Frank J. Corr

Frank J. Corr (Nova York, 12 de janeiro de 1877 - Chicago, 3 de junho de 1934) foi um político americano. Corr foi o 35.º prefeito de Chicago, Illinois. O mandato de Corr foi como prefeito interino de 15 de março de 1933, após o assassinato de Anton Cermak, até 8 de abril de 1933. Corr era um membro do Partido Democrata.

Frank J. Corr
Frank J. Corr
35º Prefeito de Chicago
Período 15 de março de 1933
a 8 de abril de 1933
Antecessor(a) Anton Cermak
Sucessor(a) Edward J. Kelly
Dados pessoais
Nascimento 12 de janeiro de 1877
Brooklyn, Nova York, Nova York, EUA
Morte 3 de junho de 1934 (57 anos)
Chicago, Illinois, EUA
Alma mater Instituto De La Salle
Faculdade de Direito Chicago-Kent[1]
Cônjuge Mary Burke (1902–1934)[2]
Partido Democrata

BiografiaEditar

Corr nasceu em Brooklyn, NY, mas sua família mudou-se para Chicago em 1890, quando tinha 13 anos. Corr frequentou o Instituo De La Salle, graduando-se em 1895.[3] e mais tarde na Faculdade de Direito Chicago-Kent. Corr entrou primeiro na política em 1902 como consultor corporativo assistente por Chicago. Embora brevemente, deixou esse cargo para se tornar um sócio com o Juiz Walter T. Stanton, retornou ao cargo político durante a administração do Prefeito William Dever.[4] Nessa época, se tornou ativo na política e em 1931, foi eleito vereador do 17º Distrito de Chicago.

Corr estava no seu segundo mandato como vereador quando Cermak foi assassinado em Março de 1933. A câmara municipal elegeu Corr para trabalhar como prefeito interino até o estado da Assembleia Geral autorizar a câmara municipal de nomear um substituto permanente para Cermak.[4][5] A eleição foi vencida por Edward Kelly. Durante a breve administração de Corr, seus seguranças mataram um ladrão de dezenove anos de idade quando ouviram um tumulto em um hotel perto da casa do Corr.[6] Enquanto era o Prefeito Interino, Corr carecia de capacidade para assinar taxas de impostos, limitando o pagamento de salários aos funcionários da cidade e da escola. Quando cinco vereadores viajaram para Hot Springs, Arkansas e Corr seguiu-os para trazê-los de volta a Chicago para garantir que seu substituto pudesse ser eleito o quanto antes.[5]

Na época de sua morte, Corr estava trabalhando como vereador e concorrendo incontestavelmente à eleição para a Circunscrição judiciária. Com sua morte na noite anterior à eleição, foi substituído na votação por Cornelius J. Harrington.[4] O pai de Corr, Frank V. Corr, morreu quatro semanas antes da morte de Frank Corr.[7] Foi sepultado no Cemitério Santo Sepulcro.

Referências

  1. Chicago Tribune – Frank J. Corr, Acting Mayor Veteran Of Law and Politics – March 15, 1933
  2. Chicago Public Library – Frank J. Corr
  3. Chicago's Mayors: A Collection of Biographies Of All Chicago’s Mayors - Frank J. Corr - By Elaine C. Shigley
  4. a b c «Ald. F.J. Corr, Former Acting Mayor, Is Dead». Chicago Tribune. 4 de junho de 1934. p. 1 
  5. a b «Corr Acts to Hurry Mayor's Election». Chicago Tribune. 9 de abril de 1933. p. 1 
  6. «Bandit Wounded by Corr Home Guard is Dead». Chicago Tribune. 6 de abril de 1933. p. 8 
  7. «Death Notices». Chicago Tribune. 9 de maio de 1934