Abrir menu principal

Gary John White (Southampton,[1] 25 de julho de 1974) é um ex-futebolista e treinador de futebol inglês. Entre 2012 e 2016, foi o técnico da seleção de Guam, além de ser diretor-técnico da Federação local. Atualmente, comanda o Tokyo Verdy.

Gary White
Gary White
Informações pessoais
Nome completo Gary John White
Data de nasc. 25 de julho de 1974 (44 anos)
Local de nasc. Southampton,  Reino Unido
Nacionalidade inglês
Informações profissionais
Equipa atual Japão Tokyo Verdy
Posição Treinador (Ex-meio-campista)
Clubes de juventude
1986–1990 Inglaterra Southampton
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1990–1994
1994–1996
Inglaterra Bognor Regis Town
Austrália Fremantle City
28 (8)
45 (13)
Times/Equipas que treinou
1998–1999
1999–2008
2009–2012
2012–2016
2016
2017–2018
2018
2019–
Ilhas Virgens Britânicas Ilhas Virgens Britânicas
Bahamas Bahamas
Estados Unidos Seattle Sounders (diretor-técnico)
Flag of Guam.svg Guam
China Shanghai Shenxin
Flag of Chinese Taipei for Olympic games.svg Taipé Chinês
Hong Kong Hong Kong
Japão Tokyo Verdy






Última atualização: quinta-feira, 23 de maio de 2019

Assim como outros 15 técnicos, possui a Pro Level License da Football Association.[2]

Índice

Carreira de jogadorEditar

Revelado nas categorias de base do Southampton, onde jogou até 1990, White não chegou a se profissionalizar, tendo assinado com o Bognor Regis Town no mesmo ano. Pelos "Rocks", foram 28 jogos e 8 gols marcados. Em 1994, White mudou-se para o Fremantle City, time de uma liga regional de futebol da Austrália, onde jogou 45 partidas e marcou 13 gols. White encerrou a carreira em 1996, com apenas 21 anos, para virar treinador.

Carreira como técnicoEditar

Em 1998, dois anos após sua aposentadoria precoce, White aceitou o convite da Associação de Futebol das Ilhas Virgens Britânicas para comandar a seleção local em 1998. Sob seu comando, a equipe alcançou sua melhor posição no ranking da FIFA: o 120º lugar em março de 2000 (igualada entre agosto e novembro de 2002, já sem o inglês). Paralelamente à função, ele ainda era diretor-técnico da BVIFA. Durante as Eliminatórias da CONCACAF para a Copa de 2002, White, aos 24 anos, foi um dos mais jovens técnicos a comandar uma seleção.

Em 1999, foi contratado para treinar a seleção das Bahamas, e durante os sete anos (1999-2008) em que trabalhou no selecionado (foi também diretor-técnico da Associação de Futebol das Bahamas), colocou os "Baha Boyz" em 138º lugar em setembro de 2006, a melhor qualificação do país no ranking da FIFA. Entre 2009 e 2012, foi diretor-técnico do Seattle Sounders, trabalhando no desenvolvimento de jogadores nas categorias de base.

Contratado para treinar a seleção de Guam em fevereiro de 2012, White passou a convocar jogadores com ascendência guamesa - principalmente nos Estados Unidos - e conquistou resultados expressivos, levando a ilha do Pacífico ao 137º posto no ranking, a melhor qualificação da equipe.[3] O destaque foi a primeira vitória guamesa em Eliminatórias, 1 a 0 frente ao Turcomenistão, graças a um gol-contra do zagueiro Serdar Annaorazov. Outro resultado surpreendente foi a vitória por 2 a 1 contra a Índia. Um dos principais desafios de White era fazer de Guam a quinta melhor seleção do Leste Asiático.

Deixou Guam em maio de 2016, sendo contratado pelo Shanghai Shenxin para evitar o rebaixamento à terceira divisão chinesa.[4] Levou a equipe ao décimo lugar e deixou o cargo, numa decisão mútua entre o técnico e a direção do Shenxin, em novembro.[5]

Em setembro de 2017, foi escolhido como o novo técnico da seleção de Taipé Chinês, substituindo o japonês Reiji Hirata. White foi o primeiro europeu e também o primeiro não-asiático a dirigir os Azuis-Brancos desde o brasileiro Edson "Dido" Silva, que exerceu a função em 2005. Ele, que também acumulou o cargo de diretor-técnico, surpreendeu ao conquistar 2 vitórias consecutivas - um 4 a 2 contra a Mongólia e a mais surpreendente, um 2 a 1 sobre o Bahrein.

Com 58,3% de aproveitamento, White colocou Taipé Chinês em 121º lugar no ranking da FIFA (melhor posição da equipe).[6] Ele ainda teve uma curta passagem pela Seleção de Hong Kong,[7] que durou apenas 3 meses - em dezembro de 2018, foi anunciado como novo treinador do Tokyo Verdy, clube da segunda divisão japonesa.[8]

Ligações externasEditar

Referências

  1. May, John (11 de outubro de 2006). «White flies the flag in Bahamas». BBC Sport. Consultado em 22 de novembro de 2008 
  2. «Guam coach Gary White wants to manage in Premier League». BBC Sport. 11 de janeiro de 2013 
  3. «What's it like to coach a tiny soccer nation?». Consultado em 24 de março de 2013 
  4. 关于盖瑞怀特(Gary White)先生出任上海申鑫足球俱乐部主教练的公告 Arquivado em 31 de maio de 2016 no Archive.is (chinês)
  5. «上海申鑫足球俱乐部官方公告». shenxinfc.sh.cn (em chinês). Shanghai Shenxin F.C. 26 de novembro de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  6. White, Jonathan. «Who is Hong Kong's new coach? 'Future England manager' Gary White's in his own words». South China Morning Post. Consultado em 12 de setembro de 2018 
  7. Chan, Kin-wa. «Gary White lands Hong Kong job as Football Association finally confirm new head coach after months of speculation». South China Morning Post. Consultado em 10 de setembro de 2018 
  8. «Verdy announce Gary White as new manager». .japantimes.co.jp. 12 de dezembro de 2018. Consultado em 13 de dezembro de 2018 
   Este artigo sobre futebolistas ingleses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.