Skindô

(Redirecionado de GRES Skindô)
Skindô [1]
Fundação 12 de julho de 1975 (44 anos)[1][2]
Cores
Verde
Branco
[1]
Símbolo Pavão [1]
Bairro Planalto Ininga [1]
Presidente Jamil Moisés Said
Presidente de honra Wilson Brandão

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Skindô é uma escola de samba da cidade de Teresina, fundada em 12 de julho de 1975. Seu símbolo é o Pavão. Suas cores são o verde e o branco[1].

Surgiu da vontade de jovens estudantes de Teresina, que sentiram a necessidade de fazer uma agremiação para animar ainda mais o carnaval de rua da capital do Piauí, cantando as histórias, lendas e retratando poeticamente a cultura local.Para obter sucesso, buscou seriedade no seu trabalho, sob o comando de pessoas idôneas e de grande respaldo de nossa sociedade, para o pleno êxito dos seus objetivos e metas.Inicialmente, a Escola contou com a decisiva participação de Fernando Dib Tajra, que lançou uma variedade de cores para que posteriormente fossem escolhidas as cores oficiais da SKINDÔ e ainda, com a participação do poeta Paulo Machado, que foiumdos compositores do samba enredo de 1976[2].

SegmentosEditar

PresidentesEditar

Nome Mandato Ref.
Jamil Moisés Said ?-atualidade [3]

Presidentes de honraEditar

Nome Mandato Ref.
Wilson Brandão ?-atualidade [4]

DiretoresEditar

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2009 Comissão de Bateria
Mestre Luiz Monteiro, Pedro Black, Luzineide, Paulo
2015 Luiz Monteiro [5]

CoreógrafoEditar

Ano Nome Ref.
2009 Fanquinha
2015 Kácio Santos [6]

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeiraEditar

Ano Nome Ref.
2009 Anderson e Juracy Câmara
2015 Décio Costa e Raira Monteiro [7]

Corte de bateriaEditar

Período Rainha Madrinha Ref.
2009 Rosângela Sabra Monturil [8]
2010 Ana Vitória [9]
2015 Cleide Fernando Lima [10]

CarnavaisEditar

Skindô
Ano Colocação Enredo Carnavalesco Ref.
1976 4º lugar Cabeça de Cuia
Compositores:Paulo Machado e Franci Monte
Intérprete: Franci Monte
Fernando Dib Tajra [11][2]
1977 3º lugar Exaltação ao Brasil Mulato
Compositores:Arnaldo Teles e Franklin Bastos
Intérprete: Franklin Bastos
Arnaldo Teles [11][2]
1978 Campeã Três mil anos de mistérios
Compositores:Arnaldo Teles, Paulo Vilhena e Cruz Neto
Intérpretes:Laurenice França, Janete Dias e Cruz Neto
Hostyano Machado [11][2]
1979 Campeã Sete Cidades
Compositores:Arnaldo Teles, Geraldo Brito e Cruz Neto
Intérpretes:Laurenice França e Cruz Neto
Hostyano Machado [11][2]
1980 Campeã Miridan – A Flor dos Acaroás (Lagoa de Parnaguá)
Compositores:Arnaldo Teles, Geraldo Brito e Cruz Neto
Intérpretes:Laurenice França e Cruz Neto
Hostyano Machado [11][2]
1981 Campeã Sonhos e Festas da Corte Simpliciana
Compositores:Arnaldo Teles, Geraldo Brito e Cruz Neto
Intérpretes:Laurenice França e Cruz Neto
Hostyano Machado [11]
1982 3º lugar Festa Branca
Compositor e Intérprete: Lázaro do Piauí
Arnaldo Teles [11][2]
Não desfilou entre 1983 e 1997. [11][2]
1998 Não Competiu Wall Ferraz não esqueço jamais
Compositores:Paulo Vilhena, Rosinha Amorim e Gueri Gueri
Intérpretes:Gueri Gueri e Zé Marques
Hostyano Machado [11][2]
1999 3º lugar Camilão: a cultura do Piauí no altar do samba
Compositores:Gueri Gueri, Luciane Monturil e Zé Fernandes
Intérpretes: Herivelto, Gueri Gueri e Luciane Monturil
Arnaldo Teles [11]
2000 3º lugar Terra Brasilis, o paraíso que Cabral não descobriu
Compositores:Tânia Said, Zé Fernandes, Gueri Gueri e Luciane Monturil
Intérpretes: Herivelto, Gueri Gueri e Luciane Monturil
Hostyano Machado [11]
2001 3º lugar O lixo virou luxo
Compositores:Tânia Said, Zé Fernandes, Gueri Gueri e Luciane Monturil
Intérpretes:Herivelto, Gueri Gueri e Luciane Monturil
Ulisses Lustosa [11]
2002 Vice-Campeã Na Terra da Opala, Lua-de-mel é na Rede
Compositores:Tânia Said, Zé Fernandes, Gueri Gueri e Luciane Monturil
Intérpretes:Gueri Gueri e Luciane Monturil
Ulisses Lustosa [11][2]
2003 Vice-Campeã Era uma vez...
Compositores:Tânia Said, Zé Fernandes, Gueri Gueri e Luciane Monturil
Intérpretes:Gueri Gueri e Luciane Monturil
Ulisses Lustosa e Antônio Filho [11][2]
2004 Sétima Arte: uma indústria de sonhos Ulisses Lustosa e Antônio Filho [12]
2005
2006 Campeã [13]
2007 Campeã
2008 Campeã E aí... beleza? Que a beleza é o verde, é o branco, é o Skindô ô ô “As muito feias que me perdoem, mas beleza é fundamental !" (assim dizia o poeta)

