se preparava para alcançar voos longínquos, sendo considerado um dos times mais fortes de Minas. Recebeu reforços de Adinan, Sudaco, Cristóvão, Gilson e Zé Horta. Neste ano o Formiga se tornou "Campeão do Interior", ficando na quarta colocação no Campeonato Mineiro 1ª Divisão de 1967, atrás apenas de Cruzeiro, Atlético e América.

O Time de Formiga MG fez uma excelente campanha, tendo um aproveitamento de 45,45%. Com 6 Vitórias, 8 Empates e 8 Derrotas. O Ataque o FEC também fez bonito, fazendo 28 gols.

O FEC também conseguiu grandes feitos;o primeiro foi empatar com o Clube Atlético Mineiro em pleno Mineirão, e o segundo foi empatar com o América no Juca Pedro.

Colação dos 4 primeiros no Campeonato Mineiro 1ª Divisão de 1967[11]
Colocação Equipe PTS J V E D GP GC SG PTS/J V/J GP/J GC/J
1 Atlético 35 22 15 5 2 45 16 29 1,591 0,682 2,045 0,727
2 Cruzeiro 35 22 15 5 2 66 19 47 1,591 0,682 3,000 0,864
3 América 28 22 12 4 6 42 26 16 1,273 0,545 1,909 1,182
4 Formiga 20 22 6 8 8 28 30 -2 0,909 0,273 1,273 1,364
Jogos do Formiga no Campeonato Mineiro 1ª Divisão de 1967[12]
Jogos Datas
Valeriodoce 1 x 1 Formiga 02/07/1967
Formiga 0 x 2 Villa Nova 08/07/1967
América 3 x 0 Formiga 13/07/1967
Formiga 1 x 3 Cruzeiro 23/07/1967
Nacional(U) 0 x 0 Formiga 30/07/1967
Uberlândia 4 x 2 Formiga 06/08/1967
Formiga 0 x 1 Araxá 13/08/1967
Atlético 1 x 1 Formiga 18/08/1967
Formiga 3 x 0 USIPA 27/08/1967
Democrata(SL) 1 x 1 Formiga 03/09/1967
Uberaba 1 x 2 Formiga 10/09/1967
Atlético 2 x 0 Formiga 30/09/1967
Formiga 2 x 0 Uberlândia 07/10/1967
Formiga 3 x 0 Nacional (U) 14/10/1967
Formiga 0 x 0 Uberaba 22/10/1967
Araxá 2 x 1 Formiga 29/10/1967
Formiga 2 x 2 América 05/11/1967
USIPA 2 x 2 Formiga 12/11/1967
Villa Nova 2 x 2 Formiga 19/11/1967
Formiga 4 x 1 Valeriodoce 26/11/1967
Cruzeiro 2 x 0 Formiga 02/12/1967
Formiga 1 x 0 Democrata (SL) 10/12/1967

1968 - O Formigão 68Editar

 
Formigão 68

O Lendário e Tradicional Formigão 68, ficou conhecido pela campanha que fez neste ano; apesar de não ser campeão do interior (pois o Uberlândia acabou na frente do FEC. O FEC acabou em 4° Lugar, atrás de Cruzeiro, Atlético e Uberlândia).

O FORMIGÃO tinha grandes jogadores como Lentine, Cristóvão, Adinan, Sudaco, Canhoto, Coutinho, Zé Horta, Hali, Darci Crespo, Afonso Claúdio etc.

O Time terminou a primeira fase como vice-líder invicto, Ganhado do América e empatando com Atlético e Cruzeiro( no lendário 2x2, Cristóvão e Sudaco marcaram pelo FEC e Tostão descontou para o Cruzeiro).

1969 - Um campeonato de altos e baixosEditar

Em 1969, embalado pelo sucesso de 1968, o FEC deu continuidade no trabalho e fez um campeonato honroso, o torneio em 69.

Na reunião do Conselho Divisional em 7 de janeiro decidiu mudar as regras do Campeonato Mineiro da Divisão Extra. A tabela dirigida foi abolida e o certame passou a ser disputado nos moldes antigos. Também foi definido a inclusão de mais quatro equipes no Campeonato - Democrata (Governador Valadares), Sete de Setembro e Tupi (Juiz de Fora) a título precário - aumentando o número de participantes de 12 para 16 equipes.

