Giacomo Balduino

Giacomo Balduino (em latim: Jacobus Balduinus; Bolonha, 1175 – Bolonha, 10 de abril de 1235[1]) foi um jurista italiano da Idade Média, aparentemente da Escola de Bolonha.

Giacomo Balduino
Página do manuscrito em latim Quaestiones de Giacomo Balduino. Biblioteca Apostólica Vaticana
Nascimento 1175
Bolonha
Morte 10 de abril de 1235 (59–60 anos)
Bolonha
Ocupação jurista
Empregador Universidade de Bolonha

BiografiaEditar

Ele nasceu em Bolonha, e tem fama de ter pertencido a uma família nobre. Foi aluno de Azo e professor de Odofredus (Odofredo), do canonista Hostiensis (Henrique de Susa) e de Jacobus de Ravanis (Jacques de Révigny), que ensinou em Orleães. Sua grande fama como professor de Direito romano-germânico na Universidade de Bolonha fez com que Balduino fosse eleito podestà da cidade de Gênova, onde lhe foi confiada a reforma jurídica da República de Gênova. Morreu em Bolonha em 1235[1] e deixou como legado alguns tratados sobre Direito processual, os primeiros de seu gênero.[2]

Notas

  1. a b «BALDOVINI, Iacopo in "Dizionario Biografico"». www.treccani.it (em italiano). Consultado em 5 de novembro de 2019 
  2. Chisholm Hugh (ed.). «Balduinus, Jacobus». Encyclopædia Britannica (em inglês). 3 1911 ed. Cambridge: Cambridge University Press. p. 244 

Referências