Como ler uma infocaixa de taxonomiaGoraz
Pagellus bogaraveo
Pagellus bogaraveo
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Perciformes
Família: Sparidae
Género: Pagellus
Espécie: P. bogaraveo
Nome binomial
Pagellus bogaraveo
( Brünnich, 1768)
Sinónimos
Pagellus cantabricus Asso, 1801

Pagellus centrodontus Delaroche, 1809
Sparus bogaraveo Brünnich, 1768
Sparus centrodontus Delaroche, 1809[1]

Disambig grey.svg Nota: Se procura a ave com o mesmo nome, veja Savacu.

O goraz (Pagellus bogaraveo, também chamado besugo ou, quando pequeno, cachucho[2]) é um peixe da família Sparidae, de coloração cinza prateado e com barbatanas alaranjadas. Com tamanho máximo de 70 cm[3] e peso máximo de 4 kg, vive no mar entre os 150 e os 300 m de profundidade em regiões de clima temperado.

Não tem dentes caninos, e os anteriores são dispostos em cardas, sendo finos e com molares menores que os dos pargos. Tem 12 a 13 espinhos dorsais, 11 a 13 raios dorsais moles, 3 espinhos anais e um ponto negro acima da barbatana peitoral.

Trata-se de uma espécie normalmente solitária, embora possa aparecer em pequenos cardumes. Os gorazes encontram-se normalmente em águas costeiras, tanto com fundo rochoso como arenoso ou mesmo lama, a cerca de 400m a 700m da linha de costa. Os indivíduos mais jovens encontram-se mais perto da costa e os adultos na zona em que termina a plataforma continental sob os fundos de lama. São omnívoros sendo a sua alimentação principal constituída por crustáceos, moluscos, vermes, plantas marinhas e peixes de pequeno porte.

Ligações externasEditar

Referências

  1. Marinespecies.org
  2. João Correia Marques: Vidas Difíceis Chiado Ed.: Lisboa, 2017
  3. Programa Nacional de Recolha de Dados da Pesca