"Give It 2 Me"
Single de Madonna
do álbum Hard Candy
Lançamento 24 de junho de 2008 (2008-06-24)
Formato(s)
Gravação 2007
Gênero(s) Dance-pop
Duração 4:48
Gravadora(s) Warner Bros.
Composição
Produção
Cronologia de singles de Madonna
"4 Minutes"
(2008)
"Miles Away"
(2008)
Vídeo musical
"Give It 2 Me" no YouTube

"Give It 2 Me" é uma canção da cantora estadunidense Madonna, contida em seu décimo primeiro álbum de estúdio Hard Candy (2008). Foi composta e produzida pela intérprete, juntamente com Pharrel Williams, sendo que na produção, ele trabalha juntamente com Chad Hugo, sendo creditados como The Neptunes, com sua gravação decorrendo em 2007. Deriva de origens estilísticas do dance-pop, contendo instrumentação com percussões do Oeste Africano e campanas. Liricamente, é uma faixa de próprio manifesto, a qual parece ser acerca de dança e sexo, mas é uma referência para a carreira de Madonna ao longo de três décadas na indústria da música.

A canção foi enviada para as rádios mainstream através da Warner Bros. em 24 de junho de 2008, servindo como o segundo single do projeto. Mais tarde, foi comercializada em CD single, maxi single e vinil. A recepção por parte da crítica sobre a música foi positiva, a qual os críticos disseram ser um "hino de auto-capacitação" e colocaram-na como um destaque do disco. Depois de seu lançamento, atingiu as dez melhores posições da Alemanha, Finlândia, Itália, Dinamarca, França e Irlanda, além de ter conseguido o topo da parada genérica Hot Dance Club Songs, compliada pela Billboard, apesar de ter falhado ao entrar na Billboard Hot 100, tendo a 57ª posição como a melhor. Este desempenho mediano gerou duas certificações para a música; disco de platina atribuído pela Pro-Música Brasil (ABPD) e pela IFPI Dinamarca.

O vídeo musical correspondente foi filmado em abril de 2008 e co-dirigido por Tom Munro e Nathan Rissman. Não tem um enredo, sendo um vídeo filmado durante as sessões de fotos da cantora para a revista Elle, especialmente para a capa da edição de maio de 2008, com algumas cenas da artista juntamente com Williams em um fundo branco. A única interpretação que a faixa recebeu ao vivo como parte da sua divulgação foi na turnê Hard Candy Promo Tour (2008) e na Sticky & Sweet Tour (2008–09), além de uma mashup da faixa em um concerto no Madison Square Garden, juntamente com o cantor coreano Psy, na The MDNA Tour (2012). A obra recebeu uma indicação no Grammy Awards de 2009, na categoria Best Dance Recording.

Escrita e inspiraçãoEditar

"Give It 2 ​​Me" foi escrito por Madonna e Pharrell Williams como uma música de auto-capacitação. Ingrid Sischy, da revista Interview, perguntou a Madonna se a música tinha a capacidade de se tornar um hit nas festa em Ibiza. Madonna respondeu que gostou da ideia de todo mundo dançar "Give It 2 ​​Me", tratando-o como um hino de festa.[1] Quando perguntada sobre a inspiração por trás da música, Madonna disse:

"Eu basicamente o escrevi para que eu pudesse me divertir em um estádio. As palavras são muito autobiográficas. 'Não tenho limites, não tenho limites. [...] Não me pare agora. [...] Se for contra a lei, me prenda. [...] Sim, sou eu. É o meu eu provocador. A chata, a previsível"[1]

Em uma entrevista à MTV Austrália, Madonna explicou que um tema proeminente do álbum Hard Candy era sobre a incorporação da imagem de uma boxeadora, uma ideia que foi repetida na música. Segundo ela, "['Give It 2 ​​Me'] é basicamente [o sentido oposto]. Eu não sou [o tipo de pessoa] que pede 'me dê tudo o que você tem', então é uma espécie de postura forte". Inicialmente, Madonna decidiu que o título da música seria usado para intitular seu álbum então sem nome. A ideia foi descartada após o lançamento de uma música de Timbaland com o mesmo nome da canção.[2]

ComposiçãoEditar

Uma amostra de 28 segundos de "Give It 2 ​​Me", que apresenta o refrão, apoiado por um arranjo musical sintetizado e sinos.

