Abrir menu principal

Fuzil de combate é um termo pós-Segunda Guerra Mundial para o fuzil de serviço militar que é alimentado por munição através de carregadores descartáveis e dispara um cartucho de fuzil de plena potência.[1]

O termo "fuzil de batalha" foi criado em grande parte por necessidade de diferenciar melhor os fuzis de ataque de poder intermediário (e.g. StG-44, AK-47 e M16) de fuzis fogo seletivos automáticos (e.g. FN FAL, M14 e H&K G3) como ambas as classes de armas de fogo têm uma aparência similar e compartilham muitas das mesmas características, como carregadores destacáveis, alças de pistola, etc.[2]

Este termo também pode descrever fuzis militares semiautomáticos de maior capacidade militar que são alimentados através de carregadores destacáveis, como o Gewehr 43, MAS-49, e o SVT-40.[3][4] Antes da década de 1990, o termo não estava bem definido e foi usado como uma descrição geral para todos os tipos de fuzis militares.

Lista de fuzis de batalhaEditar

 Ver artigo principal: Lista de fuzis de batalha

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. Charles Karwan (Dezembro de 1999), «Military Guns Of The Century», Guns Magazine, arquivado do original em 12 de julho de 2012 
  2. Zabecki, David T. (28 de outubro de 2014). Germany at War: 400 Years of Military History [4 volumes]: 400 Years of Military History. [S.l.]: ABC-CLIO. p. 644. ISBN 978-1-59884-981-3. Since World War II, Battle Rifle is the term given to standard infantry weapons that fire full-sized rifle cartridges in either semiautomatic or automatic mode. 
  3. Tilstra, Russell C. (21 de março de 2014). The Battle Rifle: Development and Use Since World War II. [S.l.]: McFarland. pp. 2–6. ISBN 978-1-4766-1564-6 
  4. Taylor, Chuck (1996). Fighting Rifle. Boulder, Colorado: Paladin Press. p. 4. ISBN 978-0-87364-297-2