O FEC fez um bom primeiro turno, terminando em sexto. Mas o segundo turno foi um desastre, terminando na décima quinta colocação.Na soma total o FEC terminou em 11° Lugar.

1970 - O rebaixamento no Campeonato MineiroEditar

Nessa temporada, a Federação Mineira de Futebol dissolveu as divisões inferiores, por este motivo, além dos clubes que haviam garantido o acesso através da Divisão de Acesso - atual Módulo II, outros clubes que haviam disputado este torneio, além da Primeira Divisão - terceiro nível do futebol mineiro, foram convidados para disputar a edição do Campeonato Mineiro de 1970. O FEC terminou na 22ª Segunda Colocação entre 29 clubes e desde então nunca mais disputou a primeira divisão do campeonato mineiro.

Entre 1971 a 1978 o Formiga disputou diversos campeonatos regionais contando com jogadores como Roxão, Aradir, Vinícius, Paulinho Boi, Zé Carlos, ER, Ronilson, Brechó, Hermes, Libério, Jadirzinho, Carlos Alberto, Luizinho, Olivério, Pedro, Paulinho Silva, Bulau, Afonso Cláudio, Célio, Tião Vaca, Marco Aurélio e Vladimir.[2]

 
Formiga Esporte Clube - 1991

Década de 80Editar

O FEC não participou de competições de futebol profissional. Todavia, tendo como presidente Olemar, disputou uma marcante partida contra a Seleção Brasileira Sub 20, que era composta por personalidades que marcaram a história do futebol, como o goleiro Roger, o ponta-esquerda Roberto Carlos e o atacante Paulo Nunes.

Década de 90 - Breve retornoEditar

Retornou ao futebol profissional, participando do Campeonato Mineiro 2ª Divisão em 1991, porém, sem muito sucesso. Muitos jogadores trabalhavam e não podiam viver apenas do futebol. O FEC seguiu apenas disputando o futebol amador, em campeonatos da cidade e da região.

Anos 2000 - O retorno ao futebol profissionalEditar

Em 2005, o FEC retornou ao futebol profissional, disputando a Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. Porém, devido às dificuldades financeiras e com pouco apoio, não conseguiu uma das vagas para o Módulo II.

Em 2006, segundo ano após seu retorno ao profissional, a situação foi diferente e o FEC foi vice-campeão da Segunda Divisão, conseguindo uma das vagas para o Módulo II, sob o comando do treinador Ronaldo Félix. O artilheiro daquele ano foi o jogador do FEC, Adriano, com 13 gols.[13]

Em 2007, o FEC não alcançou a elite do futebol mineiro por apenas um gol de saldo, terminando a competição em terceiro lugar, sob o comando de Frederico Incalado (que foi auxiliar do técnico Brandão em 2010 e treinador da equipe na temporada 2011).

No campeonato de 2008, o FEC passou por grandes apuros e a campanha não foi muito positiva.

 
Formiga Esporte Clube - 2008

Em 2009, a situação também não foi das melhores, apesar de o FEC ter feito o vice-artilheiro do Módulo II daquele ano, o atacante Yan, que marcou 12 gols, o clube terminou a competição em 5º lugar.

Em 2010, a campanha da primeira fase foi um sucesso: invicto, o FEC fez 18 pontos em oito jogos, tendo o melhor aproveitamento (75%) da competição, e terminou como o primeiro colocado do grupo B, detentor do melhor ataque (18 gols feitos) e da melhor defesa (apenas 4 gols sofridos). Mas, na segunda etapa, o time não conseguiu manter o mesmo desempenho e o Formiga terminou a competição na terceira posição da chave D.

Em 2011, o FEC terminou o campeonato na 7ª colocação.

Em 2012, o FEC foi rebaixado da 1ª Divisão - Módulo II do Campeonato Mineiro para a 2ª Divisão ao terminar a competição na 11ª posição.

Em 2013 e 2014 o clube não participou de competições profissionais, em razão de problemas financeiros.