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"Give It 2 ​​Me" é uma animada música dance-pop,[3] que, segundo o jornal The Sun, apresenta uma "batida saltitante" e o som característico de Williams.[4] Caryn Ganz, da Rolling Stone, disse que a música tem um arranjo de sintetizadores de boate, com uma sensação de hip hop.[5] Chris Williams, da Entertainment Weekly, sentiu que a sensação do hip hop é provocada pelo uso de tarolas.[6][7] De acordo com as partituras publicadas, a música é ambientada em tempo comum, com groove de ritmo dançante de 132 batimentos por minuto. É composto na clave de Sol sustenido menor, com o alcance vocal da cantora que vai desde G3 a C5. A música tem uma sequência básica de D♯m–G♯m–E–F♯–A♯m–D♯m m como sua progressão de acordes.[8]

"Give It 2 ​​Me" começa com um ritmo excêntrico e é acompanhado pelo som de uma percussão da África Ocidental.[9] A música se transforma em um ritmo dançante enquanto Madonna canta a frase: "Se é contra a lei, me prenda, se você puder lidar com isso, me despe".[10] Isso é seguido por um arranjo musical sintetizado, quando Madonna começa a cantar a frase: "Quando as luzes se apagam e não resta mais ninguém, eu posso continuar e continuar".[11] Um interlúdio, onde Madonna canta continuamente as palavras "Get Stupid", também está presente.[12] Segundo Miles Marshall Lewis, do The Village Voice, a música contém elementos do trabalho de Nile Rodgers.[7] "Give It 2 ​​Me" é escrito como uma música de auto-manifesto.[13] Liricamente, embora a música pareça ser sobre dança e sexo, na realidade Madonna usa o sarcasmo para enfatizar a longevidade de sua carreira. A letra explica que ela não quer se aposentar de sua carreira naquele momento e possui a capacidade de continuar, conforme observado nas linhas "Não me pare agora, não há necessidade de recuperar o fôlego, eu ainda posso continuar e continuar".[14]

Análise da críticaEditar

 
"Give It 2 Me" foi comparada a canção de 1981, "Super Freak", de Rick James (foto), por alguns críticos.

"Give It 2 ​​Me" recebeu elogios dos críticos de música. Elysa Gardner, do USA Today, chamou a música de "grandiosa" e "sem fôlego", chamando-a de uma das faixas de destaque do álbum.[15] Caryn Ganz, da Rolling Stone, descreveu "Give It 2 ​​Me" como um "hino espinhoso de auto-capacitação".[5] Mark Beech, da Bloomberg Television, elogiou as "batidas insidiosas" da faixa.[11] Sal Cinquemani, da revista Slant, a descreveu como uma "carreira na pista de dança", para a linha "Me dê um recorde e eu o quebrarei". No entanto, ele criticou o interlúdio "Seja estúpido", chamando-o de "completamente estúpido".[12] Jon Pareles, do The New York Times, e Alexis Petridis, do The Guardian, compararam a música com de Rick James, "Super Freak", de 1981.[13] Mark Savage, da BBC, descreveu a música como "um dos poucos momentos pop do disco [Hard Candy], com uma batida fofa e saltitante e um senso de humor que faltava na musicalidade de Madonna desde seus dias de Dick Tracy".[10] Tom Ewing, da Pitchfork, nomeou a música como uma das melhores faixas do Hard Candy, possuindo a "melodia mais urgente" do álbum, afirmando que Madonna canta a letra "Mostre-me um recorde e eu o quebrarei / eu ainda posso continuar e continuar" sobre "eletro-ska forçado, cujos teclados quebram tentando manter o ritmo".[16]

