Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O gilé, giley ou quarenta é um jogo de cartas que se utiliza o baralho espanhol de 28 cartas, tendo os ases, reis, cavalos sotas, sete, tres e dois somente. O ás vale 11 pontos; as figuras, dois e três valem 10 pontos; o sete vale 7. O jogo necessita de tentos, fichas ou qualquer coisa que sirva como dinheiro.

O objetivo é o mesmo do golfo ou gofo, somar o máximo de pontos com cartas de mesmo naipe.

Os envitesEditar

Iguais ao pôquer, pode-se envidar, ou seja, apostar, fugir é deixar suas cartas e deixar suas apostas pros outros, aceitar é colocar uma mesma aposta em cima da mesa, bancando esta e aumentar é colocar mais apostas em jogo.

Desenrolar de uma partidaEditar

Dá-se 2 cartas a cada jogador. Se todos passam, ou seja, não envidam, dá-se as cartas tudo de novo. Há uma rodada de envites. Depois desta, se prosseguir, dá-se mais 2 cartas, tendo uma nova rodada de envites. Se continuar o jogo, então deve-se descartar as cartas que quiser, e então, outra rodada de envites começa. Resumindo os lances:

  • duas cartas inicias.
  • recebimento de duas cartas.
  • descartes(rodada final).

A jogada máxima é o giley, de 41 pontos. Se ouver empate, o mão ganha. Uma variante determina o empate por naipe. Então essa sequencia seria, descrescentemente, ouros, copas, espadas e bastos. Deve-se combinar que tipo de empate se prefere jogar.