Franz-Josef Paefgen

Dr.-ING. Franz-Josef Paefgen (Neuss, 10 de Maio de 1946) é um engenheiro e empresário alemão[1] que trabalhou na Bentley desde 2002 , na Audi e na Volkswagen AG de 2003 a 2005, e de 2007 até 2011 viveu em Molsheim, na França, e trabalhou como presidente da Bugatti. Paefgen foi também um dos desenvolvedores e criadores do Bugatti Veyron o carro fabricado em série mais rapido e caro do mundo.

Franz Josef-Paefgen
Nascimento 10 de maio de 1946 (75 anos)
Neuss
Nacionalidade Alemanha Alemão
Ocupação presidente da Bugatti (desde 2007)
Principais trabalhos Bugatti Veyron
Bugatti Veyron Grand Sport deixando mostrar sua capota

Em 1976, Paefgen recebeu seu doutorado pela Universidade Técnica de Aachen.

Desde que deixou a Bentley e a Bugatti, Paefgen aceitou um cargo de membro do conselho da empresa automotiva finlandesa Valmet Automotive.[2] Ele também atua como membro do conselho de supervisão da fornecedora automotiva alemã ZF Friedrichshafen AG.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Volkswagen Ag» (em inglês). Bloomberg Businessweek. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  2. «Valmet Automotive appoints three new board members» (em inglês). Valmet Automotive. 1 de março de 2011. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  3. «Company Bodies» (em inglês). ZF Friedrichshafen. Consultado em 21 de dezembro de 2013 

Ligaçőea ExternasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.