François Claude de Bouillé

François-Claude-Amour de Bouillé (Château de Cluzel, Saint-Eble, Auvergne, 1739Londres, 1800), marquês de Bouillé, foi um general e político que se destacou como governador das Antilhas francesa e como apoiante de Louis XVI durante a Revolução Francesa, ficando conhecido pela sua fidelidade a apego à família real francesa. Foi pai de Louis de Bouillé e primo de La Fayette.

François Claude de Bouillé
Nascimento 19 de novembro de 1739
Morte 14 de novembro de 1800 (60 anos)
Londres
Sepultamento Cemitério de Montmartre
Cidadania França
Ocupação militar, escritor, político
Prêmios
  • cavaleiro da Ordem do Espírito Santo
  • cavaleiro da Ordem de São Miguel

BiografiaEditar

O nome do marquês de Bouillé é referido na quinta estrofe da Marselhesa :

Français en guerriers magnanimes
Portez ou retenez vos coups
Épargnez ces tristes victimes
A regrets s'armant contre nous (bis)
Mais ces despotes sanguinaires
Mais ces complices de Bouillé
Tous ces tigres qui, sans pitié
Déchirent le sein de leur mère !

Publicou a obra Mémoires sur la Révolution (Memórias da Revolução, Londres, 1787), que obteve grande sucesso, depois reeditada em Paris (1801). O seu filho Louis de Bouillé foi general do Primeiro Império.

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.