Francis Ngannou

Francis Ngannou
Francis Ngannou photo.jpg
Ngannou em 2017
Informações
Nascimento 5 de setembro de 1986 (34 anos)
Batié, Camarões
Nacionalidade camaronês
francês
Outros nomes The Predator
Altura 1,93 m[1]
Peso 120 kg
Divisão Peso Pesado
Envergadura 211 cm[2]
Luta por Las Vegas, Nevada
Equipe MMA Factory
Período em
atividade
2013–presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 19
Vitórias 16
Por nocaute 11
Por finalização 4
Derrotas 3
Por decisão 3
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 12 de junho de 2020

Francis Ngannou (Batié, 5 de setembro de 1986) é um lutador francês-camaronês de MMA, que atualmente compete na divisão peso-pesado do Ultimate Fighting Championship, onde é o atual campeão. Tornou-se o primeiro sul-africano campeão dos pesados no UFC 260, após vencer Stipe Miočić por nocaute no segundo round.[3]

InfanciaEditar

Francis Ngannou tỉnha 10 anos de idade quando começou a trabalhar nas minas de areia de seu vilarejo, em Camarões, pra tentar permitir sua família ter ao menos do que comer: "Eu odiava aquele lugar, eu odiava as minas de areia, eu odiava  tudo, eu odiava minha vida, Você tỉnha que ir ao supermercado a noite pra tentar achar restos de comida no lixo. E as vezes você tinha que tomá-la dos ratos ".

Após 25 anos de vida, Francis concluiu que ele não teria como transformar sua vida e a de sua família vivendo em Camarões, por isso migrou para outros países. Sua experiência de vida foi marcada por dificuldades, sendo a sua primeira parada na Nigéria, onde foi recorrentemente humilhado e saqueado pelos guardas locais.  No entanto, seu objetivo era chegar na Argélia.  Somente detalhe: pra entrar de forma ilegal nesse país que ele teria que passar por um local chamado de Deserto do Saara, e após atravessá-lo ele estava tão desidratado que teve que beber da primeira água que viu, na qual estava podre e com  animais mortos dentro: "Talvez eu morra se beber essa água - mas se eu não bebê-la eu vou morrer do mesmo jeito".

Depois da Argélia, Marrocos, Entretanto, todas as vezes que um imigrante ilegal era capturado nesse país ele era jogado novamente no Deserto do Saara, e isso aconteceu com Francis Ngannou seis vezes.  E em todas ele percorreu todo o caminho novamente, até passar por esse obstáculo e conseguir pegar um barco rumo a Espanha - barco esse que precisava estar coberto de papel de alumínio pra não ser detectado pelos radares, o que acabou dando certo, Mas lá Ngannou  acabaria passando dois meses na prisão e, após esse período, ele seria liberado e conseguiria chegar em Paris, onde começaria a viver dentro de estacionamentos.

Carreira no MMAEditar

Ngannou competiu principalmente em organizações regionais, por toda a Europa, acumulando um cartel de 5-1, finalizando ou nocauteando todos os seus adversários, antes de assinar com o UFC, em agosto de 2015.[4]

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Ngannou fez sua estréia na promoção contra o também estreante Luis Henrique, em 19 de dezembro de 2015, no UFC on Fox: dos Anjos vs. Cerrone II.[5] Ele ganhou a luta por nocaute no segundo round.[6]

Ngannou enfrentou o estreante na promoção, Curtis Blaydes, em 10 de abril de 2016, no UFC Fight Night: Rothwell vs. dos Santos.[7] Ele ganhou a luta por nocaute técnico, devido à uma interrupção médica, entre o segundo e o terceiro round.[8]

Ngannou enfrentou outro recém-chegado: Bojan Mihajlović, em 23 de julho de 2016 no UFC on Fox: Holm vs. Shevchenko.[9] Ele ganhou a luta por nocaute técnico no primeiro round.[10]

No dia 2 de dezembro de 2017, pelo UFC 218, Ngannou aplica um nocaute brutal sobre Alistair Overeem então N°1 do ranking dos pesados, a vitória no primeiro round o credenciou a disputa do cinturão da categoria, contra Stipe Miocic.[11]

A disputa pelo cinturão contra Stipe Miocic foi realizada em 20 de janeiro de 2018, no UFC 220. Em uma luta de cinco rounds, Francis Ngannou foi derrotado por decisão unânime dos juízes.[12]

