Funções orgânicas

Química A Wikipédia possui o:
Portal de Química

Em química orgânica, funções orgânicas são grupos de compostos orgânicos que têm comportamento químico similar, devido ao grupo funcional característico. Os compostos orgânicos se diferenciam dos inorgânicos por apresentarem átomos de carbono distribuídos em cadeias e/ou átomos de carbono ligados diretamente a hidrogênio.

As principais funções orgânicas são: cetonas, aldeídos, ácidos carboxílicos, alcoóis, fenóis, ésteres, éteres, aminas, haletos e hidrocarbonetos.[1] A diferença entre os compostos orgânicos e os inorgânicos é que eles apresentam átomos de carbono ligados diretamente a hidrogênio. Assim, o metano (CH4) é um composto orgânico, mas o ácido carbônico (H2CO3), não.[2]

Principais funções orgânicasEditar

Função orgânica: Grupo funcional: Exemplo:
Hidrocarboneto Cx H2y+2 CH4
metano
Álcool R — OH
Fenol    
4-metil-hidróxibenzeno ou p-cresol ou p-metilfenol
Éter R — O — R'  
metóxi-etano
Aldeído    
pentanal
Cetona    
2-propanona ou acetona
Ácido carboxílico    
ácido etanóico ou acético
Éster    
etanoato de etila
Amina primária    
Adenina: 6-aminopurina

Ver tambémEditar

Referências

  1. Líria Alves. «Funções orgânicas». R7. Brasil Escola. Consultado em 6 de agosto de 2013 
  2. «Resumo de Química: Funções orgânicas». Editora Abril. Guia do Estudante. 21 de novembro de 2011. Consultado em 6 de agosto de 2013