Geraldo Maria de Morais Penido

Dom Geraldo Maria de Morais Penido (Rio Manso, 6 de setembro de 1918Aparecida, 15 de novembro de 2002), foi um arcebispo católico brasileiro.

Geraldo Maria de Morais Penido
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo-emérito de Aparecida
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Aparecida
Nomeação 18 de setembro de 1982
Predecessor Dom Carlos Carmelo Cardeal de Vasconcelos Motta
Sucessor Dom Frei Aloísio Cardeal Lorscheider, O.F.M.
Mandato 1982 - 1995
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 4 de abril de 1942
Nomeação episcopal 10 de março de 1956
Ordenação episcopal 11 de maio de 1956
por Dom Antônio dos Santos Cabral
Nomeado arcebispo 14 de abril de 1962
Brasão arquiepiscopal
ArchbishopPallium PioM.svg
Dados pessoais
Nascimento Rio Manso
6 de setembro de 1918
Morte Aparecida
15 de novembro de 2002 (84 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas -Bispo-auxiliar da Belo Horizonte (1956-1957)
-Bispo-coadjutor de Juiz de Fora (1957-1958)
-Bispo de Juiz de Fora (1958-1962)
-Arcebispo de Juiz de Fora (1962-1977)
-Arcebispo-coadjutor de Aparecida (1977-1982)
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

A ordenação presbiteral ocorreu em 4 de abril de 1942. Eleito bispo em 10 de março de 1956, recebeu a ordenação episcopal no dia 11 de maio de 1956, das mãos de Dom Antônio dos Santos Cabral, sendo concelebrante Dom Helder Pessoa Câmara e Dom Luis do Amaral Mousinho.

EpiscopadoEditar

Ordenações episcopaisEditar

Dom Geraldo foi celebrante principal de:

Dom Geraldo foi concelebrante principal de:

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.