Em 2015, depois sanar os problemas financeiros[14], o FEC conquistou o acesso para a 1ª Divisão - Módulo II do Campeonato Mineiro, logo no seu retorno ao profissionalismo, ao ficar na 2º colocação no final da 2ª Divisão do Campeonato Mineiro.[15] Também fez parte da equipe desse ano, o ex-massagista do Cruzeiro e da Seleção Brasileira, Tita, que já havia sido convocado por Felipão em 2013.[16]

Em 2016, o FEC ficou na 9ª posição na 1ª Divisão - Módulo II do Campeonato Mineiro. Em dezembro de 2016. O FEC anunciou a desistência da participação no Módulo II do Mineiro 2017, alegando dificuldades financeiras.[17][18]

TítulosEditar

EstaduaisEditar

MunicipaisEditar

  •   Tri-Campeão da Cidade: 1994, 1995 e 2003.

Outras Campanhas de DestaqueEditar

  •   4º lugar no Campeonato Mineiro da Primeira Divisão: 1968.
  •   Vice-Campeão Campeonato Mineiro da Segunda Divisão: 2006.
  •   Vice-Campeão Campeonato Mineiro da Segunda Divisão: 2015.

Categorias de BaseEditar

  •   Campeão Invicto 1º Campeonato Infanto-Juvenil: 1995
  •   Campeão Regional Pré-Mirim: 2000
  •   Campeão Sul-Mineiro: 2001
  •   Campeão Sul-Mineiro de Juniores: 2009
  •   Campeonato Municipal Sub-20: 2017[19]

Estádio Juca Pedro - La Bombonnera MineiraEditar

O Estádio Juca Pedro é a atual sede do FEC. Em razão da projeção alcançada pelo time, o campinho da Chapada se tornou pequeno para os treinos e partidas. A aquisição do novo estádio se deu através de um empréstimo popular realizado entre os fundadores e a sociedade formiguense, com intuito de captar verba para as obras, no valor de cinquenta contos de réis. As obras tiveram duração de nove anos, sendo o estádio inaugurado em 1938. Muitos colaboradores não aceitaram o ressarcimento do empréstimo, uma vez que já eram torcedores do time.[2]

Para a aquisição do terreno, de propriedade do comerciante Gamil Affandy (Caxangá), foram emitidos títulos de crédito no valor de Cinqüenta mil réis cada, como forma de se levantar a quantia necessária. Eles foram avalizados pelos Srs. José Azarias Vieira e Octacílio Antunes, fundadores do clube.[20]

O Estádio Juca Pedro encontra-se na Avenida Paulo Lins, em Formiga/MG, pertencendo ao time Formiga Esporte Clube (FEC). Hoje apresenta uma capacidades de 2.500 pessoas.

Em 2010, em jogo válido pelo Campeonato Mineiro - Módulo II, o estádio recebeu um público de 3.000 pessoas entre pagantes e não pagantes. O FEC derrotou o Guarani de Divinópolis por 3 a 1. O total de pagantes foi 2.814 e a renda foi de R$ 20.656,00.[21]

Ele é reconhecido pelos adversários pela sua proximidade ao campo, por causar uma grande influência nos adversários e partidas. Além de ser o estádio mais central do mundo e devido a proximidade da arquibancada ao gramado, o estádio foi apelidado de La Bombonnera Mineira.[22]

Histórico do clube profissional em competições oficiaisEditar

Durante o decorrer do tempo, as divisões do campeonato mineiro tiveram várias denominações diferentes, então a classificação está distribuída de acordo com os níveis, do 1° ao 3°.

Competição[23] Posição
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 2017 (1ª Divisão - Módulo II) 12º
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 2016 (1ª Divisão - Módulo II)
Campeonato Mineiro - 3ª Divisão 2015 (2ª Divisão)
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 2012 (1ª Divisão - Módulo II) 11º
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 2011 (1ª Divisão - Módulo II)
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 2010 (1ª Divisão - Módulo II)
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 2009 (1ª Divisão - Módulo II)
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 2008 (1ª Divisão - Módulo II)
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 2007 (1ª Divisão - Módulo II)
Campeonato Mineiro - 3ª Divisão 2006 (2ª Divisão)
Campeonato Mineiro - 3ª Divisão 2005 (2ª Divisão) 14º
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 1991 20º
Campeonato Mineiro 1970* 22º
Campeonato Mineiro 1969 11º
Campeonato Mineiro 1968
Campeonato Mineiro 1967 4º**
Campeonato Mineiro 1966 10º
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 1965
Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 1964 10º

