Abrir menu principal
Freddy Loix
Registros no Campeonato Mundial de Rali
Nacionalidade Bélgica Belga
Anos de atividade 19932004
Equipes Toyota, Mitsubishi, Hyundai, Peugeot
Ralis mundiais 86
Campeonatos 0
Vitórias 0
Pódios 3
Vitórias em etapas 34
Pontos 88
Primeiro rali no mundial 1993 Itália Rali de San Remo
Último rali no mundial 2004 Espanha Rali da Catalunha

Freddy Loix (Tongeren, Bélgica, 10 de Novembro de 1970) é um ex-piloto belga de ralis. Competiu no Campeonato Mundial de Rali (WRC).

CarreiraEditar

A carreira de Loix começou no karting com 15 anos de idade. Em 1990, comprou o seu primeiro carro de rali, um Lancia Delta de Grupo N, mais tarde mudou para um Mitsubishi Galant também do Grupo N.

Em 1993 foi o grande passo para a carreira de Loix, quando fez parte da Marlboro World Championship Team e que conduziu um Opel Astra, acabando por se tornar Campeão da Bélgica de F2.

Foi apelidado de "Freddy Rápido" pelos fãs. Estreou-se em 1996 no WRC com um Toyota Celica GT-Four, tendo completado nesse ano 3 provas e mais 6 em 1997. A parceria com a equipa continuou e mais tarde mudou de carro, estreando o novo Toyota Corolla WRC, e em 1997 no Rali de San Remo esteve quase a vencer, mas problemas mecânicos impediram-no de conseguir a primeira vitória.

Loix e o seu navegador, Sven Smeets, mudaram-se para a Mitsubishi em 1999, estreando o Lancer Evo VI. O seu primeiro ano na marca nipónica revelou-se dificil, em que Loix sofreu um grave acidente no Rali Safari, apesar desse contratempo, Loix conseguiu quatro 4º lugares; Rali da Catalunha, Rali da Acrópole, Rali de San Remo e Rali da Austrália.

 
Loix no Peugeot 307 WRC

Em 2001, e após várias épocas de sucesso, o Mitsubishi Lancer, que era um carro de Grupo A, viu-se incapaz de competir com os novos WRC que as outras equipas estavam a usar.

Loix assinou dois anos de contrato com a Hyundai no início de 2002. Esta foi uma temporada dificil para a Hyundai com o seu Accent WRC, sendo um 6º lugar no Rali da Austrália o melhor resultado conseguido. Devido á falta de competividade, em 2003 a Hyundai não desenvolveu um novo carro, tendo-se retirado do WRC a meio da temporada.

Ao volante de um Peugeot na última prova de 2003, no Rali da Grã-Bretanha, Loix terminou em 6º lugar da geral. Na temporada de 2004, Loix completou 5 provas, todas pela equipa Marlboro num Peugeot 307 WRC, antes de dar por concluída a sua carreira no Mundial.

Hoje em dia Loix compete em diversos carros, principalmente em provas do seu país.

Ligações externasEditar