General Electric

Empresa norte-americana de engenharia

General Electric (GE) é um conglomerado multinacional de Nova York[6] e sediado em Boston, Massachusetts, Estados Unidos.[7] Em 2016, a empresa atuava nos seguintes segmentos: aviação, software, conexões de energia, pesquisa global, assistência médica, iluminação, petróleo e gás, energia renovável, transportes e capital, serviços financeiros, dispositivos médicos, ciências da vida, produtos farmacêuticos, indústria automotiva e indústrias de engenharia.[8]

General Electric
Razão social General Electric Company
Empresa de capital aberto
Slogan Imagination at work
Cotação
Atividade Energia, Tecnologia
Gênero Conglomerado
Fundação 15 de abril de 1892 (130 anos) em Schenectady, Nova Iorque
Fundador(es) Thomas Edison[1]
Charles A. Coffin
Elihu Thomson[2]
Edwin J. Houston[3]
Sede Boston, Massachusetts, Estados Unidos
Área(s) servida(s) Mundo
Pessoas-chave H. Lawrence Culp Jr. (PCA, CEO)
Empregados 168 000 (2021)[4][5]
Produtos Motor de aeronaves
Eletrodomésticos
Distribuição elétrica
Motor elétricos
Energia
Finanças
Gás
Cuidados de saúde
Iluminação
Locomotivas
Petróleo
Software
Água
Armas
Turbina eólicas
Subsidiárias GE Aviation
GE Capital
GE Digital
GE Energy Connections
GE Global Research
GE Healthcare
GE Lighting
GE Oil and Gas
GE Power
GE Renewable Energy
GE Transportation
Current, powered by GE
Ativos Prejuízo US$ 198.87 bilhões (2021)[4]
Lucro Prejuízo US$ -6.59 bilhões (2021)[4]
LAJIR Prejuízo US$ -3.68 bilhões (2021)[4]
Faturamento Prejuízo US$ 74.2 bilhões (2021)[4]
Website oficial www.ge.com

Em 2017, a GE foi classificada na Fortune 500 como a terceira maior empresa dos Estados Unidos por receita bruta.[9] Em 2011, a GE foi classificada como a 14ª mais lucrativa.[10] Em 2012, a empresa foi listada como a quarta maior do mundo entre o Forbes Global 2000, onde são outras métricas são levadas em consideração.[11] O Prêmio Nobel foi premiado duas vezes aos funcionários da General Electric: Irving Langmuir em 1932 e Ivar Giaever em 1973.[12]

Em 13 de janeiro de 2016, foi anunciado que a GE iria mudar sua sede corporativa de Fairfield, Connecticut (onde esteve desde 1974) para o bairro South Boston Waterfront de Boston, Massachusetts. O primeiro grupo de trabalhadores chegou no verão de 2016 e a transferência completa será completada até 2018.[13][14][15]

HistóriaEditar

 
General Electric em Schenectady, NY, 1896.
 
Fábrica da GE em Schenectady, NY.

Foi fundada por Thomas Edison em 1878 com o nome de Edison Electric Light Company.[16]

Um ano depois, em Nova Jersey (EUA), Edison inventa a primeira lâmpada incandescente com filamento de carbono comercialmente viável. Ainda em 1879, Edison e sua equipe desenvolvem o primeiro dínamo, capaz de fornecer energia elétrica para um bairro inteiro.[16]

No ano seguinte (1880), Edison registra a patente de sua lâmpada, incluindo as características fundamentais da lâmpada por filamento de carbono. Ainda neste ano, ele aumenta a vida útil das lâmpadas para 600 horas de duração.[16]

Em 1882 Thomas Edison lança seu primeiro negócio de energia e constrói a primeira Central de Energia dos Estados Unidos, em Nova York (EUA), com o nome de Edison Electric Illuminating Company.[17]

Oito anos depois (1890) a primeira fábrica de lâmpadas incandescentes é fundada em Menlo Park, Nova Jersey (EUA).[16]

Em 1892, já nas mãos de J. P. Morgan, principal patrocinador/investidor de Thomas Edison, nasce a General Electric Company a partir da fusão entre a Edison General Electric Company e a Thomson-Houston Company.[16]


Dois anos depois, em 1900, é registrada a marca GE (monograma/logotipo) como conhecemos até hoje.[16]

Em 1959, a General Electric foi acusada de promover o maior cartel ilegal dos Estados Unidos desde a adopção do Sherman Antitrust Act. (1890), o Cartel Phoebus, de modo a manter os preços artificialmente elevados. No total, 29 empresas e 45 executivos serão condenados. Inquéritos parlamentares subsequentes revelaram que o "crime de colarinho branco" era de longe a forma mais dispendiosa de crime para as finanças dos Estados Unidos.[18]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «A Shared Vision: GE and Alstom Continue Their Common History With Latest Acquisition». GE News (em inglês). Consultado em 8 de agosto de 2022 
  2. «Elihu Thomson». ETHW (em inglês). 14 de fevereiro de 2019. Consultado em 8 de agosto de 2022 
  3. «Edwin Houston». ETHW (em inglês). 4 de setembro de 2019. Consultado em 8 de agosto de 2022 
  4. a b c d e «2021 Annual Report (10-K)» (em inglês). General Electric Company. Consultado em 8 de agosto de 2022 – via SEC 
  5. «GE Governance | Board of Directors». General Electric IR (em inglês). Consultado em 8 de agosto de 2022 
  6. «Company Search, EDGAR System, Securities and Exchange Commission». header. Consultado em 21 de dezembro de 2015 
  7. «Fact Sheet». About Us. GE. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  8. «Summary of Operating Segments» (PDF). GE. Consultado em 25 de janeiro de 2017 
  9. «Fortune 500 2017». Fortune. 2017. Consultado em 14 de junho de 2017 
  10. «Fortune 20 most profitable companies: IBM». Fortune. 2011. Consultado em 17 de dezembro de 2010 
  11. General Electric, Forbes. Retrieved June 16, 2012
  12. «Heritage of Research». General Electric. Consultado em 1 de junho de 2016 
  13. «Boston lands new GE headquarters». Boston Globe. Consultado em 13 de janeiro de 2016 
  14. Mann, Ted; Kamp, Jon (13 de janeiro de 2016). «General Electric to Move Headquarters to Boston». The Wall Street Journal. Consultado em 13 de janeiro de 2016 
  15. «GE Moves Headquarters to Boston» (Nota de imprensa). General Electric. 13 de janeiro de 2016. Consultado em 22 de setembro de 2016 
  16. a b c d e f 1878 - 1904 História e Inovações da GE
  17. «History 1878-1904» (em inglês). General Electric. Consultado em 9 de dezembro de 2013 
  18. The American Way of Crime: From Salem to Watergate

Ligações externasEditar