Frota da Companhia do Metropolitano de São Paulo

artigo de lista da Wikimedia

A frota operacional de trens do Metrô de São Paulo é composta atualmente por 232 composições de 12 séries diferentes, totalizando 1.419 carros[1], fabricadas entre 1998 e 2018. Trens com bitola larga de 1600 mm e alimentação por terceiro trilho operam nas linhas 1, 2 e 3 enquanto trens com bitola internacional de 1435 mm operam com alimentação via catenária nas linhas 4 e 5. Com exceção do monotrilho (veículo utilizado na Linha 15 - Prata cujo trem possui 7 carros e na Linha 17 - Ouro possuirá 5 carros), todas as outras composições possuem 6 carros cada uma.[2]

A frota M do Metrô é pertencente à categoria monotrilho, se diferenciando dos demais trens por ser um veículo leve sobre pneus que circula em vigas elevadas, recebe alimentação por suporte eletrizado na via e também é um modal de alta capacidade.

Existem também 3 séries de trens extintas, resultado do processo de modernização da frota. São elas as séries A, C e D, que após o processo de modernização formaram as frotas I, J, K e L.[3]

As frotas operam nas linhas 1 e 3 com sinalização ATO, porém estão sendo modernizadas para CBTC enquanto as linhas 2, 4, 5 e 15 já operam com CBTC sendo a 4 e a 15 sem condutor.

Frota atualEditar

Frota Máscara Linhas em Operação Linhas Anteriores Ano de Fabricação Fabricante Velocidade Máxima[4]
(por linha)
Trens / Carros Notas
E     Azul   Verde

  Vermelha

1998 / 1999 Alstom 100 KM/h 11 / 66
G     Azul

  Vermelha

  Verde 2008 / 2010 Alstom 100 KM/h 16 / 96
H     Vermelha   Azul 2008 / 2010 CAF 100 KM/h 17 / 102
I     Azul
  Verde
2011 / 2018 Consórcio Modertren:
Alstom
Siemens
100 KM/h 25 / 150
J     Azul
  Verde
2011 / 2018 Consórcio BTT:
Bombardier
→ Tejofran
→ Temoinsa
100 KM/h 26 / 156
K     Vermelha 2011 / 2014 Consórcio MTTrens:
→ T'Trans
→ MPE
→ Temoinsa
100 KM/h 25 / 150
L     Azul   Vermelha 2011 / 2017 Consórcio Reformas Metrô:
Alstom
→ IESA
100 KM/h 22 / 132
M     Prata 2013 / 2016 Bombardier 90 KM/h 27 /189
  • A compra prevê ainda um total de 54 trens / 378 carros, mas devido ao atraso das obras estão previstos até a inauguração da estação São Mateus o recebimento de 32 trens / 224 carros ficando o restante para uma segunda fase.[5]

Frota ViaQuatroEditar

  • A linha 4 - Amarela do Metrô administrada pela concessionária ViaQuatro conta atualmente com um total de 29 composições/174 carros que operam com operação remota CBTC, bitola Internacional, alimentação por catenária e portas de plataforma.
Frota Máscara Linhas em Operação Ano de Fabricação Fabricante Velocidade Máxima[4] Trens / Carros Notas
TUE Hyundai-Rotem Fase I     Amarela 2009 / 2010 Hyundai Rotem 80 KM/h 14 / 84
  • Composições de número 401 a 414.
TUE Hyundai-Rotem Fase II   Amarela 2016 / 2017 Hyundai Rotem 80 KM/h 15 / 90
  • Composições de número 415 a 429.

Frota ViaMobilidadeEditar

  • A linha 5 - Lilás e, futuramente, a linha 17 - Ouro do Metrô são administradas pela concessionária ViaMobilidade[6].
  • A linha 5 - Lilás conta atualmente com um total de 34 composições/204 carros que operam com CBTC, bitola Internacional e alimentação por catenária. Representam duas frotas, a frota F[7] (8 composições/48 carros), que passa por uma atualização de software e irá retornar à operação, e a frota P[7] (26 composições/156 carros), a atualmente utilizada na linha.
  • A linha 17 - Ouro tem uma frota prevista de 14 composições de 5 carros cada (70 carros no total) que operarão com o sistema CBTC sem condutores, comprados para a 1ª fase do projeto, entre Jardim Aeroporto/Congonhas - Morumbi.[8]
Frota Máscara Linhas em Operação Ano / Adquirente inicial Fabricante Velocidade Máxima[4] Trens / Carros Notas
F[7]     Lilás 2001 / 2002

CPTM[9]

Alstom/CAF/Siemens[10] 80 KM/h 08 / 48
  • Composições de número 501 a 508.
  • Retirados de circulação para atualização de software.
P[7]     Lilás 2013 / 2014

Metrô de São Paulo

CAF 80 KM/h 26 / 156
  • Composições de número 509 a 534.

