G3 (Europa)

A UE três (ou UE-3, às vezes referida como G-3 ou troika europeia), refere-se à Alemanha, França e Reino Unido, com relação ao estatuto, poder e influência destes três países dentro da União Europeia (UE).[1] ou a reunião entre a Alemanha, França e Itália, os três maiores países fundadores da União Europeia.[2][3][4] A UE-3 tenta expandir as políticas da União Europeia, após o enlargamento para novos membros, além de uma política externa independente: como quando a união tentou aprofundar os esforços sobre o programa nuclear do Irã(G3 com o Reino Unido).

Os três chanceleres da UE em 2006.

A UE 3+3 (também referida como E3+3), refere-se a um agrupamento que inclui a UE-3 (Alemanha, França e Reino Unido) com República Popular da China, Estados Unidos e Rússia. Foi cunhado quando estes três países se uniram aos esforços diplomáticos com o Irã e seu programa nuclear. É comumente como o P5+1, que se refere aos membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas mais a Alemanha.[5]

Referendo Pós-BrexitEditar

Determinados a manter a o projeto europeu intacto após a decisão do Reino Unido de sair da União Européia em 2016, França, Alemanha e a Itália reemergiram como os "três grandes" e chamaram para uma maior integração em várias cúpulas trilaterais em Berlim, Paris e Ventone.[6][7][8] mais recentemente, a união desse novo grupo formado pela França, Alemanha e a Itália aceitaram uma posição comum no Acordo Climático de Paris[9] e lideram um projeto de lei da UE para restringir a aquisição chinesa de firmas europeias e tecnologias.[10] Além de liderarem as sanções da UE contra a Coreia do Norte[11]

G3
País População Votos no Conselho Europeu (pré-Brexit) Contribuição ao orçamento da UE em euro Eurodeputados Quinteto da OTAN G7/G8/G20 P5 G4 União pelo consenso
  França 66,616,416 13.05% 17,303,107,859 16.44% 74          
  Alemanha 80,716,000 16.06% 22,218,438,941 21.11% 96          
  Itália 60,782,668 12.00% 14,359,479,157 13.64% 73          


Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. Bretherton, Charlotte; John Vogler (2006). The European Union as a Global Actor. [S.l.]: Routledge. p. 174. ISBN 9780415282451 
  2. «EU divided on answer to Brexit 'wake up call'». Consultado em 17 de junho de 2017 
  3. «Meet the (divided) committee to save Europe». 27 de junho de 2016. Consultado em 17 de junho de 2017 
  4. «Brexit: Germany, France, Italy vow no talks before Britain makes formal decision on EU - Brexit: UK EU Referendum - ABC News (Australian Broadcasting Corporation)». mobile.abc.net.au. Consultado em 17 de junho de 2017 
  5. http://blog.foreignpolicy.com/posts/2009/09/30/p51_or_e33
  6. «Merkel besucht Renzi Wie das Europa-Tandem zum Trike wurde». FAZ.NET. Consultado em 17 de junho de 2017 
  7. «Europe Is Already Plotting A Future Without Britain». Consultado em 17 de junho de 2017 
  8. «Italy joins Europe's big league, but is it primed to fail?». 1 de setembro de 2016. Consultado em 17 de junho de 2017 
  9. [1]
  10. [2]
  11. [3]

Ligações externasEditar