Francisco González Gamarra

Francisco González Gamarra (Cusco, 4 de junho de 1890Lima, 15 de julho de 1972) foi um compositor, pintor, escultor e humanista peruano.

Defendia uma arte nacional, lançando sua Teoría del Arte Peruano, dez pontos que segundo ele se resumiam em "amar o Peru". Na década de 1940 foi presidente da Sociedad Peruana de Bellas Artes


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.