Compositores: Jr.Gueri, Luciane Monturil, Tânia Said e Zé Fernanades.

[14]
2009 Campeã Sou brasileiro, sou mais eu [8]
2010 Desfilou no bairro Planalto Uruguai, sem competir [9]
Não desfilou de 2011 a 2014 [15][16]
2015 Do lambe lambe até a máquina digital Tania Said e Ulisses Lustosa [3]

Referências

  1. a b c d e f GRES Skindô. «Quem Somos». Consultado em 19 de abril de 2014. Arquivado do original em 11 de janeiro de 2008 
  2. a b c d e f g h i j k l GRES Skindô. «Quem Somos». Consultado em 19 de abril de 2014. Arquivado do original em 11 de janeiro de 2008 
  3. a b G1 (18 de janeiro de 2015). «Com o enredo Fotografia, Skindô volta a desfilar no carnaval de Teresina». Consultado em 6 de abril de 2015 
  4. O Olho (15 de fevereiro de 2015). «Skindô faz deputado Wilson Brandão cair no samba». Consultado em 28 de maio de 2015. Arquivado do original em 28 de maio de 2015 
  5. «Cópia arquivada». Consultado em 28 de maio de 2015. Arquivado do original em 28 de maio de 2015 
  6. fsanet.com.br. «Núcleo de Dança da FSA coreografa comissão de frente de escola de samba em Teresina». Consultado em 28 de maio de 2015 
  7. Cidade Verde (17 de fevereiro de 2015). «Após 4 anos sem desfilar, Skindô leva fotografia para a avenida». Consultado em 28 de maio de 2015 
  8. a b Meio Norte.com (22 de Fevereiro de 2009). «Skindô é a última escola a desfilar em Teresina, com jeito de campeã». Consultado em 6 de abril de 2015. Cópia arquivada em 6 de abril de 2015 
  9. a b cidadeverde.com. «Skindô leva miss e rainha vestida de escrava;Jamil critica novo formato». Consultado em 28 de maio de 2015 
  10. 180graus.com (15 de janeiro de 2015). «Musa da avenida: Rainha da Skindô fala da preparação para o Carnaval». Consultado em 28 de maio de 2015 
  11. a b c d e f g h i j k l m n GRES Skindô. «Desfiles e Sambas». Consultado em 19 de abril de 2014. Arquivado do original em 11 de janeiro de 2008 
  12. GRES Skindô. «Enredo 2004». Consultado em 19 de abril de 2014. Arquivado do original em 11 de janeiro de 2008 
  13. Fundação Cultural Monsenhor Chaves (3 de março de 2006). «Skindô é a grande campeã do Carnaval de Teresina». Consultado em 7 de novembro de 2010 [ligação inativa]
  14. Leilane Nunes (6 de fevereiro de 2008). «Skindô e Brasa Samba empatam e concordam em dividir título de campeãs». Portal AZ. Consultado em 7 de novembro de 2010. Arquivado do original em 19 de abril de 2014 
  15. Prefeitura de Teresina (15 de janeiro de 2014). «Skindô desiste, mas prefeitura mantém desfile das escolas de samba». 09h15. Consultado em 19 de abril de 2014 
  16. Fofoki (15 de janeiro de 2014). «Confirmadas três escolas de samba, Skindô não desfilará». Consultado em 19 de abril de 2014