Enquanto analisava Hard Candy, Chris Williams, da Entertainment Weekly, complementou a música, dizendo que com "músicas como 'Give It 2 ​​Me' [Madonna's] revive descaradamente o espírito de celebridade dos primeiros singles como 'Lucky Star' e 'Holiday' filtrando-o através do boom sônico do hip-hop".[6] Joan Anderman, do The Boston Globe, disse que a música "acelera implacavelmente, euforicamente, no ritmo de um chocalho virtual e um baixo esquisito".[17] Joey Guerra, do Houston Chronicle elogiou os "grooves furiosos e batidas estrondosas" da música.[18] "Give It 2 ​​Me" foi comparado por Miles Marshall Lewis, do The Village Voice, à "Material Girl", música anterior de Madonna".[7] Pete Paphides, do The Times, observou como Madonna parecia diferente em músicas como "Give It 2 ​​Me", "Dance 2Night" e "She's Not Me" do álbum Hard Candy.[19] A música recebeu feedback negativo de Thomas Hauner, do PopMatters, que disse que "a ponte de percussão inspirada na África Ocidental — lançada no álbum e aterrissando aleatoriamente nesse ponto — interrompe completamente todo o potencial da música".[9] Enquanto classificava os melhores singles de Madonna em homenagem aos seus 60 anos, Jude Rogers, do The Guardian, colocou "Give It 2 ​​Me" no número 59, chamando-o de "um manifesto de carreira EDM meio irritante e meio brilhante".[20]

VideoclipeEditar

 
Madonna e Williams, durante uma cena do videoclipe de "Give It 2 Me".

O videoclipe foi filmado em 3 de abril de 2008, no Sunbeam Studios, em Londres, co-dirigido pelo fotógrafo de moda Tom Munro e Nathan Rissman. O vídeo foi gravado durante uma sessão de fotos da cantora para a revista Elle, no qual ela estamparia a capa da edição de maio. O visual retro-chique usado por Madonna no vídeo foi inspirado na sessão de fotos.[21] O vídeo contou com a participação do rapper Pharrell Williams; ele foi retratado ao lado de Madonna, cantando para a câmera na frente de vários cenários. Madonna usava botas de PV na altura da coxa, roupas íntimas visíveis e tops transparentes no vídeo.[22] Os vestidos foram desenhados por várias marcas de moda, incluindo Chanel e Roberto Cavalli.[23]

O vídeo começa com Madonna se esticando na frente de um espelho na parede, enquanto o barulho do trânsito é ouvido. Durante o primeiro verso, Madonna é mostrada em um elegante vestido preto Chanel com maquiagem retrô. À medida que a ponte da música aumenta, ela é mostrada dançando na frente de uma tela branca, vestindo um boné francês e de pé em um sofá.[22] Quando o refrão da música começa, ela dança segurando um arco e acaricia com longos pêlos pretos. O segundo verso mostra Madonna e Williams alternando posições, com Williams usando óculos de sol em algumas cenas.[22] No interlúdio "Get stupid", Williams é mostrado arrastando uma bolsa pelo chão atrás de Madonna. O vídeo termina com uma Madonna exausta, adormecendo no chão do estúdio.[22]

O Daily Mail chamou o vídeo de "excêntrico" e escreveu que "[Madonna] não tem planos de atenuar sua imagem atrevida".[22] A MTV disse que a essência do vídeo era a mesma do álbum de compilação de Madonna de 1990, The Immaculate Collection, cujas fotos embutidas a exibiam em trajes de jóias. A filmagem em preto-e-branco e a sensação burlesca foram comparadas com "Vogue" (1990). Segundo a MTV, elementos da Confessions Tour de Madonna, em 2006, foram incluídos na coreografia da dança. Eles acrescentaram que "ela jogou uma nova coreografia, uma participação especial de Pharrell e jóias suficientes para dar ao Mr. T um complexo de inferioridade".[24] Bill Lamb, do About.com, elogiou o corpo "deslumbrante" de Madonna no vídeo, embora ela tivesse completado 50 anos no verão de 2008. Ele acrescentou que o vídeo enfatiza o "incrível poder de permanência de Madonna como uma das principais estrelas pop do mundo por 25 anos".[25] Em 2009, o vídeo foi incluído na compilação de Madonna, Celebration: The Video Collection.[26]

Apresentações ao vivoEditar

 
Madonna performando "Give It 2 Me" na última data da Sticky & Sweet Tour, em Tel Aviv, Israel. À esquerda está sua filha Lourdes (com os óculos), dançando ao som da música.

