GW190521

GW190521 é um sinal de onda gravitacional observado pelos detectores LIGO e Virgo[1] em 21 de maio de 2019 às 03:02:29 UTC,[2][3] localizado a 12,8 bilhões de anos-luz de distância, na área de localização 765deg2[4]em direção a Coma Berenices, Canes Venatici, ou Phoenix.

GW190521
Dados observacionais (J2000)
Asc. reta 12h 49m 42.3s
Declinação −34° 49′ 29″
Características
Astrometria
Distância
3.931 megaparsecs pc

Com 85 e 66 massas solares, os dois buracos negros que compunham essa colisão são as maiores massas progenitoras observadas até o momento.[5] O buraco negro resultante tinha massa equivalente a 142 massas solares; as 9 massas solares restantes foram irradiadas como energia na forma de ondas gravitacionais.[6]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «GraceDB | S190521g». gracedb.ligo.org. Consultado em 3 de setembro de 2020 
  2. «A 'bang' in LIGO and Virgo detectors signals most massive gravitational wave source yet». www.nsf.gov (em English). Consultado em 3 de setembro de 2020 
  3. Jekel, Thomas; Pichler, Herbert (2017). «Vom GW-Unterrichten zum Unterrichten mit geographischen und ökonomischen Konzepten. Zu den neuen Basiskonzepten im österreichischen GW-Lehrplan AHS Sek II.». GW-Unterricht: 5–15. ISSN 2077-1517. doi:10.1553/gw-unterricht147s5. Consultado em 3 de setembro de 2020 
  4. Raamis, Hussain. «LIGO/Virgo S190521g: IceCube Neutrino Search» 
  5. Starr, Michelle. «Most Massive Black Hole Collision Detected Confirms Elusive Middleweight Black Holes». ScienceAlert (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2020 
  6. «LIGO/Virgo's Newest Merger Defies Mass Expectations». aasnova.org (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2020 
  Este artigo sobre Estrelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.