Giselle LaRonde
Nascimento 24 de outubro de 1963 (56 anos)
Port of Spain
Cidadania Trinidad e Tobago
Ocupação modelo, competidor de concurso de beleza
Prêmios Medalha Chaconia

Giselle Laronde (Port of Spain, 24 de outubro de 1963) é uma modelo de Trinidad e Tobago que venceu o concurso de Miss Mundo 1986, tornando-se, aos 23 anos, a primeira mulher de seu país a vencer este concurso, que foi realizado no Royal Albert Hall, em Londres, no Reino Unido, em 14 de novembro de 1986.

BiografiaEditar

Nascida Giselle Jeanne-Marie Laronde, ela morou com a família em diversas cidades de Trinidade e Tobago durante a infância, antes de se fixar em Marabella, onde trabalhava como secretária quando decidiu participar dos concursos de beleza. Ela também trabalhava como modelo e havia se formado na St. Francois Girls High School.

Gisele tem três irmãos mais jovens: Janine, Marcel e Maurice. [1]

Após o reinado, casou-se e passou a usar o sobrenome Laronde-West.

Participação em concursos de belezaEditar

Miss Trinidade e TobagoEditar

Em 2013, o jornal jamaicano The Gleaner escreveu que ela ganhou um vestido e um maiô de alguns amigos, que a incentivaram, junto com a família, a participar do " TnT Show". "Senti-me fabulosa usando a faixa", disse ela ao mesmo jornal, se referindo à vitória no concurso, que lhe deu o direito de participar do Miss Mundo. [2]

Miss MundoEditar

No dia 14 de novembro de 1986, Giselle derrotou outras 87 concorrentes, entre elas a atriz Halle Berry, e levou o título de Miss Mundo 1986.

Segundo o The Gleaner, "em Londres, ela liderou as apostas para o concurso e foi escolhida como a favorita pelo jornal Daily Mirror".

ReinadoEditar

Milhares de pessoas recepcionaram Laronde quando ela voltou a seu país. "Meu reinado foi como um conto de fadas. Viajei para cerca de 25 países diferente, em todos os continentes, e arrecadei milhares de dólares enquanto visitava hospitais e orfanatos, e participava de bailes e grandes eventos", disse Laronde ao The Gleaner.

"A víamos raramente durante o reinado e quando ela veio passar o Natal com a família, quase era preciso ter hora marcada para falar com ela", disse sua irmã numa entrevista. [3]

Vida após os concursosEditar

Após o reinado, Laronde estudou na University of London, onde ser formou em Sociologia e Comunicação. Ao Kreol Magazine, em 2015, ela disse que Londres se tornou uma de suas cidades favoritas. [4]

De volta a seu país-natal, casou e teve dois filhos, Kye e Kristo.

Em 2015, ela trabalhava como Chefe de Comunicação Corporativa e disse ao Kreol Magazine que praticava esportes como crossfit e karatê regularmente, tendo chegado a vencer o New York Karate Championships.

"Ainda hoje as pessoas me parabenizam com tanto amor que eu me sinto honrada por ter podido representar este país", disse ao The Gleaner em 2013.

CuriosidadesEditar

  • Ela foi a sétima do Caribe a vencer o Miss Mundo.
  • No ano em que ela venceu, a atriz Halle Berry também concorreu ao título, representando os EUA. "Ela era divertida e cheia de vida e passamos algum tempo juntas durante o concurso. A conheci melhor depois, quando ela veio para a Jamaica e para as Ilhas Cayman comigo depois de eu vencer", disse Gisele ao The Gleaner.
  • Giselle foi a segunda de seu país a vencer um grande concurso internacional. Sua conterrânea Janelle Commisiong havia, antes, vencido o Miss Universo 1977.

Ligações externasEditar

  • «Dame of Thrones». Trinidad and Tobago Newsday (em inglês). 17 de junho de 2019. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  • «'She's our Giselle'». jamaica-gleaner.com (em inglês). 25 de fevereiro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  • «Dame of Thrones». Trinidad and Tobago Newsday (em inglês). 17 de junho de 2019. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  • Editor. «Giselle Laronde-West: Transcending Beauty | | International Magazine Kreol» (em inglês). Consultado em 2 de setembro de 2019