Golpe de Estado de Skhirat

A tentativa de golpe de Estado de 10 de julho de 1971, também chamada de Golpe de Skhirat ou Matança de Skhirat, foi a primeira tentativa de golpe de Estado contra o regime de Hassan II, rei de Marrocos.[1] Tratou-se de um assalto militar ao palácio de verão de Hassan II, localizado na praia de Skhirat, durante as comemorações do 42.º aniversário do monarca. O objetivo era atacar o rei e a elite dominante ali reunida para promover as mudanças políticas no Marrocos.[2]

Golpe de Estado de Skhirat

De cima para baixo:
Tropas leais ao rei Hassan II em frente à sede da SNRT
Detenção de dois rebeldes
Período 10 de julho de 1971
Local Rabat e Skhirat, Marrocos
Causas * Permanência de Hassan II;
  • Corrupção;
  • Mal-estar no Exército
Objetivos Atacar o rei Hassan II e a elite reunida para promover as mudanças políticas
Características Assalto militar
Situação Golpe fracassado
Participantes do conflito
Marrocos Governo de Marrocos 120 cadetes da Academia Militar de Sargentos de Ahermoumou
Integrantes das Forças Armadas
Líderes
Hassan II
Mohamed Bachir El Bouhali
Mohamed Oufkir
Ahmed Dlimi
Ahmed Laraki
Driss Ben Omar El Alami
Mohamed Gharbaoui
Driss N'Michi
Bouazza Boulhimez
Hassan Hammou
Mohamed Medbouh
M'hamed Ababou
Mohamed Ababou
Hamou Amahzoune
Khyari Bougrine
Abderrahman Habibi
Mustapha Amharech
Larbi Chelouati
Mohamed Fenniri
Mohamed Bouberri
Ahmed Ammi
Lakbir Belabsir
Brahim Manousi
98 civis mortos e 59 feridos
158 mortos, 73 feridos e 1.081 presos

Esta tentativa de golpe foi liderada pelo general Mohamed Medbouh, pelo coronel Mohammed Ababou e pelo tenente-coronel M'hamed Ababou, mobilizando 120 cadetes da Academia Militar de Sargentos de Ahermoumou. Provocou uma centena de mortos e cerca de 200 feridos entre os convidados do rei. Hassan II saiu ileso.[3]

Para alguns analistas, o golpe marcou o início do período da história marroquina conhecido como Anos de Chumbo, que para outros já tinha sido iniciado na década de 1950.[carece de fontes?]

Referências

Bibliografia editar

Nota:   – este símbolo assinala as obras usadas como fontes para a redação do artigo.

Ligações externas editar