Gelegenheitsarbeit einer Sklavin

filme de 1973 dirigido por Alexander Kluge

Gelegenheitsarbeit einer Sklavin (Trabalhos ocasionais de uma escrava, título no Brasil), é um filme de 1973 do realizador alemão Alexander Kluge.

Gelegenheitsarbeit einer Sklavin
Trabalhos ocasionais de uma escrava (BRA)
 Alemanha Ocidental
1973 •  p&b •  131 min 
Direção Alexander Kluge
Roteiro Alexander Kluge
Elenco Alexandra Kluge
Bion Steinborn
Sylvia Gartmann
Traugott Buhre
Género drama
Idioma alemão

SinopseEditar

A enfermeira Roswitha Bronski (Alexandra Kluge) é casada com o químico Franz Bronski (Bion Steinborn), com quem teve três filhos. Como o marido apenas estuda, com a intenção de ser um novo gênio da química, Roswitha tem de sustentar a família realizando abortos numa clínica clandestina. Tendo de enfrentar a indiferença do marido, que a considera intelectualmente inferior, a hostilidade aberta de médicos como o Dr. Genée (Traugott Buhre) e uma dupla jornada massacrante, Roswitha recebe mais um duro golpe quando sua clínica é fechada pela polícia. É então que começa a sua jornada para se redefinir enquanto mãe, esposa e membro de uma sociedade ameaçada por uma precoce globalização.

ElencoEditar

  • Roswitha Bronski: Alexandra Kluge
  • Franz Bronski: Bion Steinborn
  • Sylvia: Sylvia Gartmann
  • Dr. Genée: Traugott Buhre
  • Sra. Willek: Ursula Birichs
  • Chefe de segurança da fábrica: Alfred Edel
  Este artigo sobre um filme é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.