A música foi apresentada durante a turnê promocional do álbum Hard Candy, e a turnê Sticky & Sweet Tour (2008-09); ambas as performances foram semelhantes. Na turnê promocional, "Give It 2 ​​Me" foi apresentada como a quinta música do setlist. Madonna usava um vestido preto brilhante com caudas pretas, calça Adidas e botas de salto alto.[27] Toda vez que o refrão tocava, Madonna e seus dançarinos pulavam para cima e para baixo, enquanto balançavam as mãos no ar. A performance foi apoiada por luzes de laser no fundo e duas telas móveis, que exibiam Williams, realizando suas falas.[28]

Na turnê Sticky & Sweet, "Give It 2 ​​Me" foi apresentada como a música de encerramento da seção "Delírio futurista com influência japonesa".[29] Durante o último segmento do show, Madonna usava um vestido robótico futurista com placas no ombro e uma peruca com longos cabelos encaracolados.[30] Ela abriu o peitoral da apresentação anterior e começou a cantar "Give It 2 ​​Me". Partes da letra da música apareceram nas telas no estilo de um videogame de tiro, apresentando jogos dos anos 80 como Space Invaders e Asteroids. Gradualmente, mais e mais dançarinos se juntaram a Madonna, e juntos começaram a pular no palco. Williams apareceu nas telas para cantar suas falas. Ele fez uma participação especial nos shows de "Give It 2 ​​Me", na parada do Madison Square Garden.[31] Perto do final da apresentação, Madonna pediu à platéia para cantar junto com ela enquanto ela gritava: "Ninguém nunca vai me parar"[nota 1].[32] A performance terminou com os cenários de vídeo mostrando o rosto suado, carrancudo e exausto de Madonna, enquanto ela desaparecia atrás das telas reformadas em forma de cubículo, que mostravam as palavras 'Game Over' e 'Holiday' começando a tocar em segundo plano.[30][33]

Elementos da música foram usados ​​no número de abertura, "Girl Gone Wild", durante o The MDNA Tour em 2012. Em 13 de novembro de 2012, durante a segunda apresentação do MDNA Tour no Madison Square Garden, em Nova Iorque, Madonna se juntou ao palco por Artista coreano Psy. Juntos, eles apresentaram um mashup da música e "Gangnam Style".[34] Ao apresentar Psy, Madonna disse à multidão que "voou de Frankfurt, na Alemanha, nesta manhã, apenas para animar sua bunda!".[34] Durante a performance Madonna e Psy (que usava um terno vermelho brilhante e seus óculos escuros) executaram "Gangnam Style".[34][35] Joyce Chen, do New York Daily News, descreveu a apresentação como um "espetáculo", afirmando que a multidão "enlouqueceu".[34]

CréditosEditar

  • Madonna – escritora, co-produtora, vocais principais
  • Pharrell Williams – escritor, vocais adicionais
  • The Neptunes – produtor
  • Mark "Spike" Stent – mixagem de áudio
  • Andrew Coleman – coordenação de mixagem

Lista de faixas e formatosEditar

Desempenho comercialEditar

Nos Estados Unidos, antes de seu lançamento oficial como single, "Give It 2 ​​Me" atingiu o número 57, tornando-se a estréia mais alta da semana na Billboard Hot 100, mas começou a decair na semana seguinte. Estreou no número 21 na parada Hot Digital Songs, e 41 na parada Pop 100.[36] The track failed to gain airplay upon its release to radio.[37] A faixa não conseguiu atingir o Billboard Hot Dance Airplay quando foi lançada no rádio.[38] Ela liderou o Billboard Hot Dance Airplay, bem como as paradas do Hot Dance Club Play; tornando-se o 39º single número um de Madonna no último gráfico.[39][40] Até abril de 2010, a música já havia vendido 316,000 unidades digitais.[41] Antes de ser lançado oficialmente no Canadá, o single estreou e alcançou o número oito na Hot 100 canadense, tornando-se a maior estreia da semana. O single flutuou nas paradas nas próximas semanas, mas não ultrapassou o pico máximo alcançado de número oito. Ele esteve presente por um total de 20 semanas no gráfico.[42]

"Give It 2 ​​Me" entrou na parada de singles do Reino Unido, UK Singles Chart, no número 73 na semana de 4 de maio de 2008, mas caiu na semana seguinte. Ele entrou novamente no número 25 na semana do gráfico de 5 de julho de 2008, chegando finalmente ao número sete. A música permaneceu na parada por um total de 19 semanas.[43] De acordo com a The Official Charts Company, "Give It 2 ​​Me" vendeu 170,000 cópias por lá.[44] Na parada de singles do final do ano de 2008 no Reino Unido, a música chegou ao número 73.[45] Na Austrália, a música estreou no número 23, a partir dai começou a decair.[46]

