Gonçalo Amorim

Gonçalo Amorim (Porto, 1976), é um actor e encenador português.

É formado em teatro pela Escola Superior de Teatro e Cinema[1].

Já trabalhou entre outros com o Teatro o Bando[2], os Primeiros Sintomas[2], o Útero, os Artistas Unidos e a companhia Olga Roriz.

Em cinema já trabalhou com Raquel Freire, Edgar Feldman e José Filipe Costa.

Em 2007 ganhou ex-aequo, o prémio da crítica, atribuído pela A.P.C.T., pela sua encenação de "Foder e ir às compras" de Mark Ravenhill[2].

É director artístico do Teatro Experimental do Porto (TEP), desde 2012, e director artístico do Festival Internacional Teatro de Expressão Ibérica (FITEI), desde 2014.

Referências

  1. «Gonçalo Amorim». Primeiros Sintomas. Consultado em 26 de Novembro de 2013 
  2. a b c «A Mãe / De Bertolt Brecht, com música de Hanns Eisler. Encenação de Gonçalo Amorim». Culturgest. Consultado em 26 de Novembro de 2013. Arquivado do original em 11 de junho de 2012 
  Este artigo sobre teatro (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.