Gontrão de Borgonha

(Redirecionado de Gontrão da Borgonha)

São Gontrão ou Guntram (ca. 532 - 28 de março de 592) foi rei da Borgonha de 561 até sua morte em 592. Era um dos filhos (o terceiro mais velho, segundo que chegou à idade adulta) de Clotário I e Ingunda. Quando seu pai morreu, ele se tornou rei de um quarto do reino dos francos, fazendo de Orleães sua capital.

Gontrão de Borgonha
Nascimento 532
Soissons
Morte 28 de março de 593 (60–61 anos)
Chalon-sur-Saône
Sepultamento Chalon-sur-Saône
Progenitores
Cônjuge Marcatruda, Austregilda
Irmão(s) Chram, Quilperico I, Cariberto I, Sigeberto I, Gundoaldo, Clodosvinda
Ocupação monarca,
Título rei dos francos

É o padroeiro dos divorciados, dos guardiões e dos assassinos arrependidos.[1]

Ele tinha um certo amor fraternal que faltava aos seus irmãos, Cariberto I que reinava em Paris e Sigeberto I em Metz,[1] e o cronista preeminente do período, Gregório de Tours, freqüentemente o chama de bom rei Gontrão, como no texto abaixo onde Gregório discute o fato dos três casamentos de Gontrão:

O bom rei Gontrão primeiro tomou uma concubina, Veneranda, uma escrava pertencente a alguém de seu povo, com quem ele teve um filho, Gundobado. Depois ele casou-se com Marcatrude, filha de Magnar, e enviou seu filho Gundobado a Orleães. Após ter um filho, Marcatrude tornou-se ciumenta, e procurou causar a morte de Gundobado. Ela enviou veneno, dizem, e envenenou sua bebida. Com a morte de Gundobado, pelo julgamento de Deus, ela perdeu o filho que tinha e fez cair sobre si mesma a ira do rei, sendo dispensada por ele, morrendo não muito depois. Depois ele tomou como esposa Austerchild, também chamada Bobilla. Teve com ela dois filhos, o mais velho chamado Clotário e o mais jovem Clodomiro.[2]

Referências

  1. a b «S. Gontrão, rei e confessor, +514, evbangelizo.org». evangelhoquotidiano.org. Consultado em 28 de março de 2021 
  2. «Internet History Sourcebooks». sourcebooks.fordham.edu. Consultado em 28 de março de 2021 

FontesEditar

  • Dahmus, Joseph Henry. Seven Medieval Queens (Sete Rainhas Medievais). 1972.
  • Historia Francorum. Gregório de Tours.
Precedido por
Clotário I
Rei da Borgonha
561 - 592
Sucedido por
Quildeberto II