Gabriel Cramer (Genebra, 31 de julho de 1704Bagnols, França, 4 de janeiro de 1752) foi um matemático suíço.[1]

Gabriel Cramer
Gabriel Cramer
Regra de Cramer
Nascimento 31 de julho de 1704
Genebra, Suíça
Morte 4 de janeiro de 1752 (47 anos)
Bagnols, França
Residência Genebra
Nacionalidade suíço
Cidadania República de Genebra
Alma mater
Ocupação matemático, físico, professor universitário
Prêmios
Empregador(a) Universidade de Genebra
Campo(s) matemática
 
Introduction à l'analyse des lignes courbes algébriques, 1750

Cramer mostrou-se promissor em matemática desde tenra idade. Aos 18 recebeu seu doutorado e aos 20 foi co-presidente de matemática na Universidade de Genebra.[2][3][4]

Em 1728 ele propôs uma solução para o Paradoxo de São Petersburgo que se aproximava muito do conceito da teoria da utilidade esperada dada dez anos depois por Daniel Bernoulli.[2][3][4]

Ele publicou seu trabalho mais conhecido na casa dos quarenta. Isso incluiu seu tratado sobre curvas algébricas (1750). Ele contém a demonstração mais antiga de que uma curva de n-ésimo grau é determinada por n(n + 3)/2 pontos nela, em posição geral. (Veja o teorema de Cramer) Isso levou ao equívoco que é o paradoxo de Cramer, relativo ao número de interseções de duas curvas em comparação com o número de pontos que determinam uma curva.[2][3][4]

Ele editou as obras dos dois Bernoullis mais velhos, e escreveu sobre a causa física da forma esferoidal dos planetas e o movimento de suas apsides (1730), e sobre o tratamento de Newton de curvas cúbicas (1746).[2][3][4]

Em 1750 ele publicou a regra de Cramer, dando uma fórmula geral para a solução de qualquer incógnita em um sistema de equações lineares com uma solução única, em termos de determinantes implícitos no sistema. Esta regra ainda é padrão.[2][3][4]

Ele fez extensas viagens pela Europa no final da década de 1730, o que influenciou muito seus trabalhos em matemática. Ele morreu em 1752 em Bagnols-sur-Cèze enquanto viajava pelo sul da França para restaurar sua saúde.[2][3][4]

Trabalhos selecionados

editar

Referências

  1. W. W. Rouse Ball, A Short Account of the History of Mathematics, (4th Edition, 1908)
  2. a b c d e f W. W. Rouse Ball, A Short Account of the History of Mathematics, (4th Edition, 1908)
  3. a b c d e f «Gabriel Cramer - Biography». Maths History (em inglês). Consultado em 26 de junho de 2023 
  4. a b c d e f «Das neue gelehrte Europa : als eine Fortsetzung der dreyen Werke die bisher unter Aufschriften, gelehrtes Europa, Geschichte der Gelehrten, und Beyträge zur Historie der Gelahrtheit ans Licht gestellet worden / hrsg. von Johann Christoph Strodtmann». www.e-rara.ch (em alemão). 1752. Consultado em 26 de junho de 2023 

Ligações externas

editar


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons


  Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.