Abrir menu principal
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde novembro de 2011) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Glauce Cândido Graieb
Nome completo Glauce Graieb
Nascimento 14 de novembro de 1944 (74 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Atriz
Parentesco Nívea Maria (atriz)
IMDb: (inglês)

Glauce Cândido Graieb (São Paulo, 14 de Novembro de 1944) é uma atriz brasileira, irmã da também atriz Nívea Maria.

Índice

BiografiaEditar

Glauce iniciou sua carreira de atriz, no ano de 1965 na extinta TV Excelsior, na telenovela O caminho das estrelas. Logo após atuou em Onde nasce a ilusão, dando vida a personagem Clarice. Glauce mudou de emissora, indo trabalhar na também extinta TV Tupi, e a partir dai teve vários trabalhos como Divinas & maravilhosas de 1973, Ídolo de pano de 1974, Um dia, o amor de 1975 e Papai Coração de 1976, entre outras.

Depois de um longo período, foi para a Rede Globo, onde participou das telenovelas Marina e As três Marias ambas em 1980. Em seguida mudou-se para a TV Cultura, onde atuou em Casa de pensão no ano de 1982. Após alguns anos, Glauce voltou a televisão pelo SBT, para atuar na telenovela Fascinação de 1998 dando vida a grande vilã Melânia da Silva Prates. Já na Rede Record, fez a telenovela Louca Paixão de 1999. De volta ao SBT, Glauce interpretou a terrível assassina Amparo na novela Marisol, de 2002. Também atuou em Jamais te esquecerei, de 2003 e Os Ricos Também Choram de 2005.

De volta a Rede Globo, Glauce atuou em Paraíso Tropical, de 2007, Ciranda de Pedra em 2008 e também na minissérie Maysa - Quando Fala o Coração, de 2009. Em 2011, ela esteve no folhetim do SBT Amor e Revolução, interpretando a personagem Ana Guerra. Essa telenovela causou algumas polêmicas por conta do seu tema central, em torno do período do Regime militar no Brasil.[1]

Trabalhos na televisãoEditar

Ano Título Personagem
1965 O caminho das estrelas Alice
Onde nasce a ilusão Clarice
1973 Divinas & maravilhosas Suzy
1974 Ídolo de pano Luísa
1975 Um dia, o amor Maria Leonor
Meu rico português Norma
1976 Papai Coração Eunice
1977 O Profeta Ruth
1980 As três Marias Aurinívea
Marina Marlene
1982 Casa de pensão Hortência
1984 Livre Para Voar Aretusa Campobello
1998 Fascinação Melânia da Silva Prates[2]
1999 Louca Paixão Teresa Albuquerque
2002 Marisol Amparo Lima do Vale
2003 Jamais te esquecerei Madre Superiora
2005 Os Ricos Também Choram Maria José
2007 Paraíso Tropical Lyra
2008 Ciranda de Pedra Madame Lenah
2009 Maysa - Quando Fala o Coração Teresa Matarazzo
Caminho das Índias Sra. Chanti
2010 Por Toda a Minha Vida Ema Rubinato
2011 Amor e Revolução Ana Guerra
2013 Carrossel Regina Medsen (Gina)
2014 Chiquititas Regina Bittencourt
2017 Tempo de Amar Madame Lenah

ReferênciasEditar

  1. «Biogafia da atriz Glauce Graieb». Museu da TV. Consultado em 28 de fevereiro de 2012 
  2. Rui Dantas; Reportagem Local/Folha (26 de julho de 1998). «SBT vai adotar ponto eletrônico/Clara se torna milionária». TVFolha. Folha de S.Paulo. 8 páginas. Consultado em 10 de novembro de 2011 

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.