Globo Ecologia

Programa de TV sobre ecologia do Brasil

Globo Ecologia foi um programa de televisão sobre educação ambiental exibido pela TV Globo e retransmitido pela GloboNews entre os anos de 1990 e 2014.[1][2]

Globo Ecologia
Globo Ecologia
Logotipo usado até a extinção do programa.
Informação geral
Formato programa jornalístico
Gênero
Duração 25 minutos
Criador(es) Fundação Roberto Marinho
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Temporadas 23
Produção
Apresentador(es) Max Fercondini
Tema de abertura "Feliz Aniversário", por Edgar Duvivier (1990 - 1997)

"Instrumental", por Quinteto Violado (1997 - 2014)

Exibição
Emissora original Brasil TV Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 5 de novembro de 19902 de agosto de 2014
Cronologia
Como Será?
Programas relacionados Globo Ciência
Globo Universidade
Globo Educação
Ação

História

editar

O programa teve sua primeira edição no dia 4 de novembro de 1990, sob apresentação de Victor Fasano com direção de Cláudio Savaget e Paulo Motta.[3][4] Inicialmente, a atração possuía um formato de revista eletrônica e com uma curta duração de vinte minutos, consistindo em dois blocos, primeiro com três quadro fixos, com dicas de soluções em ecologia, o Verde Clipe, com exibição de vídeos caseiros ou profissionais enviados pela audiência, que continha o tema ecologia como mote e o quadro Deu Certo, contando história de iniciativas que deram certo na medida de preservação do meio ambiente.[3]

O segundo bloco foi ocupado pela exibição de uma ou duas reportagens que mostravam Organização não governamentais (ONG's) e matéria sobre conservação da natureza.[3] O Globo Ecologia foi um dos primeiros programas a mostrar o trabalho de organizações não governamentais como o projeto Tamar, que protege as tartarugas-marinhas, e o projeto Peixe-Boi, que trabalha pela preservação dessa espécie.

Entre os anos de 1995 e 1997, o programa passou uma série de mudanças ganhando um tom mais didático sobre questões ecológicas.[3] Nesses dois anos, Fasano deixou de ser o principal apresentador, tendo o programa ganho um revezamento de atores da TV Globo para apresentar o programa com nomes como Cláudio Fontana, Cássia Linhares, Daniel Dantas, Nívea Stelmann, Chico Diaz e Danton Mello, Edson Celulari, Cássia Kis, Drica Moraes e Alexandre Borges.[2][5]

No ano de 1998, o programa passou por outra mudança, passando a contar com Danton Mello e Cláudio Heinrich no estúdio e participando das reportagens como repórteres.[6][7] Nesse mesmo ano, o ator Danton Mello, na época apresentador do programa, juntamente da equipe de reportagem do programa, sofreram um grave acidente de helicóptero em uma mata em Roraima.[8] Nesse acidente, um operador de áudio veio à óbito.[9]

A partir de 8 de abril de 2006, o programa passou a ser apresentado por Guilherme Berenguer.[10] A partir de 25 de abril de 2009, o programa foi apresentado pelo ator Max Fercondini, com reportagens do jornalista Frederico Roriz.[11]

Encerramento

editar

O ator Max Fercondini ficou à frente do programa até 2 de agosto de 2014, quando foi ao ar a última exibição.[12] Após vinte e três temporadas, o Globo Ecologia saiu do ar.[12] Em sua faixa de horário estreou o Como Será?, apresentado pela jornalista Sandra Annenberg.[13][14]

Apresentadores

editar

Prêmios

editar
Prêmios e indicações de Globo Ecologia
Ano Premiação Categoria Resultado Ref.
1992 Prêmio Gáucho de Ouro Congratulado [15]
1994 Prêmio Senac São Paulo de Turismo Ambiental
1995 Prêmio Professor Azevedo Netto
1996 Troféu Preserve o Planeta Terra
1999 Prêmio OAB-MG, de Melhor Programa sobre Meio Ambiente
Festival Internacional de L’Emission Scientifique de Television Menção honrosa
2001 Programa Nacional Biblioteca da Escola
Prêmio Especial Oparaxó
Prêmio PNBE de Cidadania Meio-ambiente
2003 Prêmio PNBE de Cidadania Meio-ambiente
2004 Prêmio Ford Conservação ambiental
Medalha Von Martius do Parque Nacional da Serra dos Órgãos Distinção
International Wildlife & Media Center Menção-honrosa
Prêmio Docol Melhor programa de TV
2005 Prêmio Muriqui Serviços em prol da conservação da Mata Atlântica [16]
Moção de aplauso na Assembleia Legislativa de São Paulo Menção-honrosa [15]
2007 Prêmio do Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza
Prêmio Von Martius de Sustentabilidade Humanidade
2012 Prêmio João Valiante de Jornalismo
Associação Brasileira de Alumínio Melhor produção de mídia eletrônica sobre reciclagem

Referências

  1. «No ar desde 1990, Globo Ecologia acumulou prêmios em sua trajetória». TV Globo. 10 de julho de 2012. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  2. a b Correia, Gabriela Araujo; Ferreira, Silvia Aline Silva; Viudes, Paula Fonseca do Nascimento (31 de dezembro de 2016). «Globo Ecologia e a grade de programação da TV Globo: uma análise acerca da educação ambiental na televisão». Revista Científica ANAP Brasil (17). ISSN 1984-3240. doi:10.17271/1984324091720161445. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  3. a b c d «Globo Ecologia». Memória Globo. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  4. «Victor Fasano volta a abordar tema ecológico | O TEMPO». O Tempo. 5 de dezembro de 2011. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  5. «Globo Ecologia: há 22 anos colocando o meio ambiente em destaque». TV Globo. 1 de dezembro de 2022. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  6. «Galã dos anos 1990 e 2000, Claudio Heinrich se diverte com o filho em praia no Rio». Quem. 6 de janeiro de 2022. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  7. Silva, Fred (8 de agosto de 2022). «Veja como está atualmente Cláudio Heinrich, de 'Uga Uga'». Metro World News Brasil. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  8. Dazzi, Carla (17 de setembro de 1998). «Danton Mello é transferido para o Rio». Folha de S. Paulo. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  9. «Danton Mello revela como superou acidente de helicóptero: 'Precisava enfrentar'». Notícias da TV. 14 de setembro de 2020. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  10. Barreira, Daniele (4 de abril de 2006). «Guilherme Berenguer é o novo apresentador do Globo Ecologia». O Fuxico. Consultado em 1 de maio de 2017 
  11. «Max Fercondini será o novo apresentador do "Globo Ecologia", do Canal Futura, informa a coluna de Patrícia Kogut». Área Vip. 16 de março de 2009. Consultado em 1 de maio de 2017 
  12. a b «Globo Cidadania: última edição vai ao ar sábado». TV Globo. 28 de julho de 2014. Consultado em 1 de maio de 2017 
  13. Gutierre, Gislaine (21 de julho de 2014). «Sandra Annenberg ganha novo programa na Globo - 21/07/2014 - Ilustrada - Folha de S.Paulo». Folha de S. Paulo. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  14. «Como será? com Sandra Annenberg terá sua estreia na manhã deste sábado na telinha da TV Tribuna». TV Tribuna. 8 de abril de 2014. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  15. a b «No ar desde 1990, Globo Ecologia acumulou prêmios em sua trajetória». TV Globo. 10 de julho de 2012. Consultado em 10 de outubro de 2022. Cópia arquivada em 11 de outubro de 2022 
  16. «Prêmio Muriqui – RBMA». Reserva da biosfera da Mata Atlântica. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  Este artigo sobre a TV Globo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.