Fourteen Hours

filme de 1951 dirigido por Henry Hathaway

Fourteen Hours (Brasil: Horas Intermináveis) é um filme norte-americano de 1951, do gênero suspense dramático, dirigido por Henry Hathaway, com roteiro de John Paxton baseado no conto The Man on the Ledge de Joel Sayre.[1]

Fourteen Hours
Excerto do trailer do filme
No Brasil Horas Intermináveis[1]
 Estados Unidos
1951 •  pb •  92 min 
Direção Henry Hathaway
Produção Sol C. Siegel
Roteiro John Paxton
Baseado em The Man on the Ledge (conto) de Joel Sayre
Elenco Paul Douglas
Richard Basehart
Barbara Bel Geddes
Gênero filme de suspense
filme de drama
Música Alfred Newman
Direção de fotografia Joseph MacDonald
Direção de arte Leland Fuller
Lyle Wheeler
Efeitos especiais Ray Kellogg
Fred Sersen
Figurino Edward Stevenson
Edição Dorothy Spencer
Companhia(s) produtora(s) 20th Century Fox
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 27 de abril de 1951
Portugal 26 de maio de 1952
Idioma inglês

Notas sobre a produçãoEditar

 
Debra Paget em foto de divulgação do filme. Nascida em 1933 e muito ativa nos anos 1950, a atriz notabilizou-se por interpretar papéis exóticos, como jovens índias. [2]

O roteiro é baseado em um caso de suicídio ocorrido em Manhattan em 1938, quando um homem pulou do parapeito de um edifício.[3] Em estilo semidocumental, o filme mostra a reação das pessoas que estavam na rua embaixo, desde as simplesmente curiosas até aquelas que realmente se preocupavam com ele.[3]

O diretor Hathaway lamentou amargamente que a 20th Century Fox o tenha forçado a improvisar um final feliz,[4] que não existiu no fato real.

SinopseEditar

Robert Cosick é um jovem que não consegue se conectar com os pais e nem acredita que sua namorada Virginia ainda o ama. Desesperado, sobe ao alto de um edifício e ameaça matar-se. Pelas quatorze horas seguintes, o policial Charlie Dunnigan tenta demovê-lo dessa ideia, porque, afinal, a vida vale a pena. Forma-se uma multidão e coisas singulares acontecem, como o encontro entre Danny e Ruth, que descobrem ter muito em comum. Enquanto isso, no prédio vizinho, outra jovem, Louise, está à beira do divórcio, mas ao presenciar o drama de Robert fica em dúvida sobre acabar com o casamento.[5]

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Direção de Arte
(preto e branco)
Indicado[6]
British Academy of Film and Television Arts BAFTA Melhor Filme de Qualquer Procedência Indicado[carece de fontes?]
National Board of Review NBR Melhor Ator (Richard Basehart)
Dez Melhores Filmes de 1951
Vencedor[carece de fontes?]
Escolhido[carece de fontes?]
Sindicato dos Roteiristas Norte-Americanos WGA Melhor Roteiro - Drama Indicado[carece de fontes?]
Festival de Veneza Leão de Ouro Melhor Filme Indicado[carece de fontes?]

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Paul Douglas Policial Charlie Dunnigan
Richard Basehart Robert Cosick
Barbara Bel Geddes Virginia Foster
Debra Paget Ruth
Agnes Moorehead Christine Cosick
Robert Keith Paul Cosick
Howard Da Silva Delegado Moskar
Jeffrey Hunter Danny Klempner
Martin Gabel Doutor Strauss
Grace Kelly Louise Ann Fuller
Frank Faylen Garçom
Jeff Corey Policial Farley
James Millican Policial Boyd
Donald Randolph Doutor Benson
  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. a b «Horas Intermináveis». Brasil: CinePlayers. Consultado em 7 de janeiro de 2019 
  2. Katz, Ephraim (2008). The Film Encyclopedia (em inglês). Nova Iorque: HarperCollins. ISBN 9780061432859 
  3. a b Thomas, Tony; Solomon, Aubrey (1985). The Films of 20th Century-Fox (em inglês). Secaucus: The Citadel Press. ISBN 0806509589 
  4. * Finler, Joel W. (1985). ”Henry Hathaway” in The Movie Directors Story (em inglês). Nova Iorque: Crescent Books. ISBN 0517480794 
  5. Deming, Mark. «Fourteen Hours» (em inglês). AllMovie. Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  6. «24.º Oscar - 1952». CinePlayers. Consultado em 7 de janeiro de 2019 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.