Frederico Amaral

ator português

Frederico Amaral (Ponta Delgada, Ilha de São Miguel, Açores) 14 de julho de 1985 é um actor português.

Frederico Amaral
Frederico Amaral
Frederico Amaral
Nome completo Frederico Carreiro Matos Amaral
Nascimento 14 de julho de 1985 (38 anos)
Ponta Delgada, Açores, Portugal
Nacionalidade Portugal português
Ocupação Actor
Atividade 2005–atualmente
Cônjuge Marta Andrino (2 filhos)
Página oficial

Biografia editar

Formou-se no Curso de Interpretação da Academia Contemporânea do Espectáculo, Porto (2002-2005). Participou nas peças “A Resistível Ascensão de Arturo Ui”, de Bertolt Brecht, com encenação de Kuniaki Ida; “The Laramie Project”, de Moisés Kaufman, com encenação de Diogo Infante e Marco d’Almeida, ambos no Teatro do Bolhão.

A sua estreia profissional acontece em Lisboa em 2005, com a peça "1755 - O Grande Terramoto" de Miguel Real e Filomena Oliveira com encenação de Jorge Fraga no Teatro da Trindade. No seu currículo conta com peças como "Ruínas" de Sarah Kane; "Contrabando Original" de José Martins Garcia; "Amor de Perdição" de Camilo Castelo Branco; "Os Actores - O que farias para ser um" de Pedro Saavedra; "A Rulote" de Nuno Nunes; "A Bela e o Monstro - Musical" de Paulo Sousa Costa, "Caixa Forte" e "Noivo por Acaso" de Frederico Pombares, Henrique Dias e Roberto Pereira, onde contracena com Fernando Mendes (ator); "Loucos por Amor" de Sam Shepard. “O Porquê da Coisa” de Nuno Markl. “Tudo ao Molho e Fé em Deus” de Roberto Pereira. “Noivo em Fuga” e “Os Cangalheiros” de Lázaro Matheus; “A Noite” de José Saramago. “O Homúnculo” de Natália Correia. Em teatro foi também dirigido por António Capelo, João Paulo Costa, Joana Providência, Denis Chabroullet, Sandra Mladenovic, Rogério de Carvalho, António Melo, Carlos Cunha (ator), Celso Cleto, Sara Gonçalves, entre outros.

Televisão editar

Cinema editar

  • Cândido - O Espião que veio do Futebol. Realização: Jorge Paixão da Costa, personagem Vicente de Melo (Ukbar Films, 2024)
  • O Vento Assobiando nas Gruas de Lídia Jorge. Realização: Jeanne Waltz, personagem GNR (C.R.I.M, 2023/2024)
  • The Happiest Man de Sofia Caetano personagem Parnach (Spectacular House, 2023/2024)
  • L’Enfant de MARGUERITE DE HILLERIN e FÉLIX DUTILLOY-LIEGEOIS personagem Martim (Leopardo Filmes/Alfama Films, 2021)
  • Un Figlio di Nome Erasmus de Alberto Ferrari, personagem Juvenile Court’s Clerk (Vivi Film, 2019)
  • O Livreiro de Santiago de Zeca Medeiros, personagem Nicanor Parra'(Palco de Ilusões/RTP, 2015)
  • Benoît Brisefer: Les taxis rouges de Manuel Pradal, personagem Passager bâteau (Lambart Productions, 2014)
  • A Viagem Autonómica de Filipe Tavares, personagem Gonçalo Cabral (Ventoencanado Produções, 2013) - Protagonista
  • Dédalo de Jerónimo Rocha, personagem Panmorphya Zenopod (Take it Easy, 2013)
  • Uma Aventura na Casa Assombrada de Carlos Coelho da Silva, personagem Hernán Cortés (VCFilmes, 2009)
  • Anthero - O Palácio da Ventura de Zeca Medeiros, personagem Saltimbanco (RTP, Telefilme, 2009)

Publicidade editar

  • Placard.pt “Apostas em quê?” (2023)
  • CTT “Casa de Sonho” (2019)
  • Logo (2017)
  • Bledina (2016)
  • Nos “Star Wars” (2015)
  • Imovirtual (2015)
  • Minipreço “Castelo” (2013)
  • Meo “Familia” (2013)
  • Vaqueiro “Sabores” (2012/14)
  • Vodafone “Roucos” (2011)
  • Moviflor “Natal” (2009)
  • Clix “Leão Marinho” (2009)
  • Pizza Hut “Inspiração” (2008)
  • Associação Encontrar-se (2007)
  • Queijo Saloio “Ajuda” (2007)
  • Sumol “Luz-Lupa” (2006)
  • Mcdonald´s “Esquecidos” (2005)
  • Ikea "Grito" (2005)

Teatro editar

2016 - Loucos por Amor de de Sam Shepard; Encenação: António Melo; Local: Sociedade Guilherme Cossoul; Elenco: Orlando Costa, João Catarré; Iolanda Laranjeiro; Frederico Amaral[1]

Referências

  1. «Loucos por Amor | e-cultura». www.e-cultura.pt. Consultado em 21 de outubro de 2020 

Ligações externas editar