Abrir menu principal

Wikipédia β

Flávio Fravita (em latim: Flavius Fravitta; m. 401) foi um chefe godo do exército imperial bizantino que adquiriu altas patentes. Tornou-se mestre dos soldados do Oriente (Magister militum per Orientem) em 399[1] e cônsul em 401[2] devido sua vitória naval no Helesponto contra as forças do rebelde Gainas em 400;[3] a necessidade de uma reação urgente contra Gainas forçou Fravita a formar um exército utilizando cidadãos e desertores das forças de Gainas que foram apressadamente treinados.[4] Intrigas arquitetadas pelo partido antigermânico na corte imperial provocaram a queda de Fravita que foi condenado e executado por traição em 401.[5]

Flávio Fravita
Morte 401
Constantinopla
Nacionalidade Império Bizantino
Etnia Ostrogótica
Ocupação Oficial militar
Título

Referências

  1. Cameron 1993, p. 116.
  2. Cameron 1993, p. 233.
  3. Cameron 1993, p. 8.
  4. Cameron 1993, p. 224.
  5. Cameron 1993, p. 237-238.

BibliografiaEditar

  • Cameron, Alan; Jacqueline Long (1993). Barbarians and Politics at the Court of Arcadius (em inglês). [S.l.]: California University Press. ISBN 0520065506