Abrir menu principal
Gáspár Heltai
(1490-1574)
Crônicas húngaras
Nascimento 1520
Cisnădie, Roménia
Morte 1574
Cluj-Napoca, Roménia
Nacionalidade Roménia
Alma mater Universidade de Wittenberg
Ocupação Tradutor do Novo Testamento para o húngaro (1565), pregador, editor, reformador e impressor húngaro

Caspar Helth (1490-1574) * Nagydisznód, 1490Kolozsvár, também conhecida como Claudiópolis ou Klausenburg, 1574), foi um pastor de expressão húngara, tipógrafo, editor e reformador. Notabilizou-se por ser um dos primeiros tradutores da Bíblia em húngaro (1551) e fundador da primeira tipografia e do primeiro moinho para fabricação do papel.

Índice

BiografiaEditar

Matriculou-se na Universidade de Wittenberg em 17 de Fevereiro de 1543. Em 1544 tornou-se pastor em Nagydisznód, sua terra natal, onde permaneceu até 1557. Durante todo esse período atuou como reformador luterano, porém em 1559, influenciado por Francisco Davi (1520-1579)[1], tornou-se calvinista. Ganhou a vida como impressor pois fundou uma tipografia em sua cidade natal. Foi um dos primeiros editores a publicar livros em húngaro, estabelecendo, dessa maneira, os primeiros fundamentos da orotografia no idioma húngaro. Publicou livros sobre o Unitarianismo até 1571, quando István Báthory (1533-1586), proíbe a propaganda anti-trinitarianista em seu principado. Junto com um grupo de eruditos produziu a mais completa tradução do Novo Testamento em húngaro. Seus livros representam as primeiras florações da literatura secular da Hungria.

Heltai fez outras traduções bíblicas para o húngaro[2], porém, creditou estas traduções para o ministro luterano Gáspár Károlyi (1529-1591)[3]. A primeira tradução da Bíblia para o húngaro ocorreu por volta de 1590.

A obra de Heitai, "Chronika az maguarok viselt dolgairól" foi traduzida e publicada pelo humanista e poeta italiano Antonio Bonfini (1434-1503)[4] sob o título de "Rerum Hungaricum Decade"[5], em dez volumes, em 1486.

ObrasEditar

  • Catechismus Minor… (Kolozsvár, 1550);
  • A Biblianac első része… (Kolozsvár, 1551);
  • A reszegsegnek és tobzódásnac veszedelmes voltáról való Dialogus (Kolozsvár, 1552, hasonmás kiadása Stoll Bélától, Bp., 1951);
  • Száz Fabula… (Kolozsvár, 1566, kritikai kiadása Imre Lajostól a Régi Magy. Kvtárban, 1897);
  • Háló… (Kolozsvár, 1570, és Régi Magy. Kvtár, 36. sz.);
  • Cancionale (Kolozsvár, 1574; újabb kiadás: Varjas Béla 1962);
  • (em húngaro) Chronica az Magyaroknac dolgairúl… (Kolozsvár, 1575, kiadásai: Toldy Ferenc 1854, Varjas Béla 1943);
  • Válogatott írások (Nemeskürty István válogatása, Bp., 1957);
  • H. G. válogatott művei (válogatta és a bevezetőt írta Székely Erzsébet, Bucarest, 1957).
  • Rerum Hungaricum Decades, 1575

Links ExternosEditar

ReferênciasEditar

  1. Francisco Davi (1520-1579), fundador e primeiro bispo da Igreja Unitariana da Transilvânia.
  2. An Ethnohistorical Dictionary of the Russian and Soviet Empires - James Stuart Olson, Lee Brigance Pappas, Nicholas Charles Pappas.
  3. Gáspár Károlyi (1529-1591), foi um pastor calvinista húngaro.
  4. Antonio Bonfini (1434-1503), foi humanista e poeta italiano.
  5. axio.art.