Abrir menu principal

François Magendie

François Magendie
Nascimento 6 de outubro de 1783
Bordeaux
Morte 7 de outubro de 1855 (72 anos)
Paris
Sepultamento cemitério do Père-Lachaise
Cidadania França
Alma mater Faculdade de Medicina de Paris
Ocupação fisiologista, professor, médico, neurologista
Empregador Collège de France, Hôtel-Dieu de Paris, Hospital da Salpêtrière

François Magendie (1783-1855) foi um médico neurologista e fisiologista experimental francês que estudou a absorção e introduziu a estricnina, o iodeto, o brometo e o ópio na medicina,estudou a ação da morfina e estricnina,estudou o nitrogênio para a vida e que distinguiu as funções sensoriais e motoras dos nervos espinais. Magendie introduziu na investigação médica a utilização sistemática do animal de laboratório.[carece de fontes?]

Em 1843, referindo-se à frenologia, Magendie foi o responsável pela criação da expressão pseudociência.[1]

ReferênciasEditar

  1. Lamont, Peter (2017). Crenças extraordinárias: uma abordagem histórica de um problema psicológico. São Paulo: Editora UNESP. p. 52. ISBN 9788595460300. Quando o eminente fisiologista francês François Magendie cunhou pela primeira vez o termo “pseudociência”, em 1843, ele estava se referindo à frenologia. 

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.