Abrir menu principal

O termo genocídio na Bósnia ou genocídio bósnio é usado para se referir tanto ao genocídio cometido pelas forças sérvias da Bósnia e Herzegovina em Srebrenica em 1995 (Massacre de Srebrenica),[1] quanto, mais genericamente, à "limpeza étnica" que ocorreu durante a chamada Guerra da Bósnia entre 1992-1995.[2][3]

Na década de 1990 várias autoridades, em linha com um grupo de juristas, declarou que a limpeza étnica, que foi conduzida por elementos do exército sérvio-bósnio, constituiu um genocídio. Tal declaração ocasionou uma resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas e três condenações por genocídio em tribunais alemães, com base em uma interpretação mais ampla do termo genocídio que o utilizado pelos tribunais internacionais .[4]

Em 2005 o Congresso dos Estados Unidos aprovou uma resolução declarando que "as políticas sérvias de agressão e limpeza étnica enquadram com os termos que definem genocídio" [5]. O Tribunal Penal Internacional para a antiga Jugoslávia (TPIJ) e o Tribunal Internacional de Justiça (TIJ) determinaram que, para que as ações fossem julgadas como genocídio, deveriam ser reconhecidas a destruição física ou biológica de um grupo protegido e uma intenção específica de cometer tal destruição. Inserido nesse conceito, o massacre de Srebrenica foi declarado como um ato de genocídio pelo Tribunal Penal Internacional, cuja conclusão apoiada pelo Tribunal Intenacional de Justiça.[6]

Estima-se que pelo menos 8 500 pessoas foram mortas no genocídio bósnio.[7]

Enterro de 465 bósnios não identificados, 2007

Ver tambémEditar

Referências

  1. Staff (2 de abril de 2002). «Bosnian genocide suspect extradited» (em inglês). BBC News 
  2. CEDH, sentencia del caso Jorgic v. Alemania, 12 de julho de 2007. § 47
  3. «CRS Summary: Una resolución expresa el sentir del Senado con respecto a la masacre de Srebrenica en julio de 1995». Véase la cláusula (2). Thomas.loc.gov 
  4. European Court of Human Rights (ECHR) - sentencia del caso "Jorgic v. Alemania", 12 de julio de 2007. § 47,107,108
  5. «Una resolución expresa el sentir del Senado con respecto a la masacre de Srebrenica en julio de 1995». Thomas.loc.gov 
  6. CEDH, sentencia del caso Jorgic v. Alemania =P §47,112
  7. Mojzes, Paul (2011). Balkan Genocides: Holocaust and Ethnic Cleansing in the Twentieth Century. Rowman & Littlefield. p. 178. ISBN 978-1-4422-0663-2.