Abrir menu principal
Gonçalo Salvado
Nome completo Gonçalo Maria Neto dos Santos Forte Salvado
Nascimento 19 de maio de 1967 (52 anos)
Lisboa, Portugal
Nacionalidade Portugal Português
Ocupação Poeta e escritor
Prémios Prémio Sophia de Mello Breyner União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro 2013

Gonçalo Salvado (Lisboa, 19 de maio de 1967) é um poeta português cuja poesia se centra exclusivamente no erótico e na exaltação do amor sensual. Publicou treze livros de poesia e várias antologias de temática amorosa. Em 2013, foi-lhe atribuído pela União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro o Prémio Sophia de Mello Breyner Andresen pelo conjunto da sua obra poética.[1]

Bibliografia completaEditar

PoesiaEditar

  • Quando (1996), desenhos de Ribeiro Farinha
  • Embriaguez (2001)
  • Iridescências (2002), desenhos de Ambrósio Ferreira
  • Encontro ao Luar : Serigrafias de Xavier Poemas de Gonçalo Salvado (2003)
  • Cântico dos Cânticos – Poema (2007), escultura de Paul Landowski
  • Duplo Esplendor (2008), desenhos de Manuel Cargaleiro
  • Entre a Vinha 2010), desenhos de Rico Sequeira[2]
  • Corpo Todo (2010), fotografias de José Miguel Jacinto
  • Ardentia (2011), desenhos de Ambrósio Ferreira
  • Seminal (2012), desenhos de Ambrósio Ferreira[3]
  • Outra Nudez (2013), desenhos de João Cutileiro[4][1]
  • Voluptuário (2015), desenhos de João Cutileiro[5]
  • Cântico dos Cânticos (2016), desenhos de João Cutileiro, edição bilingue português/hebraico - Uma exposição bibliográfica sobre o Cântico dos Cânticos, (a primeira realizada em Portugal e no Brasil) que teve lugar na Biblioteca Municipal de Castelo Branco, acompanhou o lançamento deste livro, constituída por obras pertencentes à vasta colecção de Gonçalo Salvado sobre a temática do Cântico dos Cânticos, na qual se privilegiaram obras em língua portuguesa editadas em Portugal e no Brasil, abrangendo não apenas traduções do poema bíblico, como obras nele inspiradas,  que se repartiram por áreas temáticas diversificadas (poesia, teatro e ensaio) de autores de língua portuguesa. A exposição contou, ainda, com algumas peças que materializaram através da pintura, escultura e azulejaria alguns versículos deste poema matricial, principal influência da poesia do autor. Esta exposição teve como título Beija-me com os beijos da tua boca Cântico dos Cânticos – Exposição Bibliográfica, Colecção Gonçalo Salvado[6][7][8][9][10][11].
  • Rubá'iyat Poemas do Amor e do Vinho 77 poemas para ler e degustar (2017), desenhos de José Rodrigues - Trata-se do primeiro livro/garrafa editado em Portugal[12][13][14][15].

Livros de poesia não inseridos na obra do autorEditar

  • O Esvoaçar de Sonhos Perdidos (1982), ilustrado com desenhos do autor - primeiro livro publicado aos catorze anos com poemas influenciados por L’amour Fou e Nadja de André Breton e pela escrita onírica e automática dos Surrealistas. O livro foi renegado anos depois e a edição praticamente destruída pelo autor.
  • Onírica (1982), (desdobrável) colagem de Rui Tomás Monteiro

Antologia/transcriaçãoEditar

  • Camões Amor Somente (1999), desenhos de Ambrósio Ferreira - o livro é uma tentativa de construção de um Cântico dos Cânticos e de uma Arte de Amar em língua portuguesa a partir de fragmentos da lírica, da épica e da dramaturgia Camonianas.