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 16-3   Stipe Miocic Nocaute (soco) UFC 260: Miocic vs. Ngannou 2 27/03/2021 2 0:52   Las Vegas, Nevada Ganhou o Cinturão Peso Pesado do UFC; Performance da Noite.
Vitória 15-3   Jairzinho Rozenstruik Nocaute (socos) UFC 249: Ferguson vs. Gaethje 09/05/2020 1 0:20   Jacksonville, Flórida Performance da Noite.
Vitória 14-3   Júnior dos Santos Nocaute Técnico (socos) UFC on ESPN: Ngannou vs. dos Santos 06/07/2019 1 1:11   Minneapolis, Minnesota Performance da Noite.
Vitória 13-3   Cain Velasquez Nocaute Técnico (socos) UFC on ESPN: Ngannou vs. Velasquez 17/02/2019 1 0:26   Phoenix, Arizona
Vitória 12-3   Curtis Blaydes Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Blaydes vs. Ngannou II 24/11/2018 1 0:45   Pequim Performance da Noite.
Derrota 11-3   Derrick Lewis Decisão (unânime) UFC 226: Miocic vs. Cormier 07/07/2018 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Derrota 11-2   Stipe Miocic Decisão (unânime) UFC 220: Miocic vs. Ngannou 20/01/2018 5 5:00   Boston, Massachusetts Pelo Cinturão Peso Pesado do UFC.
Vitória 11-1   Alistair Overeem Nocaute (soco) UFC 218: Holloway vs. Aldo II 02/12/2017 1 1:42   Detroit, Michigan Nocaute do Ano (2017).
Vitória 10-1   Andrei Arlovski Nocaute Técnico (socos) UFC on Fox: Shevchenko vs. Peña 28/01/2017 1 1:32   Denver, Colorado Performance da Noite.
Vitória 9-1   Anthony Hamilton Finalização (kimura) UFC Fight Night: Lewis vs. Abdurakhimov 09/12/2016 1 1:57   Albany, New York Performance da Noite.
Vitória 8-1   Bojan Mihajlović Nocaute Técnico (socos) UFC on Fox: Holm vs. Shevchenko 23/07/2016 1 1:44   Chicago, Illinois
Vitória 7-1   Curtis Blaydes Nocaute Técnico (interrupção médica) UFC Fight Night: Rothwell vs. dos Santos 10/04/2016 2 5:00   Zagreb
Vitória 6-1   Luis Henrique Nocaute (socos) UFC on Fox: dos Anjos vs. Cerrone II 19/12/2015 2 2:53   Orlando, Flórida Estreia no UFC.
Vitória 5-1   William Baldutti Nocaute Técnico (socos) KHK MMA National Tryouts: Finale 2015 28/05/2015 2 1:22   Madinat 'Isa
Vitória 4-1   Luc Ngeleka Finalização (guilhotina em pé) SHC 10: Carvalho vs. Belo 20/09/2014 1 0:44   Genebra
Vitória 3-1   Nicolas Specq Finalização (katagatame) 100% Fight 20: Comeback 05/04/2014 2 2:10   Levallois
Vitória 2-1   Bilal Tahtahi Nocaute (socos) 100% Fight 20: Comeback 05/04/2014 1 3:58   Levallois
Derrota 1-1   Zoumana Cisse Decisão (unânime) 100% Fight: Contenders 21 14/12/2013 2 5:00   Paris
Vitória 1-0   Rachid Benzina Finalização (chave de braço) 100% Fight: Contenders 20 30/11/2013 1 1:44   Paris

Referências

  1. «Francis Ngannou». UFC.com. Consultado em 19 de janeiro de 2018 
  2. «Francis Ngannou». fightmetric.com. Consultado em 10 de maio de 2016 
  3. Ngannou derrota Stipe Miocic e se torna o primeiro africano detentor do cinturão dos pesos-pesados, marc. 2021. [1]
  4. Simon, Zane (12 de agosto de 2015). «Welcome to the UFC Francis Ngannou». bloodyelbow.com. Consultado em 12 de agosto de 2015 
  5. Staff (2 de setembro de 2015). «Debuting heavyweights Luiz Henrique, Francis Ngannou meet at UFC on FOX 17 in Orlando». mmajunkie.com. Consultado em 2 de setembro de 2015 
  6. John Morgan (19 de dezembro de 2015). «UFC on FOX 17 results: Francis Ngannou smashes Luis Henrique with uppercut». mmajunkie.com. Consultado em 19 de dezembro de 2015 
  7. Staff (14 de março de 2016). «Curtis Blaydes in for Bojan Mihajlovic against Francis Ngannou at UFC Fight Night 86». mmajunkie.com. Consultado em 14 de março de 2016 
  8. Damon Martin (10 de abril de 2016). «Francis Ngannou beats Curtis Blaydes after nasty eye injury stops the fight». foxsports.com. Consultado em 10 de abril de 2016 
  9. Staff (17 de maio de 2016). «Francis Ngannou vs. Bojan Mihajlovic added to UFC on FOX 20 in Chicago». mmajunkie.com. Consultado em 17 de maio de 2016 
  10. Steven Marrocco (23 de julho de 2016). «UFC on FOX 20 results: Francis Ngannou pounds out Bojan Mihajlovic in 94 seconds». mmajunkie.com. Consultado em 23 de julho de 2016 
  11. Combate.com (3 de dezembro de 2017). «Francis Ngannou atropela Alistair Overeem no primeiro round e enfrentará Miocic». sportv.globo.com. Consultado em 24 de janeiro de 2018 
  12. Combate.com (21 de janeiro de 2018). «Miocic vence Ngannou por pontos e quebra recorde de defesas de título nos pesados». sportv.globo.com. Consultado em 24 de janeiro de 2018