Abrir menu principal

Francisco Sabino Álvares da Rocha Vieira Barroso (Salvador, 1796 - Província de Mato Grosso, 1846) foi um médico e líder político revolucionário brasileiro.

Foi o principal líder da revolta emancipacionista e republicana ocorrida na Província da Bahia e que ficou conhecida como Sabinada (1837-1838).

Após o movimento ser derrotado pelas forças do Governo Imperial, Sabino foi detido e julgado, juntamente com outros líderes do movimento por um tribunal composto pelos latifundiários da província. Condenado ao desterro no Real Forte Príncipe da Beira,[1] veio a falecer de malária, em 1846, na Fazenda Jacobina, na então Província do Mato Grosso.

BibliografiaEditar

  • Vários Autores. "O Brasil Imperial, Volume 2: 1831-1870" Capítulo VI "A Sabinada e a politização da cor na década de 1830" Civilização Brasileira, 2009. ISBN 8520008674

Notas

  1. RIHGB. Rio de Janeiro, t. III, v. IX, p. 388 e 392.
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.