Abrir menu principal

Galeão Nuestra Señora del Pilar de Zaragoza

Nuestra Señora del Pilar de Zaragoza
Maquete exposta no Pabellón de la Navegación de Sevilla
Carreira   Bandeira da marinha que serviu Armada Espanhola
Operador Bandera de España 1701-1760.svg Armada Espanhola
Construção 1731
Batimento de quilha 1731
Lançamento 1733
Viagem inaugural 27 de julho de 1733
Comandante(s) D. Jerónimo Montero
D. Baltasar de Araneta
D. Francisco Antonio Sendín
D. Manuel Gómez de Bustamante
D. Juan Domingo Nebra
D. Antonio González de Quijano
Almirante D. Juan Bautista Pañales y Carranza
D. Francisco González de Quijano
D. Antonio Gutiérrez de Cossio
General Ignacio Martínez de Faura
Fatalidade Desapareceu após 1 de setembro de 1750
Características gerais
Tipo de navio Galeão, (Galeão de Manila)
Deslocamento 1 000 t (2 200 000 lb)
Comprimento 36 m (118 ft)
Boca 9,5 m (31,2 ft)
Pontal m (16,4 ft)
Calado m (16,4 ft)
Propulsão Vento (barco movido à vela)
Armamento 50 canhões, sendo:
22 de 18 lb (8,16 kg)
22 de 14 lb (6,35 kg)
6 de 10 lb (4,54 kg)
Tripulação 387

O Nuestra Señora del Pilar de Zaragoza foi um dos galeões dos chamados "Galeão de Manila", ele assim como outros galeões espanhóis faziam a rota entre as Filipinas e a América através do oceano Pacífico. Foi construído em 1731 em Cavite e sua integração ocorreu em 1733 com o comando de D. Jerónimo Montero, ao mesmo tempo foi construído o seu navio irmão Nuestra Señora de Covadonga, que teve a mesma missão. No dia 26 de julho de 1733 partiu para a sua primeira viagem oficial do porto de Manila, estava acompanhado de seu navio irmão, e apesar de quase ter afundado por conta de um forte temporal próximo das Ilhas Marianas chegou em Acapulco em 21 de março de 1734.

Ver tambémEditar

Referências

  Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.