* Nessa temporada, a FMF dissolveu as divisões inferiores, por este motivo, além dos clubes que haviam garantido o acesso através da Divisão de Acesso - atual Módulo II, outros clubes que haviam disputado este torneio, além da Primeira Divisão - terceiro nível do futebol mineiro, foram convidados para disputar a edição do Campeonato Mineiro de 1970

** Neste ano ao FEC sagrou-se campeão mineiro do interior ficando atrás apenas dos clubes da capital.

Jogadores com destaque nacional que atuaram no FormigaEditar

Mario de Castro - Formou o Trio Maldito junto com Said e Jairo no Atlético Mineiro entre os anos de 1926 e 1931. Foi campeão mineiro em 1926, 1927 e 1931, sendo artilheiro nos dois primeiros títulos.

Henrique Frade - O formiguense foi 3º maior artilheiro da história do Flamengo com 214 gols. Foi revelado pelas categorias de base do Formiga, onde atuou também em 1966 e 1967, sagrando-se campeão do mineiro do interior. Encerrou sua carreiro no próprio Formiga em 1967.

O dia em que Garrincha jogou no Formiga[24]Editar

No dia 12 de junho de 1976, Garrincha, um dos maiores jogadores da história do futebol e bi campeão mundial, esteve em Formiga para jogar uma partida de exibição pelo Formiga Esporte Clube.

O jogo era contra o Comercial de Campo Belo. O FEC venceu a partida por 2 a 0.

O time do Formiga: Vavá (técnico), Ronaldo Frase, Pintado, Azul, Chico Maguila, Suiço, Jureba, Hermes, Paulinho, Carlinhos, Aladir, Bula,Tião Vaca, GARRINCHA, Pedrinho, Nadir, Célio e Otacílio.

Hino do Formiga Esporte ClubeEditar

O hino pode ser ouvido no youtube [1]


Meu Formiga Esporte Clube

Entre em campo e faz vibrar os corações

e a massa explode e grita

salve salve o invencível campeão

Com garra, emoção e muitas glórias

meu time é só paixão, é só vitórias

Meu Formiga Esporte Clube

toca a bola, dá um show e faz tremer

e a galera explode e grita

nosso lema é lutar, vencer, vencer

Balança a multidão, é gol do Formigão

salve salve o invencível campeão

Balança a multidão, é gol do Formigão

salve salve o invencível campeão

EscudosEditar

 
Antigo escudo do FEC
 
Atual escudo do FEC

PresidentesEditar

Anos Presidente
2014 Arnaldo Gontijo[25]
2012 Wilson Amim[26]
2010 Olemar Teixeira dos Santos[27]
2009 Anselmo Gaspar Leal
2006 Flávio Luis Cunha
? Ronaldo Borges
? Marcelo do Bilé
? Leopoldo Corrêa
? Valter Arantes
? Carlinhos Lamounier
? Helio das Márquinas
? Ronaldo Dantas
? Silvio Taliberti
? Joaquim Sudário (Duca)
? Fernando Manuelito
? Silvio Belo
? Elígio Lima
? Afonso Claudio
? José Vaz
? Dedeu Toscano
1964 Lubélio Laudares de Oliveira
192x José Corrêa de Melo
192x Otacílio Antunes Teixeira

Torcida OrganizadaEditar

  • Força Jovem Formiga
 
Torcida do FEC

CuriosidadesEditar

  • O Estádio Juca Pedro, de propriedade do FEC, é o estádio mais central do mundo.[28]
  • Foi o único clube do município da disputar a primeira divisão do campeonato mineiro.
  • Mario de Castro, formiguense e maior artilheiro da história do Clube Atlético Mineiro, atuou pelo Formiga.
  • Henrique Frade, formiguense foi 3º maior artilheiro da história do Flamengo com 214 gols, foi revelado pelas categorias de base do Formiga, onde atuou também em 1966 e 1967, sagrando-se campeão do mineiro do interior. Encerrou sua carreiro no próprio Formiga em 1967.
  • O ex-massagista do Cruzeiro e da Seleção Brasileira, Tita, que já havia sido convocado por Felipão em 2013, fez parte da equipe do FEC que conseguiu o acesso para a 1ª Divisão - Módulo II do Campeonato Mineiro em 2015.[29]

