Giles Corey

Giles Corey (1612? - 19 de setembro de 1692) foi fazendeiro próspero e membro da Igreja, no início de América colonial, que morreu sob tortura judicial durante os julgamentos das Bruxas de Salém. O nome de seus pais e seus primeiros anos são completamente incertos. Pelo tempo de seu julgamento, era rico o suficiente para ter sua terra. Casou-se duas vezes, a primeira com certa Maria cujo sobrenome é desconhecido e a segunda com Marta Rich (depois de casada, Marta Corey). Além de dois enteados, teve uma filha de sangue.[1]

Giles Corey
Nascimento 1611
Northampton (Reino Unido)
Morte 19 de setembro de 1692
Salem (Reino Unido)
Cidadania Inglaterra
Cônjuge Martha Corey
Ocupação agricultor
Causa da morte tortura

Referências

BibliografiaEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.