Nos Países Baixos, o single estreou na parada Dutch Top 40, no número 19. Na quarta semana, a música subiu para o número um e passou seis semanas no topo.[47] "Give It 2 ​​Me" estreou no número um na PROMUSICAE da Espanha, e passou quatro semanas no topo da parada.[48] Ele também alcançou o top dez das paradas oficiais da Alemanha, Áustria, Bélgica (Flandres e Valônia), Dinamarca, Eslováquia, Finlândia, França, Irlanda, Itália, República Tcheca e Suíça.[49] "Give It 2 ​​Me" recebeu uma certificação de platina no Brasil e uma certificação de ouro na Dinamarca, pela Pro-Música Brasil (PMB) e IFPI Dinamarca, pelas vendas superiores à 100,000 e 7,500 cópias, respectivamente.[50][51]

Tabelas semanaisEditar

Histórico de lançamentoEditar

Região Data Formato
Estados Unidos 24 de junho de 2008 (2008-06-24)[93] Rádios
15 de julho de 2008 (2008-07-15)[94] CD single
Reino Unido 14 de julho de 2008 (2008-07-14)[95]
Argentina 16 de julho de 2008 (2008-07-16)[96]
Estados Unidos 26 de agosto de 2008 (2008-08-26)[97] Vinil
Reino Unido 15 de julho de 2008 (2008-07-15)[98]

