Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Parque Geologico do Araripe
Localização  Ceará
País  Brasil
Dados
Área 3,796 km²
Criação 2006
Gestão Governo do Estado do Ceará e Universidade Regional do Cariri

Mapa área do Parque Geologico do Araripe
Vista aérea de parte do Geoparque.

O Parque Geológico do Araripe,[1] localizado no Ceará, é o primeiro parque geológico das Américas reconhecido pela UNESCO.

Estendendo-se pela área de seis municípios cearenses: Barbalha, Crato, Juazeiro do Norte, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri e totalizando 3.796 km², o parque apresenta um vasto patrimônio biológico, geológico e paleontológico.

Inicialmente, parte de seu território já era reconhecido como Área de Proteção Ambiental Chapada do Araripe desde 1997, no planalto entre 700 e 900 metros de altura localizado próximo à divisa do Ceará com os estados do Piauí e Pernambuco.

Essa região contém a principal jazida de fósseis cretáceos do Brasil. Isso inclui a maior concentração de vestígios de pterossauros do mundo, além de 20 ordens diferentes de insetos fossilizados, com idade aproximada 110 milhões de anos. Também, destacam-se os fósseis preservados das primeiras plantas com flores, que demonstram as interações primitivas entre insetos e plantas. Desde setembro de 2006, está integrado à Rede Mundial de Parques Geológicos, e é reconhecido pela UNESCO como um relevante patrimônio geológico e paleontológico mundial. Foi o primeiro parque geológico reconhecido nas Américas, que hoje conta também com o parque geológico do Uruguai Grutas del Palacio na rede de parques.

Um dos objetivos do parque geológico, localizado no sul do estado do Ceara, na região do Cariri, em meio ao semiárido nordestino, é preservar as riquezas naturais da Chapada do Araripe.

GeossítiosEditar

  • Colina do Horto
  • Cachoeira de Missão Velha
  • Floresta Petrificada do Cariri
  • Batateira
  • Pedra Cariri
  • Parque dos Pterossauros
  • Riacho do Meio
 
Formações rochosas do Geoparque.
  • Ponte de Pedra
  • Pontal de Santa Cruz

Popularização na mídiaEditar

Vários dinossauros, pterossauros, peixes e plantas do Parque Geológico do Araripe aparecem na obra de ficção-científica brasileira "Realidade Oculta".

Referências

  1. «Chapada do Araripe vira parque geológico». Folha de S.Paulo. 25 de setembro de 2006. Consultado em 2 de janeiro de 2015 

Leite. M. Brasil, Paisagens Naturais. São Paulo: Editora Ática, ISBN 978850810863-3

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Geoparque Araripe