Fuade II do Egito

Fuade II (16 de janeiro de 1952, nascido Príncipe Amade Fuade, Cairo; em árabe: فؤاد الثاني) foi o último rei do Egito e Sudão.[1] Durante a revolução de 1952, seu pai, o rei Faruque, abdicou do trono, sendo sucedido pelo filho, que tinha menos de um ano de idade e por isso nunca foi formalmente coroado. Seu "reinado" durou até 18 de junho de 1953, ano da proclamação da República, quando sofreu um golpe de estado. Ele então foi obrigado a reunir-se com a família no exílio, na Suíça. Em 1976, casou-se com a francesa Dominique-France Loeb-Picard, com quem teve três filhos.[2]

Fuade ll
Pretendente ao Trono do Egito
Reinado 18 de junho de 1953 a atualidade
Predecessor Ele mesmo (Rei do Egito)
Rei do Egito
Reinado 26 de julho de 1952
a 18 de junho de 1953
Predecessor Faruque l
Sucessor Monarquia Abolida
Príncipe Herdeiro do Egito
Reinado 16 de janeiro de 1952
a 26 de julho de 1952
Predecessor Faruque
 
Nascimento 16 de janeiro de 1952
  Palácio de Abdeen, Cairo, Reino do Egito
Esposa Dominique-France Loeb-Picard
Descendência Muhammad do Egito
Fauzia do Egito
Fakhruddin do Egito
Dinastia Maomé Ali
Pai Faruque l do Egito
Mãe Narriman Sadek
Brasão

Referências

  1. «ذاكرة مصر المعاصرة - السيرة الذاتية». modernegypt.bibalex.org. Consultado em 3 de janeiro de 2017 
  2. Hammudah, Adil (1991). Al-Malik Ahmad Fu'ad al-Thani, al-malik al-akhir wa-'arsh Misr [King Ahmad Fuad II, the Last King and the Throne of Egypt] (em árabe). Cairo: Sifinks. ISBN 978-977-5185-06-8. OCLC 29394467. Consultado em 5 de dezembro de 2008  Verifique o valor de |nopp=290 (ajuda)

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Fuade II do Egito

Realeza Egípcia

 
Foto tirada em 1952
  Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.