Notas

  1. No original: "No one is ever going to stop me".

Referências

  1. a b Sischy, Ingrid. «Madonna: On Why We Must Be Free». Interview (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  2. Vena, Jocelyn. «Madonna Talks Filth, Wisdom And Confectionary» (em inglês). MTV. Consultado em 30 de abril de 2016 
  3. Xenergy, DJ. «Madonna – 'Hard Candy'» (em inglês). About.com. Consultado em 30 de abril de 2016 
  4. Reporter, Sun. «Madonna fans: I've got Candy». The Sun (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  5. a b Ganz, Caryn. «Madonna: Hard Candy: Review». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  6. a b Williams, Chris. «Madonna: Hard Candy (2008)». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  7. a b c Lewis, Miles Marshall. «A half-centenarian provides more porny pop excellence». The Village Voice (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  8. «Give It 2 Me (As performed by Madonna on the album Hard Candy» (em inglês). Sheet Music Plus. Alfred Publishing. p. 156. AP.29864. Consultado em 30 de abril de 2016 
  9. a b Hauner, Thomas. «Madonna Hard Candy». PopMatters Sarah Zupko (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  10. a b Savage, Mark. «Review: Madonna's Hard Candy» (em inglês). BBC. Consultado em 30 de abril de 2016 
  11. a b Beech, Mark. «Madonna Gets Down and Dirty at Disco for Midlife CD» (em inglês). Bloomberg Television. Consultado em 30 de abril de 2016 
  12. a b Cinquemani, Sal. «Madonna: Hard Candy». Slant Magazine (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  13. a b Jon Pareles. «Material Woman, Restoring Her Brand». The New York Times (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  14. Norris, John. «Madonna Talks About Turning 50 – Sort Of» (em inglês). MTV. Consultado em 30 de abril de 2016 
  15. Gardner, Elysa. «Listen Up: Get into the groove with Madonna's 'Hard Candy'». USA Today (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  16. «Madonna: Hard Candy Album Review» (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  17. Anderman, Joan. «On her 11th CD, Madonna still has control issues». Boston Globe (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  18. Joey Guerra. «Big-name help, production mostly a success». Houston Chronicle (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  19. Paphides, Pete. «Madonna: Hard Candy». The Times (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  20. Rogers, Jude. «Every one of Madonna's 78 singles – ranked!». The Guardian (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  21. Doonan, Simon. «Force Of Nature». Elle (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  22. a b c d e Daily Mail, Reporter. «Now mother-of-three Madonna cavorts around with Pharrell, 15 years her junior, for her new raunchy video». Daily Mail (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  23. Wilson, Eric. «Who's That Girl?» (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  24. Cultured, Pop. «New Video: Madonna, 'Give It 2 Me'» (em inglês). MTV. Consultado em 30 de abril de 2016 
  25. Lamb, Bill. «Madonna Shows Off Serious Pop Star Moves in 'Give It 2 Me' Video» (em inglês). About.com. Consultado em 30 de abril de 2016 
  26. Greenblatt, Leah. «Madonna's 'Celebration' track list revealed: Are the greatest hits all there?». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  27. Rodman, Sarah. «Madonna Opens Up "Candy" Shop». Boston Globe (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  28. Hawgood, Alex. «Gonna Make You Sweat, Madonna at the Roseland Ballroom». The New York Times (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  29. Bernstein, Jacob. «Madonna's Costumes for Her Sticky and Sweet Tour». Women's Wear Daily (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  30. a b Pareles, Jon. «Aerobic, Not Erotic: The Concert as Workout». The New York Times (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  31. Hand, John. «Rapper Williams joins Madonna gig» (em inglês). BBC News. Consultado em 30 de abril de 2016 
  32. Hand, John. «Rapper Williams joins Madonna gig» (em inglês). BBC News. Consultado em 30 de abril de 2016 
  33. Guerra, Joey. «Madonna revs up Minute Maid crowd». Houston Chronicle (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  34. a b c d «Psy joins Madonna onstage at Madison Square Garden to perform 'Gangnam Style' dance». Daily News (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  35. «Madonna succumbs to Psy's 'Gangnam Style' in New York». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2016 
  36. a b «Madonna (Billboard 100)». Billboard. Consultado em 30 de abril de 2016 
  37. Caulfield, Keith. «Ask Billboard: Madonna, RIAA Certifications, AC/DC». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  38. Caulfield, Keith. «Ask Billboard: Madonna, RIAA Certifications, AC/DC». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  39. a b «Madonna (Dance Club Songs)» (em inglês). Billboard. Consultado em 4 de maio de 2016 
  40. «Billboard Hot Dance Airplay». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  41. Trust, Gary. «Ask Billboard:'Glee'-ful About Madonna». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  42. a b «Madonna (Canadian Hot 100)» (em inglês). Canadian Hot 100. Consultado em 19 de junho de 2014 
  43. a b «Madonna – Give It 2 Me (UK Singles Chart)» (em inglês). UK Singles Chart. Consultado em 19 de junho de 2014 
  44. «Madonna: The Official Top 40» (em inglês). MTV. Consultado em 19 de junho de 2014 
  45. a b http://www.ukchartsplus.co.uk/ChartsPlusYE2008.pdf
  46. a b «Madonna – Give It 2 Me (ARIA Charts)» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 19 de junho de 2014 
  47. a b «Madonna – Give It 2 Me (Dutch Top 40)». Media Markt Top 40. Consultado em 4 de dezembro de 2019 