Antologia em coautoria (com Maria João Fernandes)Editar

Antologias em coautoria ainda inéditas (com Maria João Fernandes)Editar

  • A Chama Eterna - O Cântico dos Cânticos na Poesia de Amor e na Cultura de Língua Portuguesa, capa de Júlio Resende, abertura de Agustina Bessa-Luís
  • “O Beijo na Poesia de Amor Portuguesa do Período Arte Nova” in: Fernandes, Maria João, Em Busca do Amor Perdido Cartas de Amor de Desconhecidos no Bilhete Postal do Fim do Século XIX aos anos 20
  • O Anjo na Poesia Amorosa de Lingua Portuguesa - Homenagem a João da Cruz e a Teresa de Ávila
  • Os Amantes de Pompeia na Poesia Amorosa Universal

ExposiçõesEditar

  • “A Invenção do Paraíso” Exposição de Homenagem a Julio/ Saúl Dias (2004), Lisboa, Galeria S. Mamede
  • “Desenhos do Poeta Gonçalo Salvado” (2005), Porto, Livraria Caixotim
  • “Artistes Poètes, Poètes Artistes - Poésie et Arts Visuels au XX e siècle au Portugal” (2013), Paris, Fundação Calouste Gulbenkian[17]
  • “Beija-me com os beijos da tua boca - Cântico dos Cânticos – Exposição Bibliográfica, Colecção Gonçalo Salvado” (2017), Castelo Branco, Biblioteca Municipal de Castelo Branco[7][8][9][10]

ReferênciasEditar

  1. a b Group, Global Media (22 de janeiro de 2014). «João Cutileiro - Poesia de Gonçalo Salvado junta-se a desenhos de Cutileiro». DN 
  2. «www.cvbairrada.pt - Entre a Vinha enaltece a mulher e o vinho». www.cvbairrada.pt. Consultado em 4 de janeiro de 2018 
  3. «Livro Seminal do poeta Goncalo Salvado apresentado na Galeria Antonio Prates - Rostos On-line». Rostos on-line. Consultado em 4 de janeiro de 2018 
  4. «Apresentação do livro "Outra Nudez"». mundopessoa.blogs.sapo.pt. Consultado em 4 de janeiro de 2018 
  5. «APRESENTAÇÃO NA LIVRARIA FERIN DOS LIVROS OUTRA NUDEZ E VOLUPTUÁRIO POESIA GONÇALO SALVADO DESENHOS JOÃO CUTILEIRO». TriploV Blog. 1 de setembro de 2015 
  6. «Gonçalo Salvado glorifica o amor em "Cântico dos Cânticos" | BeiraNews». beiranews.pt. Consultado em 4 de janeiro de 2018 
  7. a b «Salvado e Cutileiro: Cântico dos Cânticos revela novidades». www.reconquista.pt. Consultado em 4 de janeiro de 2018 
  8. a b Lagiosa, José (22 de fevereiro de 2017). «O Cântico dos Cânticos de Gonçalo Salvado». Gazeta do Interior. Consultado em 4 de Janeiro de 2018 
  9. a b «As Horas Extraordinárias de 14 Mar 2017 - RTP Play - RTP». RTP 3 
  10. a b «Portugal em Direto 2017 de 08 Mar 2017 - RTP Play - RTP». RTP 3 
  11. «Castelo Branco expõe pela primeira vez em Portugal o "Cântico dos Cânticos" | BeiraNews». beiranews.pt. Consultado em 5 de janeiro de 2018 
  12. «Primeiro livro garrafa editado em Portugal junta o amor e a arte do vinho». portocanal.sapo.pt. Consultado em 4 de janeiro de 2018 
  13. «Porto recebe lançamento do primeiro livro/garrafa publicado em Portugal | BeiraNews». beiranews.pt. Consultado em 4 de janeiro de 2018 
  14. «Cata-Ventos: Gonçalo Salvado- Poemas do vinho do amor». www.reconquista.pt. Consultado em 4 de janeiro de 2018 
  15. «Gonçalo Salvado: Rubá'Iyat associado a edição limitada de vinho». www.reconquista.pt. Consultado em 5 de janeiro de 2018 
  16. -, RTP, Rádio e Televisão de Portugal. «Lançamento a 6 de Janeiro - Antologia "Cerejas - Poemas de Amor de Autores Portugueses Contemporâneos"» 
  17. «Artistes-poètes, poètes-artistes - Fondation Calouste Gulbenkian Paris». Fondation Calouste Gulbenkian Paris (em francês) 

Ligações ExternasEditar