Abrir menu principal
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, e ainda pode necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2015). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Gary Barber (nasceu em 1957) é um produtor de filmes sul-africano de todos os tempos.

CarreiraEditar

Em 1989, Barber conheceu James G. Robinson e fez as produções de Morgan Creek Productions. Ficou conhecido por produzir filmes de sucesso como Robin Hood: O Príncipe dos Ladrões (Robin Hood: Prince of Thieves) (1991) e Ace Ventura: Detective Animal (Ace Ventura: Pet Detective) (1994).

Em 1998, Barber conheceu Roger Birnbaum e juntos fundaram o estúdio de maior sucesso, a Spyglass Entertainment. Ficou conhecido por produzir filmes de sucesso como Bruce, o Todo-Poderoso (Bruce Almighty) (2003) e Procurado (Wanted) (2008).

Atualmente, Barber e Birnbaum são os executivos do estúdio Metro-Goldwyn-Mayer, uma produtora de filmes de grande sucesso.