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

Referências

  1. «CBF» (PDF). Consultado em 26 de janeiro de 2010. Arquivado do original (PDF) em 14 de outubro de 2009 
  2. a b c d e f Revista Especial do Formiga Esporte Clube. 2011
  3. «Cleber Antônio de Oliveira». www.facebook.com. Consultado em 29 de novembro de 2018 
  4. «Cleber Antônio de Oliveira». www.facebook.com. Consultado em 29 de novembro de 2018 
  5. Rodrigues, Gerson. «Campanha | Formiga/MG [BRA] | Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 1964 | futebolnacional.com.br». futebolnacional.com.br. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  6. Rodrigues, Gerson. «Campanha | Formiga/MG [BRA] | Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 1964 | futebolnacional.com.br». futebolnacional.com.br. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  7. Rodrigues, Gerson. «Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 1965 | futebolnacional.com.br». futebolnacional.com.br. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  8. Rodrigues, Gerson. «Campeonato Mineiro - 2ª Divisão 1965 | futebolnacional.com.br». futebolnacional.com.br. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  9. Rodrigues, Gerson. «Campeonato Mineiro 1966 | futebolnacional.com.br». futebolnacional.com.br. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  10. Rodrigues, Gerson. «Campanha | Formiga/MG [BRA] | Campeonato Mineiro 1966 | futebolnacional.com.br». futebolnacional.com.br. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  11. Rodrigues, Gerson. «Campeonato Mineiro 1967 | futebolnacional.com.br». futebolnacional.com.br. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  12. Rodrigues, Gerson. «Campeonato Mineiro 1967 | futebolnacional.com.br». futebolnacional.com.br. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  13. «Campeonato Mineiro de Futebol da Segunda Divisão de 2006». Wikipédia, a enciclopédia livre. 3 de outubro de 2017 
  14. «Formiga E.C se livra da crise financeira e retorna para cenário profissional». globoesporte.com  line feed character character in |titulo= at position 41 (ajuda)
  15. «Uberaba e Formiga subiram para a segundona. Figueirense não – Portal Dores de Campos». portaldoresdecampos.com.br. Consultado em 27 de novembro de 2018 
  16. GloboEsporte.com*Divinópolis, Por; MG. «Formiga anuncia lateral e massagista convocado por Felipão para Seleção». globoesporte.com. Consultado em 16 de dezembro de 2018 
  17. «Em nota à FMF, Formiga desiste de disputar Módulo II do Mineiro 2017». globoesporte.com 
  18. TEMPO, O (16 de janeiro de 2017). «Formiga abandona Módulo II e competição de 2017 terá um time a menos». SuperFC 
  19. FormigaNegócios. «Prefeitura de Formiga». www.formiga.mg.gov.br. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  20. Vieira, Gilson Eddy (15 de setembro de 2016). «Desenvolvimento do Esporte» 
  21. «3.000 torcedores lotaram o Juca Pedro no clássico FEC x Guarani». Últimas Notícias. 22 de fevereiro de 2010. Consultado em 16 de dezembro de 2018 
  22. «Estádios do Módulo II». Blog do Cachorrão. 11 de fevereiro de 2008. Consultado em 16 de dezembro de 2018 
  23. Rodrigues, Gerson. «Escudos na linha do tempo | Formiga/MG [BRA] | futebolnacional.com.br». futebolnacional.com.br. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  24. «Gilson Eddy Vieira». www.facebook.com. Consultado em 27 de novembro de 2018 
  25. TEMPO, O (4 de maio de 2017). «Como dirigente de clube do interior, Gontijo assume Esportes com desafio de mudar cenário». Aparte 
  26. «Blog do FEC Formiga Esporte Clube». formigafec.blogspot.com. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  27. «Ex-presidente do FEC» 
  28. «Estádios do Módulo II». Blog do Cachorrão. 11 de fevereiro de 2008. Consultado em 16 de dezembro de 2018 
  29. GloboEsporte.com*Divinópolis, Por; MG. «Formiga anuncia lateral e massagista convocado por Felipão para Seleção». globoesporte.com. Consultado em 16 de dezembro de 2018