  48. a b «Madonna – Give It 2 Me (Productores de Música de España)» (em inglês). Productores de Música de España. Consultado em 19 de junho de 2014 
  49. a b «Madonna – Give It 2 Me (Ultratop 50)» (em inglês). Ultratop 50. Consultado em 19 de junho de 2014 
  50. a b «Certificações (Brasil) (single) – Madonna – Give It 2 Me». Pro-Música Brasil. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  51. a b «Certificações (Dinamarca) (single) – Madonna – Give It 2 Me» (em dinamarquês). IFPI Dinamarca. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  52. «Madonna – Give It 2 Me (GfK Entertainment Charts)» (em inglês). GfK Entertainment Charts. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  53. «Madonna – Give It 2 Me (Ö3 Austria Top 40)» (em inglês). Ö3 Austria Top 40. Consultado em 19 de junho de 2014 
  54. «Madonna – Give It 2 Me (Ultratop 40)» (em inglês). Ultratop 40. Consultado em 19 de junho de 2014 
  55. «Madonna – Give It 2 Me (Tracklisten)» (em inglês). Tracklisten. Consultado em 19 de junho de 2014 
  56. «Madonna – Give It 2 Me (The Official Charts Company)» (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  57. «Madonna – Give It 2 Me (IFPI Slovenská Republika)» (em inglês). IFPI Slovenská Republika. Consultado em 19 de junho de 2014 
  58. «Madonna (Dance/Mix Show Airplay)». Billboard (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2019 
  59. «Madonna (Euro Digital Songs)». Billboard (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2019 
  60. «Eurochart Hot 100 Singles». Billboard. 31 de maio de 2008. Consultado em 19 de junho de 2014 
  61. «Madonna – Give It 2 Me (IFPI Finlândia)» (em inglês). Pop Songs. Consultado em 19 de junho de 2014 
  62. «Madonna – Give It 2 Me (Syndicat National de l'Édition Phonographique)» (em inglês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 19 de junho de 2014 
  63. «Madonna – Give It 2 Me (Dance Top 40)». Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége (em húngaro). Consultado em 23 de janeiro de 2019 
  64. «Madonna – Give It 2 Me (Rádiós Top 40)». Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége (em húngaro). Consultado em 23 de janeiro de 2019 
  65. «Madonna – Give It 2 Me (Rádiós Top 40)». Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége (em húngaro). Consultado em 23 de janeiro de 2019 
  66. «Madonna – Give It 2 Me (Irish Recorded Music Association)» (em inglês). Irish Recorded Music Association. Consultado em 19 de junho de 2014 
  67. «Madonna – Give It 2 Me (Federazione Industria Musicale Italiana)» (em inglês). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 19 de junho de 2014 
  68. «Madonna – Give It 2 Me (VG-lista)» (em inglês). VG-lista. Consultado em 19 de junho de 2014 
  69. «Madonna – Give It 2 Me (Single Top 100)» (em inglês). MegaCharts. Consultado em 10 de novembro de 2017 
  70. «Madonna – Give It 2 Me (Portugal Digital Songs)» (em inglês). Billboard. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  71. «Madonna – Give It 2 Me (IFPI Česká Republika)» (em inglês). IFPI Česká Republika. Consultado em 19 de junho de 2014 
  72. «Madonna – Give It 2 Me (Sverigetopplistan)» (em inglês). Sverigetopplistan. Consultado em 19 de junho de 2014 
  73. «Madonna – Give It 2 Me (Schweizer Hitparade)» (em inglês). Schweizer Hitparade. Consultado em 19 de junho de 2014 
  74. «Madonna – Give It 2 Me (Türkiye Top 20)» (em turco). Billboard. Consultado em 28 de dezembro de 2017 
  75. «Madonna – Give It 2 Me (Record Report)» (em espanhol). Record Report. Consultado em 26 de dezembro de 2017 
  76. «Top 100 Single-Jahrescharts» (em alemão). GfK Entertainment. Consultado em 19 de junho de 2014 
  77. Hung, Steffen. «Jahreshitparade 2008 – austriancharts.at» (em alemão). Consultado em 19 de junho de 2014 
  78. «ultratop.be – ULTRATOP BELGIAN CHARTS» (em francês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  79. «ultratop.be – ULTRATOP BELGIAN CHARTS» (em francês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  80. «Canadian Hot 100: 2008 Year-End Charts». Billboard (em alemão). Consultado em 19 de junho de 2014 
  81. «CIS Year-End Radio Hits (2008)» (em inglês). Tophit. Consultado em 19 de junho de 2014 
  82. «Archived copy» (PDF) (em espanhol). Consultado em 19 de junho de 2014 
  83. «2008 Year-End Hot Dance Club PLay». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  84. «Dance/Mix Show Songs – Year-End 2008». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  85. «2008 Year-End European Singles». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  86. «Musiikkituottajat – Tilastot – Myydyimmät levyt». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  87. http://www.disqueenfrance.com/fr/pag-259376-Classements-Annuels.html?year=2008
  88. «Éves összesített listák». Billboard (em húngaro). Mahasz. Consultado em 19 de junho de 2014 
  89. «Top 100-Jaaroverzicht van 2008» (em neerlandês). Dutch Top 40. Consultado em 19 de junho de 2014 
  90. Hung, Steffen. «Dutch Charts – dutchcharts.nl» (em neerlandês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  91. «www.sverigetopplistan.se – Årslista Singlar – År 2008». Billboard (em suéco). Consultado em 19 de junho de 2014 
  92. Hung, Steffen. «Swiss Year-End Charts 2008 - swisscharts.com» (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  93. «Going For Adds» (em inglês). Friday Morning Quarterback. Consultado em 19 de junho de 2014 
  94. «Billboard Discography – Madonna – Give It 2 Me». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2014 
  95. «Give It 2 Me audio CD» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 19 de junho de 2014 
  96. «Give It 2 Me" Argentina release» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 19 de junho de 2014 
  97. «Amazon – Give It 2 Me 12" 2 LP Vinyl» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 19 de junho de 2014 
  98. «Give It 2 Me 12" Picture Disc» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 19 de junho de 2014