Frente Unida das Forças Federalistas e Confederalistas Etíopes

A Frente Unida das Forças Federalistas e Confederalistas da Etiópia é uma coalizão de nove grupos rebeldes etíopes, incluindo a Frente de Libertação do Povo Tigray e o Exército de Libertação Oromo, criada no final de 2021 durante a Guerra de Tigray. [1][2][3]

CriaçãoEditar

AliançaEditar

Em agosto de 2021, o líder da Frente de Libertação do Povo Tigray Debretsion Gebremichael e o porta-voz Getachew Reda afirmaram que a organização estava em negociações com o Exército de Libertação Oromo para cooperar na luta contra a Força de Defesa Nacional da Etiópia. O porta-voz do Exército de Libertação Oromo, Odaa Tarbii, afirmou que os dois grupos "compartilham informações e coordenam estratégias" e que a motivação para a cooperação era "o entendimento mútuo de que a ditadura de Abiy deve ser removida". [1]

Aliança de nove gruposEditar

No final de outubro de 2021, as negociações haviam se estendido a vários grupos rebeldes menores.[2] Em 5 de novembro de 2021, foi anunciado que a aliança seria composta pelos seguintes nove grupos:[3]

ObjetivosEditar

A aliança declarou que seu objetivo era "desmantelar o governo de Abiy pela força ou por negociações, e então formar uma autoridade de transição." [1]

ReaçõesEditar

Gedion Timotheos, o Ministro da Justiça da Etiópia,[4] chamou o anúncio da aliança em 5 de novembro de "golpe publicitário" e afirmou que alguns dos grupos participantes "não eram realmente organizações com alguma força".[3]

ReferênciasEditar

  1. a b c «Ethiopia's Tigray forces seek new military alliance». Thomson Reuters. 11 de agosto de 2021. Consultado em 6 de novembro de 2021. Cópia arquivada em 1 de outubro de 2021 
  2. a b Rynn, Simon; Hassen, Ahmed (22 de outubro de 2021). «Ethiopia: What Next?». Royal United Services Institute. Consultado em 6 de novembro de 2021. Cópia arquivada em 29 de outubro de 2021 
  3. a b c d «Nine anti-gov't groups team up as Ethiopia recalls ex-soldiers». Al Jazeera English. 5 de novembro de 2021. Consultado em 6 de novembro de 2021. Cópia arquivada em 6 de novembro de 2021 
  4. «Update: Details of Ethiopia's State of Emergency proclamation». Addis Standard. 2 de novembro de 2021. Consultado em 6 de novembro de 2021. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2021