Frotas em projeto/construçãoEditar

Frota Linhas Futuras de Operação Ano Fabricante Velocidade Máxima[4] Trens / Carros Notas
N/D   Ouro 2022 → BYD[11] 80 KM/h 14 / 70
  • Devido ao atraso das obras, a frota prevista é de 14 trens de 5 carros cada na 1ª fase da linha entre Jardim Aeroporto/Congonhas - Morumbi. [12]
  • Consórcio que operará o ramal é a ViaMobilidade.[13]
N/D   Laranja 2025[14] → Alstom[15]   22 / 132

Frotas extintasEditar

Frota Máscara Última Linha em Operação Linhas Anteriores Ano de Fabricação Fabricante Velocidade Máxima[4] Trens / Carros Fabricados Notas
A     Azul   Verde
  Vermelha
1972 / 1974 Mafersa

Budd Company

100 KM/h 51/306
  • No dia 01/02/2018 o trem A35 prestou serviço pela última vez no horário de pico da noite, tendo sido recebido pela Companhia já modernizado na semana do dia 23/08/2018 e concluído o lote de modernizações da frota J.[16]
C     Vermelha 1982 / 1986 Cobrasma 100 KM/h 25 / 150
  • No dia 10/07/2014 o trem C02 prestou serviço pela última vez no horário de pico da manhã,[17] tendo sido recebido pela Companhia já modernizado na semana do dia 02/12/2014 e concluído o lote de modernizações da Frota K.[18]
D     Azul   Verde
  Vermelha
1982 / 1986 Mafersa 100 KM/h 22/ 132
  • No dia 15/04/2017 o trem D45 prestou serviço pela última vez no horário de pico da noite, tendo sido recebido pela Companhia já modernizado e concluído o lote de modernizações da Frota L.

Interior das composiçõesEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Indicadores do Metrô em fevereiro de 2018 além de 29 trens de 6 carros cada um (174 carros) da Linha 4 - Amarela, administrada pela empresa privada ViaQuatro
  2. GOP/OPC/CTE (maio de 2017). «Estrutura física» (PDF). Companhia do Metropolitano de São Paulo- METRÔ. Consultado em 29 de junho de 2017 
  3. «Trens e Frota». Metrô São Paulo. Consultado em 29 de junho de 2016 
  4. a b c d e As linhas com trens que alcançam 100 KM/h possuem atualmente uma restrição operacional que limita a velocidade máxima em 87 KM/h.
  5. «Até final do ano, Metrô de SP terá 57 trens novos sem uso devido a obras atrasadas». Rede Brasil Atual 
  6. «Sobre a ViaMobilidade». www.viamobilidade.com.br. Consultado em 9 de junho de 2020 
  7. a b c d «Tecnologia». www.viamobilidade.com.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2019 
  8. Meier, Ricardo (8 de maio de 2020). «Brasil se tornará vitrine para o SkyRail, monotrilho da BYD». MetrôCPTM. Consultado em 9 de junho de 2020 
  9. «Sistemas de Tecnologia | Metrô São Paulo». www.metro.sp.gov.br. Consultado em 3 de novembro de 2019 
  10. «Portal CPTM». web.archive.org. 26 de outubro de 2004. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  11. Ricardo Meier (17 de abril de 2020). «Metrô nega recursos e reconfirma BYD como vencedora da licitação dos trens e sistemas da Linha 17-Ouro». Metrô CPTM. Consultado em 17 de abril de 2020 
  12. «Metrô planeja testes com monotrilho da Linha 17 em 2017 – Via Trolebus». viatrolebus.com.br. Consultado em 7 de novembro de 2016 
  13. «Metrô escolhe consórcio que fará linha entre Morumbi e Jabaquara». Portal Metrô. 19 de janeiro de 2018. Consultado em 22 de maio de 2018 
  14. Ricardo Meier (7 de julho de 2020). «Linha 6-Laranja: Move São Paulo e Acciona terão 90 dias para acertar arestas sob risco de sanções». Metrô CPTM. Consultado em 30 de julho de 2020 
  15. «Matéria | Revista Ferroviária». www.revistaferroviaria.com.br. Consultado em 23 de outubro de 2020 
  16. Fala Brasil (2 de fevereiro de 2018). «Metrô de São Paulo aposenta último trem da primeira frota». R7. Consultado em 3 de fevereiro de 2018 
  17. «Metrô envia último trem da frota Cobrasma para reforma». Via Trólebus. 11 de julho de 2014 
  18. «Concluída a reforma da frota K do Metrô de São Paulo». Via Trólebus. 2 de dezembro de 2014 
  Este artigo sobre Metropolitanos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.